Placas

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Ryzen 5 3500U é um chip AMD de perfil intermediário que aparece em diversos notebooks de bom custo-benefício no mercado brasileiro. Entre as máquinas equipadas com o processador, vale destacar modelos como o Ideapad S145, da Lenovo e o Aspire 3, da Acer, ambos voltados para produtividade. A CPU de quatro núcleos e oito threads foi lançada no início de 2019 e chama atenção pelo TDP baixo.

Além disso, o chip traz placa integrada Radeon Vega 8, da própria fabricante, que promete bater de frente até mesmo com opçoes dedicadas de entrada. Confira a seguir mais detalhes sobre o processador AMD para laptops e saiba se vale a pena comprar um computador com a CPU.

Acer Aspire 3 equipado com o Ryzen 5 3500U promete grande autonomia de bateria; conheça mais sobre o processador AMD — Foto: Divulgação/Acer

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Ficha técnica Ryzen 5 3600

  • Lançamento: 2019
  • Núcleos/Threads: 4/8
  • Velocidade: 2,1 GHz a 3,7 GHz
  • Cache L1/L2/L3: 384 KB, 2 MB e 4 MB
  • Overclock: não
  • Vídeo integrado: AMD Vega 8
  • Clock GPU: 1.200 MHz
  • TDP: 15 Watts

Especificações

O Ryzen 5 3500U é um processador de quatro núcleos e oito threads que atua com clocks entre 2,1 e 3,7 GHz. O chip é destinado apenas a dispositivos móveis, e tem suporte para até dois canais de memória, que por sua vez podem chegar à frequência máxima de 2.400 MHz.

Diferente de boa parte dos processadores da linha da AMD, o Ryzen 5 3500U não possui o multiplicador desbloqueado, ou seja, nada de overclock por aqui. Fabricado no processo de 12 nm, o processador da AMD trabalha com temperaturas máximas de até 105ºC com TDP de apenas 15 Watts, o que sugere um bom desempenho energético.

Desempenho

O processador intermediário da AMD pode ser uma boa alternativa para quem precisa de um notebook para trabalho ou mesmo para alguns jogos casuais. Apesar das boas especificações, o clock e frequência das memórias suportadas já indicam que o modelo não tende a ser uma boa opção para jogadores mais exigentes.

Como uma APU, que combina processamento central com solução de gráficos, o Ryzen 5 3500U promete um desempenho capaz de encarar tarefas comuns do dia a dia sem problemas, além permitir que apenas com o chip já se possa ter resoluções mais elevadas para notebooks com telas melhores.

M509DA é um notebook fino da Asus equipado com o processador Ryzen — Foto: Divulgação/Asus

Consumo

Com apenas 15 Watts de TDP, a tendência é que o Ryzen 5 3500U consiga trazer uma autonomia maior para os modelos que equipa. O TPD reduzido permite ainda que se adote uma solução térmica mais discreta, permitindo assim que o processador seja oferecido em modelos de notebooks mais finos.

Por não trazer clocks tão elevados, é possível imaginar que o Ryzen 5 3500U seja uma opção interessante para quem não pode ficar o tempo todo com o notebook conectado a tomada. Mas todo esse foco em eficiência energética vai fazer com que, em alguns momentos, o chip reduza a velocidade, tanto para diminuir a temperatura da máquina quanto para manter sua autonomia.

Vídeo integrado

O vídeo integrado do modelo é um de seus diferenciais mais relevantes, já que a GPU Vega 8 integrada promete ser muito mais eficiente que soluções de concorrentes, como as UHD Graphics da Intel, por exemplo.

O chip gráfico do modelo oferece frequência de até 1.200 MHz com oito núcleos gráficos dedicados, trazendo ainda suporte nativo ao DirectX 12 e ao recurso FreeSync, que procura sincronizar os quadros para evitar quebras de imagens.

Ideapad S145 é oferecido com processadores Intel Core i5 e AMD Ryzen 5 — Foto: Divugação/Lenovo

Concorrentes

Quem procurar por um notebook equipado com o processador Ryzen 5 3500U, pode acabar se deparando com opções de concorrentes como o Intel Core i5 8265U, que também aparece em modelos de notebooks como o Lenovo Ideapad S145 e Acer Aspire 5.

Assim como o processador da AMD, o Core i5 tem foco em eficiência energética e traz quatro núcleos e oito threads, com frequências entre 1,6 e 3,9 GHz. O chip da Intel oferece ainda vídeo integrado UHD Graphics, que deve trazer um desempenho bem inferior se comparado ao processador da AMD.

Custo-benefício

Dentro de seu segmento, o Ryzen 5 3500U pode sim ser uma escolha de processador de notebook mais acessível, já que se trata de uma APU, dispensando assim uma placa de vídeo dedicada. Dessa forma, modelos equipados com o chip AMD devem aparecer com valores mais baixos, mas nem tanto.

Está procurando um notebook? Veja o que buscar em um novo modelo:

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

No caso do Ideapad S145, da Lenovo, por exemplo, a versão com chip Ryzen custa a partir de R$ 3.419, enquanto a opção com processador Core i5 mais recente, de décima geração, sai a, pelo menos, R$ 3.599 – ambos de acordo com o Compare TechTudo.

Portanto, o diferencial mesmo fica por conta da placa de vídeo. Mesmo quando comparado a modelos com GPUs dedicadas de entrada, o Ryzen 5 3500U deve se sair muito bem. Além disso, o processador tem um bom número de núcleos e threads, além de oferecer clock equivalente ao de modelos concorrentes, mas sem sacrificar a eficiência energética, muito importante em notebooks.

Qual a melhor marca de notebook? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo