Campeonatos

Por Matheus Fiuza, para o TechTudo


O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2021 começou a janela de transferências para o primeiro split nesta segunda-feira (09). O novo sistema de franquias contará com dez equipes: Cruzeiro eSports, Falkol Prodigy - união entre Falkol eSports e Prodigy Esports -, Flamengo Esports, FURIA Esports, INTZ, LOUD, KaBuM! e-Sports, paiN Gaming, RED Canids Kalunga e Rensga Esports. Os times têm até o fim do dia 14 de dezembro de 2020 para definir os jogadores nas suas line ups. Veja regras e cronograma da Riot Games a seguir.

Equipes selecionadas para o CBLoL 2021 — Foto: Divulgação/Riot Games

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Dentro do prazo divulgado, jogadores e técnicos podem ser inscritos e oficializados pelas equipes para a etapa do CBLoL 2021. A Riot lembra que os times podem negociar a contratação de técnicos e jogadores com seus adversários fora do período da janela de transferências, mas o processo de regularização para as competições ocorrerá apenas durante o período estabelecido.

A regra vale também para negociações diretas com atletas que não têm vínculo ativo com alguma organização participante da última etapa do competitivo. Além disso, o prazo de validade dos contratos deve estar de acordo com datas padrão globais. Ou seja, o vínculo de atletas e técnicos deve terminar até o janeldia 15 de novembro de 2021.

A partir do fechamento da janela de transferências, cada uma das organizações deverá ter entre 12 e 15 jogadores inscritos, os quais poderão ser utilizados tanto no CBLoL quanto na Academy, e entre um e dois técnicos em cada torneio. Vale ressaltar que um jogador que atuou em uma partida na Academy pode jogar pelo CBLoL logo na sequência. Porém, após participar de uma partida no CBLoL, o player precisará ficar duas partidas fora da liga principal para voltar a atuar pela Academy. Já para os técnicos não haverá essa mobilidade durante um split, pois um técnico só atuará pela equipe no CBLoL ou apenas pela Academy.

Para a divulgação das escalações, os times devem esperar a validação de jogadores e técnicos para fazer os anúncios oficiais. A Riot avalia os documentos solicitados para evitar que aconteçam quaisquer irregularidades. Dessa forma, a desenvolvedora reitera para as equipes publicarem as escalações só após a validação da liga, para que não corram o risco de fazer um anúncio precipitado e ter um jogador anulado.

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Mais do TechTudo