Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Os celulares premium devem figurar entre os produtos mais buscados da Black Friday 2020. São aparelhos famosos por apresentar ficha técnica avançada, mas normalmente também são vistos por preços mais elevados. Por isso mesmo, o festival de ofertas pode ser um bom momento para trocar o equipamento. O TechTudo preparou uma lista com os smartphones mais potentes, baseada nos indicados do Prêmio Melhores do Ano.

Os preços dos dispositivos variam entre R$ 3.315 e R$ 12.599, a depender da sofisticação do celular. A torcida é para que as lojas online apresentem valores ainda mais agressivos durante o período de Black Friday.

Oito dicas imperdíveis para você escolher o melhor celular na Black Friday

Oito dicas imperdíveis para você escolher o melhor celular na Black Friday

O Galaxy Note 20 Ultra é um celular premium da Samsung lançado no Brasil em setembro com diversos pontos fortes. O smartphone traz câmera tripla, tela com resolução Quad HD+ (3088 x 1440 pixels) de 6,9 polegadas e painel AMOLED Dinâmico 2X. O display também possui taxa de atualização de 120 Hz, leitor de impressão digital integrado à própria tela e reconhecimento facial.

As câmeras são de 108 MP (abertura f/1.8), periscópica de 12 MP (f/3.0) que oferece zoom óptico de até 5x e ultra wide de 12 MP (f/2.2). O conjunto permite tirar fotos de campo mais aberto, aproximar objetos em detalhes com o zoom, oferece suporte ao modo retrato e apresenta aprimoramentos na imagem por meio da inteligência artificial. Nas selfies, a câmera é única e tem 10 MP.

No entanto, a bateria com capacidade de 4.500 mAh foi um ponto de crítica no review do TechTudo, principalmente quando a taxa de atualização de 120 Hz estava ativada.

Galaxy Note 20 Ultra: tela de 6,9 polegadas em painel AMOLED Dinâmico 2X — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Nas demais especificações, o Note 20 Ultra conta com processador Exynos 990 da própria Samsung que consiste em um octa-core de até 2,73 GHz de velocidade. O chip trabalha em conjunto com 8 GB de memória RAM e vem com 256 GB de capacidade de armazenamento de dados, inclusive com suporte a microSD de até 1 TB.

Ele está disponível nas cores bronze, cinza ou verde. O celular foi lançado pela Samsung por R$ 7.999, mas já pode ser encontrado partindo de R$ 5.685 no varejo online — desconto de R$ 2.315.

O modelo fez tão bonito neste ano que conquistou os votos do júri especializado e do público.

O Galaxy S20 Plus desembarcou no Brasil em março com tela de 6,7 polegadas e resolução Quad HD+ (3200 x 1440 pixels), com direito a atualização de 120 Hz e painel AMOLED Dinâmico 2X. O poderoso modelo da Samsung tem câmera quádrupla e leitor de digitais integrado à tela. São três cores: cinza, azul ou preto.

Galaxy S20 Plus tem display de 6,7 polegadas e resolução Quad HD+ — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Em termos de câmera, o Galaxy S20 Plus oferece uma principal de 12 MP (f/1.8), acompanhada de teleobjetiva de 64 MP (f/2.0) e que fornece zoom óptico de até 3x, ultra wide de 12 MP (f/2.2) e um sensor ToF 3D para percepção de fundo e distâncias mais precisas, útil para realizar o modo retrato. O sistema também usa aprimoramentos de inteligência artificial.

Lembre o lançamento do Galaxy S20 Plus

O Galaxy S20 Plus tem 128 GB de armazenamento com opção de expansão via cartão microSD de até 1 TB e tem certificação IP68 para resistir à água e poeira. Lançado inicialmente pelo preço sugerido de R$ 5.999, o aparelho pode ser encontrado no momento a partir de R$ 3.315 no comércio eletrônico – uma redução de R$ 2.685.

O iPhone 11 Pro Max chegou ao mercado em outubro de 2019 como top de linha da safra de 2019 dos celulares da Apple. O smartphone tem tela OLED de 6,5 polegadas e resolução de 2688 x 1242 pixels. Além disso, adota sistema de câmera tripla e reconhecimento facial por meio do Face ID para desbloquear o telefone.

Em termos de câmeras, o o iPhone 11 Pro Max conta com três câmeras de 12 MP: principal com abertura f/1.8, teleobjetiva com f/2.0 e ultra wide com f/2.4, além de sensor frontal de 12 MP.

Veja detalhes do iPhone 11 Pro Max

O iPhone 11 Pro Max ainda aposta num elaborado sistema de aprimoramento de qualidade de imagem por meio de inteligência artificial, além de contar com o processador A13 Bionic, famoso por derrotar até alguns PCs gamer em testes de desempenho.

iPhone 11 Pro Max usa processador que supera PCs gamer — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Disponível nas cores dourado, cinza espacial, prata ou verde, o iPhone 11 Pro Max foi lançado no mercado nacional em versões com armazenamento de 64 GB, 256 GB ou 512 GB. Os preços de lançamento partiam de R$ 7.599, mas o aparelho parruda da Apple já é visto por cifras que partem de saindo por R$ 6.460, redução de R$ 1.140.

O Mi Note 10 foi um dos primeiros smartphones com câmera de 108 MP em tempos recentes e ainda traz cinco sensores na traseira. A Xiaomi apresentou o aparelho no Brasil em dezembro de 2019 com destaque para a tela de 6,7 polegadas com tecnologia Super AMOLED Plus e resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels), leitor de digital sob a tela e bateria generosa de 5.260 mAh.

Nas câmeras, o Mi Note 10 conta uma principal de 108 MP (f/1.7), teleobjetiva de 12 MP (f/2.0) com zoom óptico 2x, uma segunda teleobjetiva de 8 MP (f/2.0) e zoom híbrido de 5x, ultra wide de 20 MP (f/2.2) e uma macro com 2 MP de f/2.4. O sistema da Xiaomi tenta se aproximar de uma câmera profissional, com as teleobjetivas alternando entre si conforme a distância.

Já nas selfies há apenas uma câmera de 32 MP.

Mi Note 10 tem leitor de digitais na tela e câmera quíntupla — Foto: Divulgação/Xiaomi

O processador do Mi Note 10 é o Snapdragon 730G, da Qualcomm, um octa-core que atinge velocidades de até 2,2 GHz. A memória RAM é de 6 GB. O telefone tem ainda 128 GB de espaço interno para dados sem a possibilidade de expansão via microSD.

Disponível em preto, branco ou verde, o Mi Note 10 chegou no Brasil por R$ 4.499, mas teve um aumento expressivo no valor e agora é visto por R$ 6.999 no site oficial da gigante chinesa.

O Motorola Edge Plus é o modelo que marca o retorno da fabricante ao seguimento de smartphones premium. O telefone apresenta sistema de câmera quádrupla, bateria de 5.020 mAh de capacidade bruta e tela OLED de 6,7 polegadas com resolução Full HD+. Ele ainda traz um display curvo que lembra os Galaxy mais caros da Samsung.

Nas câmeras, o Motorola Edge Plus tem sensor principal de 108 MP (f/1.8), complementado de câmera híbrida com macro e ultra wide de 16 MP (f/2.2), teleobjetiva de 8 MP (f/2.4) com zoom óptico 3x e um sensor ToF para detecção precisa de profundidade. Já o sensor frontal registra selfies de até 25 MP.

Motorola Edge Plus tem tela curva com tecnologia OLED — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O processador do celular é um Snapdragon 865 com oito núcleos e velocidades que alcançam 2,84 GHz. O celular roda com 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento sem suporte a microSD. Com leitor de digitais na tela, o Motorola foi lançado no mercado brasileiro em julho de 2020 por R$ 7.999, mas atualmente é visto por preços na faixa de R$ 4.399 – desconto de R$ 3.600.

O iPhone 12 Pro Max é o celular mais parrudo da Apple lançado neste ano, numa data posterior à votação do Prêmio Melhores do Ano. O smartphone vem com tela OLED de 6,7 polegadas, suporte a redes 5G e tecnologia Ceramic Shield (vidro cerâmico, em português) que promete maior resistência à tela.

Outra novidade do aparelho é o MagSafe, recurso que permite a fácil conexão com acessórios por meio de magnetismo. Há suporte para capinhas, carteiras e carregador sem fio.

iPhone 12 Pro Max tem muita tecnologia e preço salgado — Foto: Divulgação/Apple

Ele vem também com o processador A14 Bionic, que promete ser até 50% mais rápido que chips rivais. O iPhone 12 Pro Max está disponível em grafite, prata, dourado ou azul escuro e tem unidades com 128, 256 ou 512 GB de capacidade para armazenar arquivos. O celular ainda tem biometria por meio do Face ID e, de forma polêmica, vem sem fone de ouvido e carregador na caixa.

Nas câmeras, o celular segue com um trio de 12 MP: há o sensor principal de f/1.6, câmera teleobjetiva com f/2.2 e ultra wide com f/2.4. A novidade é um quarto sensor com tecnologia LiDAR para detecção precisa de profundidade. Já no painel dianteiro há uma câmera de 12 MP para selfies.

Veja cinco fatos sobre o iPhone 12

Veja cinco fatos sobre o iPhone 12

Lançados no Brasil em 20 de novembro, o novo iPhone 12 Pro Max chegou por aqui pelo preço sugerido de R$ 10.999 para a opção de 128 GB, mas ele já é visto por R$ 9.899 na web, redução de R$ 1.100. A versão de 512 GB lançada por R$ 13.999 já pode ser adquirida por R$ 12.599 no momento, desconto de R$ 1.600.

Com informações da Samsung (1/2), Xiaomi, Apple (1/2) e Motorola

Mais do TechTudo