Smartwatches

Por Larissa Infante, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O Apple Watch ajudou a salvar a vida de mais uma pessoa. Desta vez, o relógio da Apple foi responsável por encontrar uma mulher que tinha sido sequestrada numa do Texas, Estados Unidos. A vítima usou o dispositivo para pedir ajuda e a polícia local conseguiu rastrear o wearable para descobrir sua localização.

O caso aconteceu em dezembro do ano passado, mas só veio a público agora. A notícia foi divulgada pelo portal Fox San Antonio.

Adalberto Longoria supostamente teria sequestrado mulher, que se salvou com ajuda de Apple Watch — Foto: Reprodução/Fox San Antonio

Adalberto Longoria foi preso no dia 20 de janeiro sob suspeita de ter sequestrado uma mulher em dezembro de 2020. Segundo relatos da filha da vítima, Adalberto e a mulher estavam discutindo do lado de fora do apartamento onde viviam quando a menina ouviu a mãe gritar. Ela disse que percebeu gritos vindos do estacionamento, mas que não sabia para onde a mãe tinha sido levada.

Cerca de 10 a 15 minutos depois, a mulher ligou para a menina pelo Apple Watch dizendo que Longoria queria machucá-la e que havia sido sequestrada. O relógio foi desconectado enquanto as duas falavam.

Apple Watch ajuda a localizar mulher sequestrada — Foto: Reprodução/Apple Insider

A vítima contou que os dois estavam brigando e que o homem se recusou a entregar as chaves do caminhão. Ele disse à mulher para retirar suas coisas do veículo, mas quando ela entrou, Longoria se sentou no banco do motorista e acelerou.

A mulher contou à polícia que gritou para Adalberto parar, mas que ele pisava no freio para fazê-la cair na caçamba do caminhão. Ao dizer que havia pedido para a filha chamar a polícia, o homem parou o caminhão, jogou dinheiro nela e a deixou sair. Contudo, a vítima disse que estava desorientada e que não sabia onde estava.

Apple Watch vem com funções de saúde que ajudam a salvar vida de usuários — Foto: Divulgação/Apple

Os policiais usaram um ping de emergência para rastrear o Apple Watch da mulher. O relógio mostrou a localização da vítima, que estava em um estacionamento de hotel. Quando viu os policiais, Longoria saiu correndo a pé e pulou uma cerca para escapar.

A polícia não revelou qual tecnologia foi usada para rastrear a mulher, mas recursos como a função SOS de Emergência e o Buscar (Find My) podem ter sido empregados na operação de resgate.

Apple Watch oferece recurso de detecção de quedas desde o Apple Watch Series 4 — Foto: Reprodução/9to5Mac

Em setembro do ano passado, veio a público o caso do policial que usou o Apple Watch para entrar em contato com a corporação após ser esfaqueado em uma ocorrência. O relógio também possibilitou chamar uma ambulância para o local.

Em junho do mesmo ano, o dispositivo também chamou a emergência e salvou a vida de um homem que havia desmaiado. O alerta foi emitido pela função de detecção de queda.

Com informações de Apple Insider, Fox San Antonio e 9To5Mac

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

TechTudo completa 10 anos: veja o que mudou no mundo da tecnologia e jogos

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação.

Mais do TechTudo