Internet

Por Raquel Freire, para o TechTudo


Google Mars é uma espécie de Google Earth de Marte, que oferece ao usuário a possibilidade de explorar o planeta sem sair de casa. A ferramenta, criada pelo Google em parceria com pesquisadores da NASA, na Universidade Estadual do Arizona, pode ser acessada de qualquer navegador, seja no desktop ou no celular.

A iniciativa afirma ter produzido alguns dos mapas científicos mais detalhados de Marte já feitos. A plataforma está em inglês, mas sua interface simples permite uma navegação bastante intuitiva. Saiba mais sobre o que é o Google Mars e como usá-lo para conhecer o planeta vermelho.

Conheça Google Mars, plataforma online do Google que permite ver mapas de Marte — Foto: Reprodução/Google Mars

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O Google Mars tem três modos de exibição de mapas: elevação, visível e infravermelho. O primeiro mostra um mapa de relevo, que conta com uma legenda de cores para cada faixa de altitude. A legenda pode ser encontrada no cantor inferior esquerdo e permite ao usuário estimar a altitude do que está representado no mapa.

O modo Elevação foi criado a partir de dados do Mars Orbiter Laser Altimeter (MOLA). O instrumento, destinado a criar mapas topográficos do planeta vermelho, pertenceu à sonda espacial Mars Global Surveyor. O aparelho operou na órbita de Marte entre setembro de 1997 e novembro de 2006.

Modo elevação do /Google Mars exibe mapa de relevo de Marte — Foto: Reprodução/Google Mars

Em "Visível", o usuário vê a aparência "real" de Marte, capturada a partir da órbita do planeta. Como é possível visualizar na imagem abaixo, o famoso planeta vermelho aqui está cinza, cor escolhida pelos desenvolvedores para destacar mais detalhes da superfície. A foto foi criada com várias imagens obtidas pela Mars Orbiter Camera (MOC), também da sonda Mars Global Surveyor.

Modo visível exibe imagens de Marte capturadas pela Mars Orbiter Camera — Foto: Reprodução/Google Mars

Já o modo Infravermelho mostra um mosaico de imagens infravermelhas obtidas pelo Thermal Emission Imaging System (THEMIS), recurso da Mars Odyssey, espaçonave em órbita desde 2001. Quase duas décadas longe de casa garantem à nave o recorde de mais tempo em órbita ao redor de outro planeta.

Quase todo cinza, o mapa mostra zonas mais quentes num tom mais claro, e as mais frias, em cinza escuro. As partes douradas são áreas nas quais os desenvolvedores criaram mosaicos de alta resolução à mão, de modo que se sobrepõem às imagens da Themis.

Mapa infravermelho do Google Mars — Foto: Reprodução/Google Mars

Como dados de infravermelho são comprimentos de onda invisíveis ao olho humano, as cores são falsas. A escolha pelo dourado foi uma preferência estética dos criadores, porque a tonalidade faz com que as imagens de alta resolução se destaquem.

No topo da página há um menu com acidentes geográficos, histórias e espaçonaves relacionadas à Marte. O usuário pode navegar pelos tópicos e saber ainda mais sobre expedições e outras descobertas sobre o planeta. As opções são regiões, montanhas, planícies, nave espacial, canyons, cumes, histórias, dunas e cratera. Ainda é possível buscar um termo específico na barra de pesquisa, mas vale destacar que a ferramenta reconhece apenas palavras em inglês.

Menu do Google Mars permite navegar por expedições, histórias e acidentes geográficos de Marte — Foto: Reprodução/Google Mars

Veja também: Como saber se o ônibus está chegando com o Google Maps

Como saber se o ônibus está chegando com o Google Maps

Como saber se o ônibus está chegando com o Google Maps

Água em Marte, o que acharam desta descoberta? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo