Por Luiz Gustavo Ribeiro, para o TechTudo


Iluminação, texturas, cores e realismo foram destaques em muitos dos jogos lançados em 2020, período que marcou o fim da geração do PlayStation 4 (PS4) e do Xbox One. Entre os games com gráficos mais bonitos do ano, estão títulos de franquias consagradas, como os remakes de Resident Evil 3 e Final Fantasy VII, e outros estreantes, como Ghost of Tsushima. Dos visuais mais realistas (como em The Last of Us 2) aos mais "cartunescos" (como Dragon Ball Z: Kakarot), confira, abaixo, os games com lançamento em 2020 que impressionaram com seus gráficos.

The Last of Us 2 foi um dos games mais bonitos lançados em 2020 — Foto: Divulgação/Sony

Quer comprar jogos, consoles e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Half-Life Alyx

Half-Life Alyx é um FPS em realidade virtual (VR), desenvolvido pela Valve e lançado no dia 23 de março de 2020, para PC. Os eventos desse jogo se passam antes dos acontecimentos do seu antecessor, Half-Life 2, e seus gráficos apresentam uma grande riqueza de detalhes, muito perceptíveis nos cenários. Boa iluminação dinâmica e animações bem construídas também são destaques do game.

Half-Life Alyx tem gráficos muito detalhados — Foto: Divulgação/Valve

Desenvolvido com o motor gráfico Source 2, praticamente todos os objetos nos ambientes do game são fisicamente simulados. Em Half-Life Alyx, além das funcionalidades usuais de FPS, o usuário consegue vasculhar gavetas, descartar lixo e desenhar em janelas e telas, apresentados em detalhes únicos graças à tecnologia VR.

Resident Evil 3

Lançado em 3 de abril de 2020, para Xbox One, PS4 e PC, Resident Evil 3 Remake manteve os gráficos de alto nível da franquia, com a adição de algumas melhorias. Desenvolvido pela Capcom, o jogo foi construído no motor gráfico RE Engine e conta com diversas formas de iluminação e sombras nos cenários de Raccoon City, simulando um mundo aberto no game.

O gráfico de Resident Evil 3 Remake aposta no realismo — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Além disso, a Capcom investiu bastante nos gráficos de modelos dos personagens do clássico de 1999, desenvolvendo uma reconstrução muito mais realista nos designs. Assim como o antecessor, Resident Evil 2 Remake, pelo menos em relação aos gráficos, a franquia não decepcionou. Vale destacar os visuais ultra-realistas.

Doom Eternal

Doom Eternal, desenvolvido pela id Software e publicado pela Bethesda Softworks, foi lançado em 20 de março de 2020 para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch. O game apresenta gráficos espetaculares, sendo o primeiro a utilizar em seu desenvolvimento o motor “id Tech 7”, que apresenta mais detalhes geométricos e possibilitou visuais superiores ao antecessor Doom (2016).

A paleta de cores de Doom Eternal dita o clima do jogo — Foto: Reprodução/Felipe Vinha

Um dos pontos altos da franquia é a impecável coloração vermelha e amarela de Doom Eternal, que dita o tom do jogo e exprime as sensações que a gameplay pretende passar. Além disso, o visual do game aposta muito nos detalhes dos personagens e armaduras.

Final Fantasy VII Remake

Do PlayStation original para o PS4, o remake de Final Fantasy VII é um deleite para os fãs da franquia. Todos os aspectos do jogo foram atualizados, e os gráficos otimizados são o fator que mais chama atenção. A atualização incluiu novos detalhes nos ambientes e desenvolveu novos designs para os personagens.

Os gráficos de Final Fantasy VII Remake durante as batalhas impressiona — Foto: Divulgação/Square Enix

Apesar das melhorias, o jogo foi criticado pelos usuários por conta de algumas texturas mal finalizadas. No geral, no entanto, Final Fantasy VII apresentou gráficos consistentes, com bom sistema de iluminação criado pelo motor "Enlighten", que permitiu uma maior riqueza de detalhes. O jogo foi desenvolvido pela Square Enix e lançado 10 de abril, para PS4.

The Last of Us 2

Um dos jogos mais premiados de 2020 pela crítica especializada, The Last of Us 2 tem um dos gráficos mais bonitos do ano. Lançado em 19 de junho para PS4, o jogo foi desenvolvido pela Naughty Dog e publicado pela Sony. Os detalhes do visual do título impressionam, apresentando uma grande qualidade nas texturas, além de fontes de iluminação e sombras dinâmicas.

The Last of Us Part II tem gráficos ultrarrealistas — Foto: Divulgação/Naughty Dog

O realismo dos gráficos foi possibilitado graças ao Motion Match, um novo sistema utilizado pela Naughty Dog para oferecer animações mais detalhadas, especialmente perceptíveis quando os personagens interagem com algum objeto. Além disso, The Last of Us Part 2 também chama atenção pela renderização de partículas no jogo, como poeiras, por exemplo.

Ghost of Tsushima

Ghost of Tsushima é um dos jogos mais bonitos de toda a geração do PS4. Desenvolvido pela Sucker Punch Productions (mesma desenvolvedora da série InFamous) e publicado pela Sony, o game foi lançado no dia 17 de junho de 2020. Seus ambientes e elementos são inspirados em filmes clássicos japoneses, e foi a partir dessas referências, inclusive, que todo o visual do game foi trabalhado. Juntas, a escolha das cores, a iluminação, as sombras e as texturas fazem com que o jogo seja visualmente impecável.

