Celulares

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Moto G8 Power e Moto G9 Play são opções de celulares intermediários da Motorola parecidos nas especificações técnicas e nos preços abaixo de R$ 1.500. Apesar de similaridades na memória RAM, armazenamento e bateria de 5.000 mAh, os dois modelos diferem em aspectos como fotografia e resolução da tela. A seguir, você confere em detalhes essas e outras características dos dois smartphones.

O Moto G8 Power desembarcou no Brasil em março de 2020 pelo preço sugerido de R$ 1.599 e hoje em dia é visto na faixa de R$ 1.469 na Amazon. Lançamento de setembro, o Moto G9 Play atualmente sai por R$ 1.329 na loja virtual.

Tela e design

Moto G8 Power tem tela de 6,4 polegadas e resolução Full HD+ — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Os dois celulares têm telas de dimensões parecidas – 6,4 polegadas para o G8 Power e 6,5 polegadas do G9 Play – com a mesma tecnologia LCD IPS no painel. As diferenças ficam a cargo da resolução, que acabam favorecendo o G8 Power por ter display Full HD+ (2300 x 1080 pixels), o que garante imagens mais definidas do que o G9 Play com tela HD+ (1600 x 720 pixels).

Em relação ao visual, o G9 Play tem um design com notch em formato de gota para acomodar a câmera frontal, enquanto o G8 Power reserva o espaço para o sensor fotográfico em um pequeno “furo” no canto superior esquerdo.

Confira o lançamento do Moto G8 e do Moto G8 Power

Confira o lançamento do Moto G8 e do Moto G8 Power

Há mais diferenças na parte traseira, já que o Moto G8 Power organiza suas lentes na vertical no canto superior esquerdo, ao passo que o Moto G9 Play aloca o arranjo em um quadrado centralizado no topo do celular. O leitor de impressão digital fica atrás do telefone nos dois casos.

Nas cores, o G8 Power é mais comportado, disponível apenas em azul escuro e preto. Quem procura mais variação encontra no G9 Play opções como azul, verde e rosa.

Câmeras

Os dois celulares têm sistemas de múltiplas câmeras e promessas de recursos de inteligência artificial para aprimoramento de imagem. O G9 Play tem um trio de lentes na traseira, com destaque para o sensor principal de 48 MP que, usando a tecnologia QuadPixel, pode gerar imagens com bom nível de qualidade mesmo em ambientes pouco iluminados.

A câmera de 48 MP é acoplada a uma lente wide com abertura focal em f/1.7 e vem acompanhada de uma câmera macro com 2 MP (f/2.4) para tirar fotos de objetos próximos. Além disso, tem um sensor, também de 2MP, que detecta profundidade e tem papel fundamental na aferição de distância de campo usada para criar fotos no chamado modo retrato.

Moto G9 Play possui sistema com três câmeras — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

No Moto G8 Power são quatro câmeras e o destaque é a presença de tecnologia de processamento com inteligência artificial, o que ajuda a aprimorar o resultado final das capturas. Em termos de hardware, o telefone vem com câmera principal de 16 MP e lente wide (f/1.7), teleobjetiva de 8 MP e f/2.2, ultra wide com 8 MP e f/2.2, além de uma macro de 2 MP (f/2.2). Assim como o G9 Play, o celular gera imagens com o desejado modo retrato.

A presença de uma câmera teleobjetiva no conjunto do G8 Power acaba dando mais desenvoltura ao aparelho, pois o usuário poderá capturar melhores imagens com zoom. Já a resolução superior das câmeras secundárias no geral pode contribuir para fotos com maior nível de detalhes do que no G9 Play.

Outro diferencial é que o G8 Power grava vídeos em 4K a 60 FPS, enquanto que o G9 Play realiza registra em 1080p a 60 quadros por segundo. No painel frontal, há ainda as câmeras destinadas a selfies dos dois modelos. No G8 Power, o sensor tem 16 MP de resolução, dobro dos 8 MP instalados no G9 Play.

Desempenho e armazenamento

Moto G8 Power vem com memória de 4 GB e 64 GB de espaço — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Moto G8 Power utiliza processador Snapdragon 665, um octa-core da Qualcomm com quatro núcleos de alta performance que chegam a 2 GHz de velocidade e outros quatro que, a 1,8 GHz, rodam tarefas menos exigentes e economizam energia.

