Atletas

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A jogadora de Free Fire Maria "DUDA22K" Eduarda teve o contrato rescindido com a Los Grandes na última quarta-feira (25) e não veste mais a camisa do time. A demissão aconteceu depois que a jogadora fez um comentário racista uma live na terça-feira (24). Na ocasião, DUDA22K usou a expressão "ai que preto" de forma pejorativa e rapidamente foi repreendida pelas companheiras que jogavam com ela no momento. O comunicado sobre a demissão foi feito no perfil da organização no Twitter.

Maria "DUDA22k_" Eduarda — Foto: Reprodução/Instagram

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Em seu comunicado, a Los Grandes declarou que é uma das equipes do cenário de esportes eletrônicos que mais trabalha com a inclusão de pessoas negras em sua equipe, como staff e influenciadores. Por fim, foi mencionado que a remoção da jogadora reafirma o compromisso que a organização tem com a comunidade negra.

DUDA22K se pronunciou sobre o ocorrido em sua conta no Instagram. Segundo a jogadora, a expressão utilizada durante a transmissão é vista como "normal" e "sem maldade" no lugar onde ela mora. No entanto, ela percebeu que sua fala machucou muitas pessoas, afirmou que foi inaceitável o que foi dito por ela e que vai dar a volta por cima para se tornar uma pessoa melhor.

Ao final de sua mensagem, ela voltou a lembrar que buscará aprender com o erro que cometeu, pediu desculpas para todos e também destacou que lutará para que novos casos de racismo não voltem a acontecer no cenário brasileiro de Free Fire.

Mais do TechTudo