Redes sociais

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


O TikTok anunciou uma série de mudanças em funções de interatividade nos perfis de crianças e adolescentes da rede social. A partir de agora, usuários com menos de 18 anos terão limitações no recebimento de comentários, na criação de duetos e no download dos seus vídeos, além de outras funcionalidades. Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (13), o TikTok afirma que as medidas foram tomadas para fortalecer a privacidade e a segurança dos jovens na plataforma.

Uma das principais mudanças está relacionada à exibição dos perfis desses usuários no aplicativo. Por padrão, todas as contas registradas com idade entre 13 e 15 anos foram automaticamente colocadas no modo privado. Isso significa que somente as pessoas aprovadas como seguidores podem assistir aos vídeos. No entanto, é possível reverter a ação e retornar para o modo público pelas configurações do app.

TikTok priva contas de menores de idade por padrão — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Outras alterações foram realizadas de acordo com a faixa etária do público. Pessoas com menos de 16 anos tiveram seus comentários restritos e agora, por padrão, só podem receber comentários de amigos ou de ninguém — a opção que permitia receber comentários de qualquer pessoa foi removida. A função que possibilitava “sugerir sua conta para outras pessoas” também foi desativada para usuários de 13 a 15 anos.

A partir de agora, os usuários do TikTok só poderão baixar vídeos criados por usuários com 16 anos ou mais. No entanto, os jovens criadores poderão alterar a configuração padrão para que qualquer pessoa faça o download de suas publicações. Os vídeos criados por usuários dessa faixa etária também só poderão ser utilizados para fazer duetos com seus amigos da rede social — sendo assim, esses posts não poderão ser usados para esta finalidade por outras pessoas no TikTok.

TikTok já possui controle parental nativo dentro do app — Foto: Reprodução/Marvin Costa

O TikTok já havia tomado outras medidas de segurança para crianças e adolescentes, como a habilitação da função de controle parental, que permite que pais e mães controlem as atividades dos jovens no aplicativo. Anteriormente, a rede social também já havia restringido o uso de mensagens diretas e a criação de lives para usuários maiores de 16 anos, e a compra de presentes virtuais para maiores de 18.

Segundo a líder global de Política de Segurança de Menores do TikTok Tracy Elizabeth, a empresa publica relatórios de transparência regularmente e emite informações sobre privacidade na Central de Segurança do app: "Trabalharemos em estreita colaboração com reguladores e especialistas em segurança de menores e investiremos em nossa tecnologia e equipes para que a TikTok siga sendo um lugar seguro para que todos expressem sua criatividade".

Quando o TikTok vai acabar nos EUA? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

Kwai: como usar a rede social para fazer vídeos de WhatsApp Status

Kwai: como usar a rede social para fazer vídeos de WhatsApp Status

Mais do TechTudo