Caixas de som

Por Yuri Hildebrand, do Home Office


A Echo Show 10 é a nova caixa de som inteligente da Amazon no Brasil. O modelo com Alexa tem como destaque sua tela, agora com 10 polegadas e sensores que permitem ao display seguir o usuário – algo muito interessante durante chamadas de vídeo, por exemplo. O speaker é mais um da linha a trazer hub integrado para conexões via ZigBee, facilitando o uso de produtos IoT sem conectividade Wi-Fi por si só, como as lâmpadas Philips Hue.

Além dos recursos de vídeo, vale destacar ainda a câmera, que foca sozinha no rosto de quem está falando durante as chamadas, e o sistema de som, que entrega boa qualidade de reprodução. O produto já pode ser encontrado no site oficial da fabricante por preços a partir de R$ 1.804,05*, sendo a Echo mais cara do portfólio disponível no Brasil. O TechTudo recebeu uma Echo Show 10 para testes e conta as primeiras impressões a seguir.

Amazon Echo Show 10 é novidade no Brasil; conheça novo speaker e veja o que achamos — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Experiência diferente em chamadas

A nova Echo Show se junta às Echo Show 5 e Echo Show 8, as primeiras com tela a chegarem ao Brasil. O lançamento se destaca pela mudança drástica no design, que sai de um display estático para algo mais próximo de um monitor, permitindo o movimento nos eixos horizontal e vertical.

O speaker faz isso de forma independente, reconhecendo onde no ambiente está o usuário e mantendo o visor sempre virado para a pessoa. O recurso parece desconfortável no início, já que é basicamente um display te seguindo a todo instante, mas a tecnologia é bastante útil para permitir à caixinha ouvir a integração e também mantém as informações de hora e tempo à vista. Além disso, é possível ativar ou desativar a função pelo app Alexa, ficando a critério do próprio usuário.

Amazon Echo Show 10 tem movimento que segue o usuário; função pode ser desativada — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Em chamadas de vídeo, essa capacidade se traduz em uma experiência bastante diferente. Primeiro porque ao ligar para outra pessoa, é possível se movimentar pelo cômodo sem sair do foco. Além disso, ao falar, a câmera dá um zoom no seu rosto, melhorando a visualização de quem está do outro lado. Esse recurso já está presente em outros dispositivos semelhantes, como alguns modelos das linhas Portal e Nest, de Facebook e Google, respectivamente – ambas fora do mercado brasileiro.

Em relação à resolução da câmera, são 13 megapixels, segundo a Amazon. O componente pode, inclusive, ser bloqueado manualmente, a exemplo dos outros dispositivos da linha Echo Show. Da mesma forma, é possível desligar o microfone e colocar a caixinha em modo "Não perturbe", em que volta para a posição neutra – definida nas primeiras configurações.

Câmera pode ser desativada com trava física — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Som melhorado e maior integração

Em relação à qualidade de som, vale destacar a presença de dois tweeters e um woofer, permitindo uma melhor separação das frequências graves, médias e agudas. O resultado disso é uma reprodução de alta qualidade e equivalente ao entregue pela Echo Studio, caixinha inteligente da linha focada nesse tipo de uso. A captação também é interessante, e, em alguns dias de teste, não deixou a desejar, entendendo (praticamente) tudo que foi pedido.

Outro destaque importante é a presença de um hub ZigBee, que permite o uso imediato de lâmpadas da Philips Hue e até alguns dispositivos inteligentes da Pixel TI, entre outros produtos de fabricantes da área. Em comum, esses funcionam por meio de uma "ponte", que liga os acessórios e permite o uso via app.

Modelo tem caixa com woofer e dois tweeters atrás da tela; som tem qualidade equivalente à Echo Studio — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Aqui, o aplicativo Alexa faz esse trabalho, enquanto a Echo Show 10 funciona como hub para integrar esses aparelhos. Essa pode ser uma boa solução para quem não pensa em comprar um dispositivo especificamente para essa função.

Outros tipos de uso

O modelo também funciona como câmera de segurança, apesar de não ter um perfil "secreto". Isso porque é possível acessar as imagens diretamente pelo app Alexa, por meio do qual o usuário também consegue mover a tela (apenas na horizontal). O recurso pode ser uma boa alternativa a babás eletrônicas, por exemplo.

Echo Show 10 funciona para diferentes tipos de uso — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Tendo um display de 10 polegadas, é possível ainda assistir a filmes e séries, dependendo do cômodo em que a Echo Show está instalada – e apesar da resolução HD. Vale ressaltar que, no momento, a Netflix está disponível, aumentando o leque de conteúdos para acessar – antes, apenas o Prime Video, da Amazon, era opção.

Instalar o speaker na cozinha também parece ser uma boa alternativa, já que o painel é grande o suficiente não apenas para acompanhar receitas durante o preparo de alimentos, mas também para continuar acompanhando vídeos e ouvindo músicas nesse momento.

Movimentos ainda podem melhorar

Feedback dos movimentos deve ajudar melhorias no futuro; problema com inclinação, ao menos, foi resolvido — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

O novo design resolve um dos problemas das outras Echo Show: a inclinação da câmera para cima, limitando a experiência em chamadas, de certa forma. Com os movimentos, a câmera segue o usuário e facilita a visualização.

Em contrapartida, a caixa não mexeu em algumas situações, apresentando uma mensagem de erro. Nesses casos, foi necessário reiniciar o dispositivo, que volta a funcionar de maneira correta. Vale destacar que o software pede um feedback sobre essa movimentação – o que indica uma possível melhora com atualizações no futuro.

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

Amazon Alexa no Brasil: assistente de voz já funciona totalmente em português

*Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação.

Mais do TechTudo