Placas

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


A Intel lançou 50 novos modelos de processadores durante sua conferência na CES 2021. O destaque fica por conta de três CPUs de série H da 11ª geração, voltados para notebooks gamer ultra-finos que prometem "desempenho de desktop". São um Core i5 e dois Core i7, com velocidades de até 5 GHz e solução gráfica integrada Iris Xe. Os chips de série H já devem aparecer em lançamentos a partir dessa edição da CES, equipando laptops de diversas marcas.

Além desses, a marca também revelou novos Core i vPro para o mercado corporativo e as CPUs de entrada Celeron e Pentium, assim como adiantou a chegada da 11ª geração aos desktops.

Intel lançou 50 CPUs diferentes; modelos gamer ultra-finos ganham chip específico — Foto: Divulgação/Intel

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A série H de processadores para notebooks concentra os modelos com pegada gamer e são destinados ao uso em notebooks teoricamente mais parrudos e nas chamadas workstations móveis. Nesse caso, a Intel reforçou que o foco é em laptops ultra-finos voltados para jogos, trazendo alto desempenho e boa eficiência energética ao mesmo tempo.

O mais simples é o Core i5 11300H, um quad-core que promete velocidades de 2,6 a 4,4 GHz. Foram apresentados ainda o Core i7 11370H, quad-core de 3 a 4,8 GHz, e o Core i7 11375H, também de quatro núcleos e com velocidades de 3 a 5 GHz.

Os chips contam com arquitetura nova que garante 15% mais desempenho em processamento single-core, ou seja, utilizando apenas um núcleo. Já para trabalhos multi-core, a Intel fala em 40% maior performance, o que representa 70 fps em games a 1080p com o Core i7 11375H.

Ainda segundo a Intel, a oferta de gráficos integrados Iris Xe no lugar das antigas Intel UHD Graphics garante melhor desempenho – ainda que, na prática, laptops gamers devam contar com placas dedicadas ainda melhores.

Primeiros modelos da série H de 11ª geração chegam com ganhos expressivos de performance — Foto: Divulgação/Intel

Apesar das novidades e dos números, os três modelos fazem parte da linha de entrada da nova série H. Todos rodam com TDP de até 35 Watts, enquanto processadores top de linha da mesma família devam chegar a 45 Watts: mais energia, em uma mesma arquitetura, vai significar maiores performance, capacidade de processamento e velocidade máxima.

Em termos de tecnologias, todos os três processadores contam com suporte ao mais recente Wi-Fi 6E, suporte a Thunderbolt 4 integrado, DDR4 de até 3.200 MHz e DDR4X de até 4.266 MHz, além de interface PCIe 4.0.

Mais lançamentos

A Intel também apresentou as novas versões dos chips de entrada Celeron e Pentium, da série N. já com arquitetura de 10 nanômetros, os produtos alcançam performance 35% superior, além de rendimento 78% melhor em gráficos se comparados a modelos de geração anterior.

As CPUs são consideradas opções para equipar notebooks focados em estudo, inclusive Chromebooks. Já a linha Core vPro chega como aposta da Intel no mercado corporativo, trazendo mais tecnologias de segurança em nível de hardware.

Outras novidades também foram adiantadas pela marca, ainda que em poucos detalhes. A chegada da 11ª geração para desktops está confirmada, assim como o nome da arquitetura dos próximos processadores Intel: Alder Lake. Esses serão os primeiros da fabricante a combinarem núcleos de alta performance com outrs de menor performance e foco em economia de energia – abordagem semelhante ao que acontece em chips ARM.

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Como descobrir o modelo de sua placa-mãe

Qual é melhor processador? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo