Por Murilo Molina, para o TechTudo


Um em cada 10 jogadores de games online já teve sua conta roubada e o prejuízo total dos jogadores chega a US$ 347 bilhões (cerca de R$ 1,8 trilhão). É o que mostra o levantamento divulgado pela Kaspersky na última quinta-feira (7). A motivação para os roubos é a revenda dos dados em sites clandestinos, que comercializam perfis com itens raros, skins e o progresso obtido pelos players. Os principais alvos são contas de plataformas digitais como Steam, Epic Games Store, Battle.net, Origin e Uplay, além da Playstation Network e Xbox Live.

Veja dicas para evitar golpes em jogos online — Foto: Divulgação/Bully Hunters

Quer comprar jogos, consoles e PC's com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A pesquisa, realizada em parceria com a consultoria Savanta, em novembro de 2020, teve mais de 5 mil respondentes em 17 países, incluindo o Brasil. A estimativa é de que, em todo o mundo, 180 milhões de jogadores já teriam sido vítima desse tipo de golpe ao longo de sua vida. De acordo com o site Steam Calculator, uma conta média no Steam vale US$ 1.936, quase R$ 10.500, na conversão atual, considerando o valor que cada usuário investe nos games, itens dos jogos, etc.

As perdas, que chegam a US$ 347 bilhões (em torno de de R$ 1,8 trilhão), afetam tanto os gamers quanto a indústria de jogos em si. "O prejuízo vale para ambos. Para o jogador, que perde a sua conta, e também para a indústria, que tem os seus produtos vendidos de forma clandestino no mercado paralelo", explicou a Karspersky ao TechTudo.

Vale lembrar que quando o assunto é roubo de contas e informações de games, nem mesmo os jogadores profissionais estão a salvo. Em um mercado de itens com preços que ultrapassam a casa dos R$ 500 mil, nomes de peso do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) como Stewie2k, es3tag e "Junior" Johnson já tiveram seus inventários saqueados, com prejuízos que chegam às centenas de milhares de dólares.

Os métodos usados nos crimes são os mais variados. As informações podem ser obtidas com links maliciosos para promoções ou sorteios, download de jogos piratas (que vêm carregados com os malwares), ou até mesmo softwares de cheats para jogos online. Para evitar os roubos, jogadores precisam ter cada vez mais cautela e conhecimento.

Como evitar que sua conta seja roubada

Algumas medidas simples são extremamente eficientes na proteção de contas online e também do PC. A primeira delas é o uso de ferramentas de segurança oferecidas pelas próprias plataformas, como verificação em duas etapas e senhas diferentes e fortes para cada um dos seus perfis. Uma conexão com a internet segura e dispositivos sempre atualizados também ajudam muito na hora de impedir invasões e proteger arquivos e senhas de sites mal intencionados. Ao usar redes Wi-Fi públicas, o cuidado deve ser ainda maior.

Por fim, evite links suspeitos com ofertas irreais (jogos muito baratos, prêmios fáceis, etc). Ao invés disso, informe-se sobre descontos pelos canais oficiais das empresas, como Steam e Epic Game Store, ou por meio de comparadores de preço.

Como identificar golpes recebidos pelo celular

Como identificar golpes recebidos pelo celular

Com informações de Laptop Mag

Mais do TechTudo