Streaming

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


A Netflix está testando um recurso que pode impedir o compartilhamento de senhas entre amigos e parentes, prática comum entre seus usuários. Publicações em redes sociais mostram que a plataforma está solicitando que o espectador confirme a titularidade da conta usando um código enviado para canais cadastrados pelo titular, o que geraria um entrave no acesso. Até o momento, o número de pessoas impactadas pela solicitação é pequeno.

O aviso permite que o usuário escolha entre receber o código por SMS ou e-mail. Se o indivíduo não conseguir verificar a propriedade da conta dentro de um determinado período, não poderá assistir a nenhum conteúdo, além de ser orientado a criar sua própria conta no serviço. Mesmo assim, a tela também oferece a opção de "verificar mais tarde", o que libera o acesso sem o código. Usuários que pressionaram essa opção relataram que o aviso da Netflix não apareceu novamente.

Netflix está trabalhando para impedir o compartilhamento de senhas entre usuários — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A mensagem de alerta diz: "Se você não mora com o proprietário desta conta, precisa de sua própria conta para continuar assistindo". Segundo a Netflix, a medida está sendo implementada por motivos comerciais e para tentar melhorar as medidas de segurança em relação à proteção da conta.

Nada impede, porém, que um amigo que esteja usando uma conta emprestada peça para que o titular repasse o código de verificação enviado pela plataforma, mas a intenção é justamente gerar esse obstáculo para o acesso. Um porta-voz da Netflix disse ao site especializado The Verge que "esse teste foi desenvolvido para ajudar a garantir que as pessoas que usam contas da Netflix estejam autorizadas a fazê-lo".

De acordo com os Termos de Uso da Netflix, os conteúdos da plataforma "destinam-se exclusivamente para uso pessoal e não comercial, não podendo ser compartilhados com pessoas de fora da sua família". Entretanto, muitas pessoas dividem as contas com amigos, namorados e namoradas ou até comercializam perfis de uma mesma conta na plataforma.

Em 2019, a empresa afirmou que monitorava contas que tinham senhas compartilhadas com pessoas que não moravam na mesma casa. No entanto, não havia a intenção de divulgar, naquele momento, formas de combater a prática. Na época, o compartilhamento de senhas da Netflix era equivalente a US$ 155 milhões em valor de assinatura.

Netflix solicita confirmação da conta com código enviado por SMS ou e-mail — Foto: Reprodução/Twitter

O teste está sendo realizado em contas de países aleatórios e não tem um período específico de duração. Ainda não há confirmação de que a solicitação será implantada de forma definitiva no streaming. Atualmente, a assinatura do plano básico da Netflix no Brasil custa R$ 21,90, com uma tela disponível. A opção Padrão, com duas telas simultâneas e qualidade Full HD (1080p), custa R$ 32,90. O plano Premium, com quatro telas e streaming em até 4K HDR, sai por R$ 45,90.

Com informações de GammaWire, The Verge e Netflix

Veja também: Netflix: dicas que todo assinante deveria saber

Netflix: dicas que todo assinante deveria saber

Netflix: dicas que todo assinante deveria saber

Qual é o melhor rival da Netflix? Veja respostas no Fórum do TechTudo.

*Se você assinar um serviço através de nossos links, o TechTudo pode ganhar uma comissão.

Mais do TechTudo