Placas

Por Yuri Hildebrand, do Home Office


A Intel revelou seus novos processadores Core i3, Core i5, Core i7 e Core i9 de 11ª geração para desktops. Os modelos prometem aumentar o desempenho em funções como edição de vídeos e fotos, além de entregar maiores taxas de fps em jogos. Em números, a marca fala em gráficos 50% melhores com as UHD Graphics, placas integradas que, agora, trazem arquitetura das novas Xe.

Comparando o novo top de linha, Core i9 11900K, com seu antecessor direto, a Intel aponta até 88% de melhora na fluidez ao editar vídeos no Vegas Pro, por exemplo. Já nos games, a taxa de quadros pode ser até 14% superior em Full HD, de acordo com a fabricante. Ainda não há informações quanto a disponibilidade e preço dos novos processadores.

Novos chips Core i de 11ª geração chegam para desktops — Foto: Divulgação/Intel

Os novos processadores chegam para complementar a linha de 11ª geração, até então disponível apenas em notebooks. Os Core i9 e Core i7 vêm com oito núcleos, 16 threads e clock máximo de até 5,2 GHz. Diferente das opções portáteis, as CPUs não trazem placas integradas Xe, e sim as clássicas UHD Graphics da Intel – agora com nova arquitetura, baseada nas novas soluções de vídeo da marca. Segundo a fabricante, o ganho em performance gráfica pode chegar a 50% frente à geração anterior.

Core i9 de 11ª geração pode superar rival direto da AMD com até 11% mais fps no Flight Smiulator — Foto: Divulgação/Intel

A Intel também fala em boa qualidade para rodar jogos. Entre os números apresentados, vale destacar o desempenho com Flight Simulator, que promete ser até 14% superior ao entregue pelo Core i9 equivalente de 10ª geração.

Já em relação a um rival direto do top de linha, no caso o Ryzen 9 5900X, da AMD, a CPU da Intel teria desempenho até 11% superior no mesmo game. No caso de um Core i5, a fabricante fala em superar o antecessor em até 7%. Ainda quanto à capacidade voltadas para jogos, seis dos chips apresentados são desbloqueados para overclocking, sendo dois Core i9, dois Core i7 e dois Core i5.

Modelos de 11ª geração para desktops também prometem maior capacidade para produtividade — Foto: Divulgação/Intel

O que chama atenção nos números mostrados pela marca é a promessa em relação ao desempenho para editar vídeos. A Intel fala em 88% mais performance no processo de criação de vídeos com o Magix Vegas, enquanto trabalhos com fotos e suítes do pacote Office aumentariam em 8% e 12%, respectivamente – levando em conta o novo Core i9 11900K e seu antecessor direto.

Também foram revelados novos Core i5 e Core i3 para desktops. Os modelos intermediários vêm com seis núcleos e 12 threads, enquanto os chips de entrada trazem quatro cores e oito linhas de execução. As velocidades, por sua vez, vão até 4,9 GHz e 4,7 GHz.

Cyberpunk 2077: coisas que você precisa saber no lançamento do jogo

Cyberpunk 2077: coisas que você precisa saber no lançamento do jogo

Mais do TechTudo