Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Divulgação/Oppo

A empresa chinesa Oppo revelou um conceito de celular com tela expansível. A proposta do smartphone é que usuário possa esticar o painel para transformar o display de 6,7 polegadas em um painel de 7,4 polegadas, inclusive com suporte a tamanhos intermediários entre estes dois limites, segundo foi apresentado num evento nesta semana.

O aparelho designado como X 2021 ajusta a escala dos elementos da interface gráfica conforme a necessidade de uso e usa uma técnica que enrola a tela no interior do dispositivo. Como o celular ainda é um protótipo, trata-se apenas de um conceito de criação e não tem previsão de lançamento no mercado.

Conceito da Oppo permite expandir e recolher a tela ao passar o dedo na lateral do celular — Foto: Divulgação/Oppo

Na demonstração é possível ver que o X 2021 pode ter a tela estendida com um simples deslizar do dedo sobre o sensor de impressão digital na lateral do smartphone. Um motor elétrico então se encarrega de esticar o display, desenrolando o painel de forma natural.

Este tipo de design não é inédito. A rival chinesa TCL desenvolveu ao menos um protótipo com a mesma característica de tela e a Samsung também investiga o conceito. Já a LG usa tela OLED num televisor que também permite enrolar a tela.

Oppo X 2021 permite expandir a tela de 6,7 polegadas para até 7,4 polegadas — Foto: Divulgação/Oppo

A Oppo afirma que esta abordagem garante um celular com uma tela de maior qualidade, sem os frisos e marcas de dobra presentes nos smartphones dobráveis. A ação do motor também promete ter efeitos positivos na durabilidade do telefone, já que a atuação dos mecanismos é regulada num nível de força adequado para não danificar o display durante o processo de expansão ou retração.

A empresa também explica que foram necessárias diversas tecnologias novas para chegar no X 2021. Uma das mais importantes é o que a Oppo chama de “Warp Track” (trilha de dobra, em tradução livre), uma estrutura que fica logo abaixo da tela e que lembra as lagartas usadas em veículos militares e máquinas de construção civil. É o movimento dessas esteiras que puxam e recolhem a tela de acordo com o uso.

Um detalhe importante a respeito do X 2021 é que a durabilidade não foi detalhada pela Oppo. Embora informe que a tela é revestida por um componente laminado de alta resistência, a companhia não deu estimativas de um total de vezes que a tela poderia ser desdobrada e recolhida até que possa dar defeito.

Como o X 2021 é um projeto conceitual, ele também foi apresentado sem enfoque nas especificações técnicas como detalhes de resolução de tela, processador, memória e câmeras. No entanto, pelas imagens é possível perceber que ele não traz sensor para selfies no painel frontal.

Com informações de YouTube, Engadget, The Verge e Android Authority

Confira os vencedores do Prêmio Melhores do Ano 2020

Mais do TechTudo