Por Raquel Freire, para o TechTudo


A Black Friday 2020 no e-commerce do Brasil superou a do ano passado no segmento de eletrônicos. Dados levantados pela Criteo com exclusividade para o TechTudo revelam que as vendas na categoria subiram 21% em relação a 2019, com vendas 281% acima do número observado antes do aumento observado desde outubro de 2020. Os números relacionados ao mesmo período mostram ainda que as TVs foram o foco do consumidor, com um crescimento de 371% nas vendas durante a semana de ofertas em novembro.

Segundo a Criteo, os celulares também aparecem em destaque entre os desejos dos consumidores, com aumento de 249% no mesmo período. Na sexta de ofertas em si, televisores e smartphones registraram crescimento nas vendas de 672% e 479%.

Entre os eletrônicos, as TVs foram as mais vendidas durante Black Friday 2020, diz estudo — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O levantamento, feito pela empresa de marketing de comércio Criteo, analisou 1,3 bilhão de transações no quarto trimestre de 2020, efetuadas por 1.345 varejistas nas Américas e 192 no Brasil, consideradas aqui. As análises levaram em conta sete dias de novembro, entre 24 e 30 de novembro, além das vendas realizadas no mês de setembro de 2020. Segundo a marca, o período foi o último "padrão ou médio" antes do aumento das vendas visando o fim de ano, consideradas a partir de outubro.

Na pesquisa, itens como acessórios para smartphone também foram muito procurados pelos consumidores e registraram um aumento de 258% em relação a setembro. Não por acaso, telefonia foi a categoria mais buscada no Google nesse período de ofertas. Itens que também fizeram sucesso na Black Friday 2020 foram laptops (aumento de 186%), fones de ouvido e headsets (181%), além de sistemas de som (169%).

Celulares e acessórios para smartphone estão entre os eletrônicos mais vendidos na Black Friday 2020 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A tendência se manteve no dia da Black Friday em si. Além das TVs e smartphones, os produtos mais comprados na sexta foram acessórios para smartphones (356%), fones de ouvido (327%), dispositivos de entrada (316%), adaptador USB (233%), sistemas de som (311%) e laptops (308%).

Na parte de baixo da lista, entre os eletrônicos menos comprados no dia 27, estão monitores (ainda assim com aumento de 299%), acessórios de bateria (136%), áudio (142%), computadores (88%) e impressoras, scanners e fax (89%).

Via Criteo

Smart TV: qual devo comprar? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo