Produtividade

Por Clara Fabro, para o TechTudo


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou uma nota na última quarta-feira (25) orientando que os eleitores baixem o aplicativo e-Título antes da meia-noite deste domingo (29), dia em que ocorrerá o segundo turno das Eleições Municipais 2020. O app apresentou problemas e instabilidades durante o primeiro turno do pleito devido à grande quantidade de acessos, fato que foi confirmado pela conta oficial do TSE no Twitter. Por conta disso, o órgão decidiu restringir o download do e-Título, então as funções do app não estarão disponíveis para quem baixá-lo apenas amanhã.

O e-Título substitui o documento de papel para identificação de eleitores que cadastraram a biometria. Já quem não fez o cadastramento biométrico pode usar a versão digital do título, mas deve levar consigo um documento oficial com foto que comprove a identidade na hora de votar. Além disso, o e-Título deixa justificar voto pelo celular durante o horário do pleito, das 7h até as 17h.

e-Título: TSE recomenda que o app seja baixado antes da meia noite do próximo dia 29 — Foto: Divulgação/Tribunal Superior Eleitoral

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O TSE recomenda fazer o download do app na Play Store ou App Store até às 23h59 deste sábado (28). Para eleitores que instalarem o e-Título até a data, as funcionalidades do app continuarão disponíveis no dia da votação. O TSE afirma que o aplicativo volta a funcionar normalmente na segunda-feira (30), portanto, eleitores poderão justificar a ausência pelo app apenas em casos de doença ou impossibilidade de comparecimento. Nesses casos, a justificativa pode ser feita em até 60 dias e é necessário anexar um documento que comprove a necessidade de ausência.

Durante o primeiro turno das eleições 2020, eleitores foram ao Twitter e expuseram suas insatisfações com o app e-Título. Muitos reclamaram que não era possível justificar o voto pelo aplicativo ou, ainda, que o site do TSE não permitia consultar locais de votação. Para o segundo turno, o órgão máximo da Justiça Eleitoral diz que a experiência será melhorada e, por isso, não será possível baixar o aplicativo e-Título amanhã.

57 cidades terão segundo turno das eleições 2020 e eleitores deverão comparecer às urnas no próximo dia 29 para definir seus prefeitos e vice-prefeitos. Quem não puder confirmar presença e estiver fora de seu domicílio eleitoral poderá justificar a ausência pelo app e-Título. O aplicativo do TSE ainda traz uma série de funcionalidades úteis e, dentre elas, permite que eleitores confirmem seu local de votação, consultem sua situação, emitam certidões de quitação e nada consta criminal eleitoral.

Via TSE (1 e 2)

Android travando muito: o que fazer? Veja dicas no Fórum do TechTudo.

Como cadastrar a CNH Digital e ativar no portal de serviços

Como cadastrar a CNH Digital e ativar no portal de serviços

Mais do TechTudo