Celulares

Por Giovana Guerra (colaboração) e Thássius Veloso (TechTudo)

Divulgação/Apple

A Apple anunciou uma grande mudança no programa de assistências técnicas independentes. Depois de uma experiência bem-sucedida nos Estados Unidos, agora a gigante de tecnologia decidiu levar a novidade ao Brasil e dezenas de outros países. A medida torna mais tranquila a vida de usuários de produtos da maçã, pois lojas e assistências não-credenciadas poderão usar os mesmos equipamentos adotados pela fabricante.

O objetivo do projeto é oferecer acesso a peças e ferramentas originais, além de treinamento gratuito para provedores de assistência técnica independentes, tornando-os capacitados a oferecer reparos mais seguros e confiáveis em iPhones e outros produtos que estejam fora da garantia. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (29).

Programa de reparo independente da Apple chegará ao Brasil na semana que vem (foto anterior à pandemia) — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O programa facilita a vida de usuários da marca, uma vez que abre um leque maior de opções de postos de assistência aos produtos da maçã, que antes ficava restrito a autorizadas e à Apple Store. Contudo, é importante ressaltar que apenas serão reconhecidos os provedores de reparo certificados através de treinamento.

Não há custo para ingressar no projeto e os provedores precisam de pelo menos um técnico certificado pela Apple para operar. Os prestadores de serviço independentes qualificados terão acesso a peças e ferramentas originais da fabricante pelo mesmo valor pago pelas autorizadas, além de receber acesso gratuito a treinamento, manuais de reparos e diagnósticos.

A expansão do programa começa no final desta semana. Quase 40 países – incluindo o Brasil – já estarão aptos a ingressar. Até o fim do ano, outros 121 países também entrarão para o projeto.

Não foi especificado quando os consumidores poderão acessar as assistências técnicas parceiras da Apple.

Com informações da Apple (1/2)

iPhone 12 vs iPhone 11: o que muda no preço e na ficha técnica

iPhone 12 vs iPhone 11: o que muda no preço e na ficha técnica

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação.

Mais do TechTudo