Celulares

Por Giovana Guerra, para o TechTudo

Reprodução/Gizmochina

A Xiaomi lançou nesta semana um carregador de recarga rápida compatível com o iPhone 12. O adaptador de tomada de 20 W conta com uma conexão USB-C, ou seja, pode ser usado junto com o cabo que acompanha os novos celulares da Apple. O componente chega em boa hora porque a linha iPhone 12 ficou marcada por não incluir mais carregador e fones de ouvido nas caixas dos telefones. O acessório chinês começou a ser vendido nesta terça-feira (3) por 39 yuans, o que dá cerca de R$ 34 em conversão direta.

A prática da empresa presidida por Tim Cook acabou se mostrando uma oportunidade de negócios para empresas como a Xiaomi, que oferece um preço mais acessível que a do carregador da Apple, visto por R$ 200 na loja oficial da empresa. No entanto, não há previsão de chegada da peça chinesa ao Brasil.

Cinco fatos sobre o iPhone 12

O carregador da Xiaomi é compatível também com outros dispositivos da Apple, como o iPhone 11 e o iPad Pro. Ele pode ainda ser usado em smartphones Android, como o Xiaomi Mi 10 e Samsung Galaxy S10, além do Nintendo Switch, console da empresa japonesa.

De acordo com a fabricante, o Mi 20 W Type-C usa dispositivos de detecção de alta precisão para identificar a capacidade de recarga do dispositivo, além de oferecer proteção contra sobretensão, sobrecarga de corrente, curto-circuito e superaquecimento.

Fone de ouvido e carregador não estão mais presentes na caixa do iPhone 12 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Estratégia causou polêmica

A Apple alega que a estratégia de retirar os itens da embalagem tem motivações ambientais. De acordo com a companhia, a decisão visa diminuir a emissão de carbono e evitar a mineração e uso de materiais preciosos. Mesmo assim, a notícia gerou polêmica entre os usuários, já que os dispositivos permaneceram na mesma faixa de preço e quem não tiver os acessórios terá um gasto extra ao comprá-los separadamente.

Apesar de ter se mostrado uma decisão controversa, rumores dão conta de que o Galaxy S21 deve seguir pelo mesmo caminho do iPhone 12. Especulações apontam para uma tela com taxa de atualização de 144 Hz, câmera de até 108 MP e bateria parruda, mas também sem carregador e fones de ouvido na caixa.

Com informações de Gizmochina

Confira os vencedores do Prêmio Melhores do Ano 2020

Mais do TechTudo