TV

Por Yuri Hildebrand, do Home Office


A Samsung anunciou suas novas smart TVs premium às vésperas da CES 2021. As Neo QLED e MicroLED são os destaques, trazendo design com tela infinita e recursos de Inteligência Artificial para otimizar imagens, incluindo tecnologia que melhora a emissão de luz em cenas escuras. A fabricante também promete aproveitar ao máximo os novos consoles Playstation 5 (PS5) e Xbox Series X|S, trazendo funcionalidades como Game Bar e até "transformando" as TVs em monitores UltraWide.

Vale destacar ainda o controle remoto, que passou por um redesign e agora vem sem pilha e com recarga via energia solar – segundo a marca, a incidência de luz interna também carrega o acessório. Por enquanto, foram adiantados três modelos: a MicroLED com 110 polegadas e as Neo QLED QN900, 8K, e QN90, 4K. Ainda não há informações sobre preço e disponibilidade das TVs.

Novas TVs Neo QLED e MicroLED são destaques da Samsung para 2021 — Foto: Divulgação/Samsung

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Neo QLED

A grande novidade da Samsung para 2021 é a chegada da tecnologia MicroLED em televisores voltados para o consumidor final. Mas, além da TV que promete superar a qualidade dos painéis OLED, a fabricante traz melhorias importantes na nova linha Neo QLED, que chega como alternativa acima das QLED padrão, que também será atualizada ao longo do ano. A diferença fica por conta dos Mini LEDs utilizados, que são 40 vezes menor tamanho frente ao LED convencional, segundo a fabricante.

Os modelos contam com recursos de otimização de imagem via Inteligência Artificial que devem "corrigir" alguns aspectos importantes. Entre eles está o vazamento de luz em cenas mais escuras, algo que acontece em TVs do tipo por conta do painel de luz que fica atrás da cama de pontos quânticos.

O novos produtos trazem a tecnologia Quantum Matrix, que impede essa "sobra", o que deve diminuir as manchas ao exibir preto – com LEDs menores, a emissão de luz pode ser controlada de forma mais prática.

Saiba o que buscar em uma nova TV:

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Smart TV: o que você precisa saber para comprar um aparelho novo

Isso acontece por meio do processador Quantum, que traz formato SoC e, no caso da top de linha Neo Q900, 8K, traz 16 redes neurais responsáveis por Machine Learning. Os televisores da linha chegam ainda com um sensor que reconhece a iluminação do ambiente para otimizar a exibição no display. A marca também oferece recursos voltados para acessibilidade, como alteração na saturação das cores, inversão de cores e descrição de áudio, entre outros exemplos.

Outro aspecto interessante da visualização nas Neo QLEDs é o uso de painéis antirreflexo, o que facilita a instalação em qualquer ambiente da casa, além de melhores ângulos de visão, sobretudo nas top de linha, como a New QN90, modelo 4K. O controle remoto minimalista da Samsung também muda com a nova geração, trazendo inclusive carregamento via energia solar.

A respeito do som, a marca aponta três tecnologias como as principais: OTS+, que simula o som em movimento, AVA, amplificador de voz, e o Q-Symphony, que melhora a sincronia com soundbars da marca. Os televisores da linha QLED também chegam com o recurso Spacefit Sound, uma espécie de otimização de áudio de acordo com o ambiente, que deve significar um sistema surround imersivo.

Controle das TVs premium da Samsung passou por redesign e agora tem carregamento via energia solar — Foto: Divulgação/Samsung

Novas funcionalidades smart

Um dos destaques das novas TVs é a integração com o Google Duo, que permite realizar chamadas de vídeo direto na TV. Para aproveitar melhor o recurso, é possível utilizar câmeras compatíveis que melhoram a captação e podem até mesmo seguir o usuário para manter o foco durante as conversas.

O usuário também pode continuar nas ligações enquanto assiste a filmes, séries ou joga na TV, já que os televisores passam a oferecer o Multi-tela, recurso que permite exibir até 4 conteúdos diferentes ao mesmo tempo nas 8K, e 2 nas 4K.

Usufruindo tanto de chamadas de vídeo quanto da divisão de telas, a Samsung oferece recursos como Smart Trainer, que utiliza uma câmera compatível via USB para exibir o usuário na tela enquanto pratica exercícios – e acompanha aulas de ginástica, por exemplo. Com a função PC na TV, também será possível acessar o computador de trabalho à distância, estendendo a área de trabalho para a tela frande.

Multi-tela é recurso que chega junto às novas TVs da Samsung para 2021 — Foto: Divulgação/Samsung

Foco em jogos

As novas TVs da Samsung, sobretudo as Neo QLED, oferecem recursos gamer que devem fazer a diferença na hora de jogar. Com promessa de funcionar bem com os novos consoles de Sony e Microsoft, as TVs da marca oferecem FreeSync para impedir atrasos e engasgos na tela, assim como atualização de 120 Hz via software.

A inovação de fato fica por conta da Game Bar, que vai exibir informações relevantes sobre a exibição dos jogos, como fps, permite ajustes de iluminação, entre outros exemplos. Outra novidade que chama atenção é a possibilidade de transformar as TVs em monitores UltraWide, com formatos de até 32:9 – a parte que "sobra" da tela fica em preto, ou com a Game Bar aberta.

MicroLED, Lifestyle TV e mais

A princiapal novidade da Samsung para 2021 é a nova linha MicroLED, que traz a tecnologia de tela presente na The Wall, projeto voltado para uso comercial apresentada pela fabricante em edições anteriores da CES. Com proposta modular, os painéis do tipo prometem alta fidelidade de cor e brilho de até 2 mil nits, além de contraste "infinito", já que a iluminação é feita a cada pixel exibido.

TVs MicroLED são formadas por módulos, a exemplo das telas The Wall de uso comercial — Foto: Reprodução/Samsung

Com até 110 polegadas – em alternativa que recebeu o prêmio de inovação da CES 2021, as MicroLED podem dividir o display em até 4 partes via Multi-tela e prometem ser "imunes" ao burn-in, defeito que mancha a tela e atinge principalmente painéis OLED.

Há ainda upscaling, forma com que os televisores prometem contornar a ainda baixa oferta de conteúdos 8K. Da mesma forma, os recursos de IA presentes nas Neo QLED também aparecem no display para otimizar exibição de imagem e som, trazendo sistema surround de até 80 Watts RMS.

Vale ressaltar que, como as TVs são baseadas em módulos, o usuário vai encontrar telas infinitas de fato – há apenas uma placa na lateral dos aparelhos. Além disso, a Samsung abriu a possibilidade de customizar tamanhos e formatos no futuro, mas não entrou em detalhes sobre como seria esse processo.

A marca aproveitou o evento pré-CES 2021 para falar sobre a linha Lifestyle TV, que conta com The Frame, The Serif e The Sero, já disponíveis para comprar no Brasil, além da The Terrace e do projetor 4K The Premiere, esse último anunciado durante a IFA 2020. Trazendo painéis QLED 4K, esses televisores têm foco maior no design, com propostas que variam de acordo com o tipo de uso, mas sem grandes mudanças envolvendo tecnologias de imagem e som.

Com relação a mudanças de visual nas TVs mais "tradicionais", a Samsung fala em espessura mais fina nas Neo QLED, além de tela praticamente infinita – talvez não tanto quanto nas MicroLED. Outra mudança importante é no hub One Connect, que aparece em versão menor e acoplável no suporte de algumas das TVs.

Qual a melhor smart TV? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo