Celulares

Por Larissa Infante (colaboração) e Thássius Veloso (redação)

Thássius Veloso/TechTudo

A Apple prometeu consertar gratuitamente unidades do iPhone 11 com problema no mecanismo da tela que reconhece os toques. A medida vale inclusive para o Brasil, segundo declaração da empresa ao TechTudo. A gigante norte-americana reconheceu que uma “pequena parcela” de modelos fabricados entre novembro de 2019 e maio de 2020 pode apresentar a falha.

Para resolver o problema, é preciso substituir um componente do display para que o telefone volte a funcionar corretamente. O usuário deve checar no site da fabricante se o aparelho está incluso na lista de dispositivos afetados.

Modelos do iPhone 11 com problema no touch terão conserto gratuito — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A medida adotada pela Apple vale somente para unidades do iPhone 11 tradicional e não contempla iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max. Vale lembrar que este conserto gratuito não estende a garantia geral do smartphone e não contempla outros eventuais defeitos além de falhas no touch.

Caso o smartphone apresente algum dano, como uma tela rachada, por exemplo, é preciso realizar o conserto antes de solicitar o serviço. Em alguns casos, a fabricante afirma que poderá ser cobrado um custo relacionado a reparos adicionais. Porém, caso o usuário já tenha desembolsado para consertar problemas no touch, a empresa afirma que é possível entrar em contato para obter reembolso.

Medida vale somente para o iPhone 11 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A empresa presidida por Tim Cook afirma que o aparelho será examinado para verificar se está elegível para o conserto. Antes de deixar o smartphone na assistência técnica, a Apple recomenda que seja feito o backup de todos os arquivos. É importante também ter em mãos o recibo de compra, caso possível, bem como um documento de identificação pessoal. Além disso, é recomendado ligar antes para a assistência para agendar a visita.

Como saber se o iPhone 11 é elegível

Para saber se o celular está entre os smartphones contemplados é preciso saber o número de série do telefone e digitar a numeração na página oficial dedicada ao tema (https://support.apple.com/pt-br/iphone-11-display-module-replacement-program). Por ora ela está em inglês, mas a equipe de comunicação da Apple no Brasil confirmou à reportagem que os usuários brasileiros também podem fazer a consulta.

Página permite consultar se iPhone 11 tem direito a conserto gratuito — Foto: Reprodução/TechTudo

Caso o aparelho esteja apto para o conserto, a própria Apple ou uma loja autorizada da marca fornecerá o serviço gratuitamente por até dois anos depois da compra do dispositivo. Basta selecionar uma das opções para proceder:

  1. Encontrar um Centro de Serviço Autorizado Apple para marcar uma visita
  2. Marcar uma consulta em uma das lojas da Apple
  3. Entrar em contato com o suporte da Apple e solicitar o serviço por correio, na opção Centro de Reparo da Apple

Donos do iPhone 11 afetados por problema no touch podem optar por três opções para consertar o celular — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Em casos de envio por serviço de correio, o usuário irá receber instruções sobre como configurar e despachar o aparelho. Porém, a Apple não se responsabiliza pelos custos do envio. O serviço pode ser restringido ao país original ou região de compra do aparelho. Além disso, a empresa de Steve Jobs não informou se há previsão para o fim do programa e nem quantas unidades foram afetadas pela falha.

Com informações de Apple, Apple Insider, MacRumors e 9To5Mac

Lembre o lançamento do iPhone 11

Lembre o lançamento do iPhone 11

Mais do TechTudo