Celulares

Por Giovana Guerra, para o TechTudo


A Apple está trabalhando numa alternativa para resolver um incômodo que usuários de iPhone vêm enfrentando durante a pandemia: a espera para desbloquear o celular por PIN quando estão usando máscara. Um recurso que deve permitir o reconhecimento da face mesmo com máscara está em teste na versão beta do iOS 14.5. Para que ele funcione basta que usuário também tenha um Apple Watch.

Novo recurso deve permitir desbloquear iPhone por reconhecimento facial mesmo de máscara — Foto: Divulgação/Pexels

O recurso deve ser habilitado manualmente antes do uso e utilizará o relógio como uma medida de segurança. O wearable deverá estar desbloqueado quando o usuário for fazer o escaneamento da face no celular. Dessa forma, o reconhecimento terá menor precisão devido ao uso da máscara, mas o smartwatch já autenticado servirá como uma medida extra para garantir se tratar mesmo do dono do dispositivo.

Outras ações que utilizam o reconhecimento facial, como aprovação de compras na App Store, Safari e iTunes, continuarão pedindo a digitação da senha para usuários com máscara.

Para que o Face ID funcione utilizando o recurso, o iPhone deverá estar integrado a um Apple Watch Series 3 ou superior. Uma função parecida já existe para desbloqueio dos computadores da maçã, que podem ser destravados sem senha quando o usuário está com um smartwatch da marca.

Veja cinco fatos sobre o iPhone 12

Veja cinco fatos sobre o iPhone 12

A implementação da função se faz necessária já que Apple, ao contrário de outras fabricantes, não conta com leitor de impressões digitais integrado à tela. Ela depende exclusivamente do Face ID. Rumores apontam, porém, que o recurso pode chegar ainda este ano com o lançamento do iPhone 13.

Em maio de 2020 a empresa da maçã tentou resolver o problema do reconhecimento mandando os usuários para a tela de desbloqueio por senha mais rapidamente quando seus rostos estivessem obscurecidos. Contudo, muitas vezes era preciso ficar esperando enquanto o sistema tentava fazer a leitura do rosto. Alguns usuários chegaram a inventar macetes para acelerar este processo.

Com informações de Engadget e BBC

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação.

Mais do TechTudo