Smartwatches

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


Os smartwatches Amazfit GTS 2 Mini e o Amazfit Pop Pro foram apresentados na última semana pela Huami, empresa que tem a Xiaomi como um dos principais investidores. Os relógios que foram lançados na China trazem design similar ao Apple Watch e bateria que promete durar vários dias.

O Amazfit GTS 2 Mini é um dispositivo mais robusto que chega pelo preço sugerido de 699 yuans (R$ 555 em conversão direta). Já o Amazfit Pop Pro será comercializado em território chinês por 399 yuans (R$ 320 no câmbio de hoje). Não há previsão de lançamento no Brasil.

Amazfit GTS 2 Mini e Amazfit Pop Pro chegam com design semelhante ao Apple Watch — Foto: Divulgação/Huami

Amazfit GTS 2 Mini

O Amazfit GTS 2 Mini, como o próprio nome indica, é uma versão menor do GTS 2 lançado no início de 2020. Este relógio inteligente vem com tela do tipo AMOLED de 1,55 polegada, com resolução de 354 x 306, e densidade de pixels de 301 ppi, o que tende a garantir imagens bem definidas.

O dispositivo vem ainda com o chip BioTracker 2 PPG, da própria Huami, que promete ser capaz de monitorar o nível de oxigênio no sangue e também possui outros sensores que podem verificar o batimento cardíaco, luz ambiente e movimento do usuário.

Amazfit GTS 2 Mini está disponível na China em três cores — Foto: Divulgação/Huami

Para completar a ficha técnica, o Amazfit GTS 2 Mini traz Bluetooth 5.0 para sincronizar com o celular, conectividade NFC para realizar pagamentos por aproximação e microfone embutido para que o usuário possa enviar comandos de voz à assistente virtual XiaoAI. Segundo a fabricante, o relógio deve durar até 14 dias de uso com uma carga de bateria e tem mais de 70 modos esportivos programados.

Amazfit Pop Pro

Já o Amazfit Pop Pro apresenta tela TFT de 1,43 polegada, tecnologia que tende a ser inferior em qualidade de imagem ao AMOLED. Um dos destaques do relógio é a presença do GPS, diferentemente do Amazfit Pop tradicional lançado no começo do ano. Além disso, o dispositivo também conta com sensores de movimento, monitor cardíaco e de oxigênio no sangue, além de conexão por Bluetooth. No entanto, fica devendo o NFC.

De acordo com a Huami, a bateria do Pop Pro deve durar até nove dias com uma única carga e ainda tem resistência à água de até 5 ATM, o que permite mergulhos de até 50 metros de profundidade.

Amazfit Pop Pro é menor e mais barato — Foto: Divulgação/Huami

A Huami não divulgou informações sobre um possível lançamento dos relógios no Brasil. Porém, a DL Eletrônicos, empresa que representa a Xiaomi em território nacional, apresentou em junho o Amazfit GTS na loja oficial da companhia no país pelo preço de R$ 2.399 junto com outros modelos como o Amazfit Bip Lite e o Amazfit Verge Lite.

Com informações de XDA Developers e GSM Arena

3 celulares poderosos da Xiaomi à venda no Brasil

3 celulares poderosos da Xiaomi à venda no Brasil

Mais do TechTudo