Ghost of Tsushima tem belos ambientes paradisíacos e investe nas cores e na iluminação — Foto: Reprodução/Sony

Em cenários com fogueiras ou alguma outra fonte de luz, é perceptível a diferença que a iluminação em tempo real faz nos gráficos. O trabalho de textura também chama atenção, deixando a sensação de desgaste nos ambientes afetados pelas batalhas.

Dragon Ball Z: Kakarot

Com cores vibrantes, iluminações precisas e adaptação extremamente fiel aos animes, Dragon Ball Z: Kakarot dá um show de qualidade visual. O RPG de ação, desenvolvido pela CyberConnect2 e publicado pela Bandai Namco, foi lançado em 16 de janeiro, para PS4, Xbox One e PC. Os gráficos do jogo são simples, mas contam com animações de grande qualidade, que transmitem leveza e fluidez, principalmente quando associadas à jogabilidade.

Dragon Ball Z: Kakarot tem a iluminação e as cores como pontos fortes nos gráficos — Foto: Reprodução/YouTube

No geral, os gráficos são o que há de melhor na adaptação de anime da CyberConnect2, com vários ângulos e possibilidades nos cenários. Vale dizer que o principal aspecto visual do jogo é a capacidade de reproduzir fielmente os famosos ambientes da série Dragon Ball.

Gears Tactics

O shooter em terceira pessoa ficou de lado, e a estratégia tomou conta da franquia Gears. Lançado em 28 de abril de 2020 para PC e Xbox One, Gears Tactics foi desenvolvido pela Splash Damage e pela The Coalition, publicado pela Xbox Game Studios. O jogo foi feito com uso do motor Unreal Engine 4, que permitiu a implementação de novas tecnologias aos gráficos e apresentando melhora nos reflexos e na iluminação.

Mesmo sendo de um estilo diferente dos outros Gears, o Tactics tem gráficos tão bons quanto os antecessores — Foto: Divulgação/Microsoft

Um dos pontos que impressionam no visual do Gears Tactics é a qualidade da textura das imagens, além do detalhismo dos personagens e ambientes diferentes. O game foi desenvolvido com a gameplay em gráficos 2.5D e animações em 3D, com cenas cinematográficas e foto-realistas, com enfoque na história.

Nioh 2

Nioh 2 é um jogo de RPG de ação desenvolvido pela Team Ninja e publicado pela Sony, lançado em 13 de março de 2020 para PS4 e PC. O jogo se passa cinquenta anos antes de Nioh (2017) e contou com mudanças interessantes nos gráficos. A qualidade do visual aumentou bastante, com novos detalhes nos personagens e fontes de luz mais dinâmicas.

Nioh 2 tem armaduras e vestuários bem detalhados pelos gráficos poderosos — Foto: Reprodução/Victor Teixeira

Os visuais do jogo impressionam nas resoluções 1080p com 30 fps (frames por segundo) ou até mesmo 60 fps. Além disso, na versão mais potente do PS4 Pro, é possível rodar o game em 4K, com 30 fps. Vale dizer que a mesma evolução gráfica aconteceu nas animações do jogo.

Ori and the Will of the Wisps

Lançado em 11 de março, Ori and the Will of the Wisps tem um dos gráficos mais bonitos do ano. Inicialmente, os visuais do jogo impressionam por apresentarem a mudança para o 3D, em relação ao antecessor Ori and The Blind Forest, que rodava em 2D. Dessa vez, os cenários apresentam diferentes camadas, fazendo com que todos os elementos do game sejam integrados no ambiente, o que dá sensação de profundidade na cena.

Ori and The Will of The Wisps apostou nos gráficos 3D e em animações coloridas — Foto: Divulgação/Moon Studios

Além disso, Ori and the Will of the Wisps também conta com um ótimo sistema de iluminação, que interage diretamente com as diversas texturas do jogo. No geral, o visual do game apresenta imagens com cores vibrantes e bem definidas. Desenvolvido pela Moon Studios, o novo capítulo da franquia Ori está disponível para Xbox One, Nintendo Switch e PC.

Microsoft Flight Simulator

Microsoft Flight Simulator chegou em 18 de agosto ao PC (via Steam), para alegrar os fãs do gênero simulador com muito realismo. Com gráficos extremamente compatíveis com a realidade e iluminações primorosas, o game elevou a franquia, que existe desde a década de 1980, a um novo patamar.

Em Microsoft Flight Simulator, realismo de gráficos é carro-chefe — Foto: Steam/Divulgação

Para aprimorar o realismo do jogo, foram construídos à mão mais de 37 aeroportos dispostos ao redor do mundo. Além disso, é possível, também, durante a gameplay, acompanhar conteúdos em tempo real, permitindo que as condições climáticas do game sejam compatíveis com às da realidade. O novo título da série foi desenvolvido pela Microsoft, em parceria com a Asobo Studio e a Xbox Game Studios, e chegará aos Xbox Series X/S em algum momento de 2021.

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

Mais do TechTudo