O processador é um modelo de entrada da Qualcomm distante de alternativas mais poderosas da marca, como o Snapdragon 730, comum em intermediários premium. A defasagem de performance, no entanto, deve aparecer só em usos mais extremos, como em games.

Já o G9 Play depende do Snapdragon 662 com as mesmas especificações técnicas e arquitetura: octa-core, o processador chega a 2 GHz na metade de alta performance de seus núcleos, enquanto que opera a 1,8 GHz com os núcleos de menor desempenho e maior eficiência energética.

De resto, as configurações dos dois smartphones acabam iguais: nos dois casos são 4 GB de memória RAM e 64 GB de espaço interno para dados, ainda com a opção de expansão desse total por meio de cartões microSD.

Bateria

A linha Power da Motorola é sempre acompanhada de promessas de autonomia prolongada de bateria e o G8 Power não foge à regra: nas contas da empresa, o celular deve se manter em operação por até dois dias. Em termos técnicos, oferece uma bateria de 5.000 mAh de capacidade bruta.

Veja 3 destaques do Moto G9 Play

Veja 3 destaques do Moto G9 Play

Trata-se da mesma capacidade da bateria do G9 Play. Aqui a Motorola também fala em dois dias de operação longe da tomada e, considerando a tela de resolução menor (e, consequentemente, menor consumo), é razoável esperar que o Play aguente mais tempo.

Nos dois casos há suporte a recarga rápida, embora o G9 Play permita carregadores de 20 Watts diante do limite de 18 Watts do G8 Power. Na prática, o primeiro deve carregar a bateria um pouco mais rápido.

Versão do Android

Os dois aparelhos saem de fábrica com o Android 10 e integram a lista de modelos confirmados pela Motorola para receber atualização para o Android 11.

Cinco fatos sobre o Android 11

Cinco fatos sobre o Android 11

Recursos adicionais

Os dois smartphones contam com Bluetooth 5.0 e suporte a redes de telefonia 4G. A grande diferença fica no suporte Wi-Fi: o Moto G8 Power vem com Wi-Fi 4 (802.11 bgn) de 2,4 GHz, mais limitado do que o Wi-Fi 5 (802.11ac) com suporte a redes de 5 GHz do G9 Play. No geral, a internet wireless dual-band do G9 Play deve garantir melhor desempenho na hora de navegar e fazer downloads.

Outro detalhe sobre conectividade que acaba afetando os dois telefones é a ausência de NFC. Sem esse tipo de redes, os dois aparelhos acabam inviáveis para uso de tecnologias de pagamento por aproximação.

Moto G8 Power vem com Android 10 e está escalado par ganhar o Android 11 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

De resto, os dois celulares oferecem leitor de impressões digitais, conectividade USB-C, saída para fones de ouvido, além de suporte às Moto Ações para atalhos práticos a recursos e funcionalidades de uso cotidiano.

Preços

O Moto G8 Power é o mais antigo entre os dois. Estreou no mercado brasileiro em março de 2020 por R$ 1.599, mas já é encontrado por R$ 1.469. Mais recente no mercado, o Moto G9 Play perdeu valor na comparação com a janela de lançamento e é visto por R$ 1.329 na Amazon.

Moto G8 Power vs Moto G9 Play

Especificações Moto G8 Power Moto G9 Play
Lançamento Março de 2020 Setembro de 2020
Preço de lançamento R$ 1.599 R$ 1.599
Preço na Amazon Cerca de R$ 1.469 Cerca de R$ 1.329
Tela 6,4 polegadas 6,5 polegadas
Resolução de tela Full HD+ (2300 x 1080 pixels) HD+ (1600 x 720 pixels)
Processador Snapdragon 665 (octa-core de até 2 GHz) Snapdragon 622 (octa-core de 2 GHz)
Memória RAM 4 GB 4 GB
Armazenamento 64 GB 64 GB
Cartão de memória microSD microSD
Câmera principal quadrúpla, 16, 8, 8 e 2 MP tripla, 48, 2 e 2 MP
Câmera frontal 16 MP 8 MP
Sistema operacional Android 10 Android 10
Bateria 5.000 mAh 5.000 mAh
Dimensões e peso 156 x 75,8 x 9,6 mm; 197 gramas 165,2 x 75,7 x 9,2 mm; 200 gramas
Cores azul e preto azul, verde ou rosa

Com informações de Motorola (1/2).

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação.

Mais do TechTudo