Jogos de tiro

Por Giovane Rodrigues, para o TechTudo


Tom Clancy's Rainbow Six: Siege (R6) é um FPS desenvolvido pela Ubisoft. Com lançamento em 2016, o jogo conta em 2020 com 57 operadores ao todo, além de um ranking de jogadores e cenário competitivo estabelecido. Sempre que surge um novo personagem, diversas dúvidas a respeito do seu gadget surgem entre os jogadores. Veja, a seguir, cinco mitos e verdades sobre os agentes do R6. As explicações podem ajudar você a ter resultados melhores no game competitivo. Vale lembrar que o FPS está disponível para Playstation 4 (PS4), Xbox One e PC, e futuramente para Xbox Series e Playstation (PS5), ainda sem crossplay.

Veja alguns mitos e verdades sobre a jogabilidade de R6 — Foto: Divulgação/Ubisoft

Corpo a corpo abre uma brecha maior nos escudos do que a granada?

Verdadeiro. Muitos jogadores acham que as granadas de impacto são mais eficazes que o ataque de coronha, sendo que na verdade o corpo a corpo tem uma eficácia muito melhor. De fato, o uso dos escudos em operadores como Blitz e Montagne é algo que vem sendo debatido há anos, o que explica essa confusão. Mas nos últimos updates, a Ubisoft fez mudanças nessa mecânica com o uso do corpo a corpo. Agora, o oponente que estiver jogando com um operador de escudo fica com a defesa muito mais aberta ao ser atacado com uma coronhada.

Coronhada é a maneira mais eficiente de abrir uma brecha nos escudos — Foto: Giovane Rodrigues

EMP do Thatcher desabilita permanentemente os gadgets inimigos?

Mito. Desde sempre a granada de pulso eletromagnética do Thatcher é muito forte. Basta uma delas e todos os gadgets inimigos são destruídos instantaneamente, contanto que estejam no raio de ativação do pulso. No entanto, a EMP sofreu uma espécie de rework recentemente e está dividindo opiniões. Agora, em vez de ela destruir o gadget inimigo, ela somente o desabilita por 15 segundos. Ao contrário do que muitos pensam, os gadgets que sofreram com o pulso eletromagnético voltam a funcionar depois do tempo determinado.

Depois de anos, o efeito da EMP sofreu uma grande alteração — Foto: Reprodução/Giovane Rodrigues

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Replace de gadget anula o efeito da EMP do Thatcher?

Verdadeiro. Esse é provavelmente o método mais eficaz de anular o efeito da nova granada de pulso eletromagnético do Thatcher. A EMP aplica um efeito instantâneo e descontínuo, o que permite colocar outros gadgets na área sem serem desabilitados. Portanto, players que jogam com operadores como Bandit, Kaid e Jager, fiquem espertos quando o Thatcher usar sua EMP. É mais rápido tirar e colocar o gadget no local do que simplesmente esperar pelos 15 segundos do efeito do pulso.

O replace de gadget é mais rápido do que esperar pelo efeito do pulso passar — Foto: Reprodução/Giovane Rodrigues

O laser do gadget do Zero pode destruir a armadilha da Melusi?

Mito. Uma das operadoras mais recentes no R6, Melusi com certeza é uma dor de cabeça para os jogadores. Sua armadilha diminui a velocidade do inimigo, atrapalha a visão e emite um som que distorce sua perspectiva de espaço. Quando o Zero foi anunciado, muitos players questionaram se o gadget do operador seria capaz de destruir a armadilha da Melusi, e a resposta é não. Somente operadores com gadgets de maior capacidade de destruição, como a Ash e o Sledge, são capazes de destruir a armadilha.

O laser não desabilita nem destrói a armadilha da Melusi — Foto: Reprodução/coreross

A câmera do gadget do Zero pode identificar o Vigil camuflado?

Mito. Sempre que um operador de ataque que tem alguma espécie de câmera exclusiva é anunciado, todos se perguntam se será possível ver o Virgil. Em todas as vezes a teoria vai por água abaixo, e com o Zero não é diferente. O Sam Fisher também não é capaz de ver o Vigil pela câmera do seu gadget. Mais uma vez o defensor sai vitorioso nesse embate, e até agora não existe nenhum método que seja possível ver um Vigil usando sua camuflagem.

A única dica de que o Vigil está na região é o borrão que aparece nas extremidades da câmera — Foto: Reprodução/coreross

Mais do TechTudo