Computadores

Por Lucas Soares e Thássius Veloso

Divulgação/Apple

A Apple revelou um pacotão de novos aparelhos nesta tarde, durante o evento digital Spring Loaded. Depois de muito burburinho, foram confirmadas novas versões do iMac – totalmente redesenhado e colorido – e do iPad Pro, ambos com o poderoso chip M1. A companhia também apresentou o iPhone roxo – uma nova cor – e o rastreador AirTag. Confira o resumo dos lançamentos nas linhas a seguir.

iMac colorido e com chip M1 (a partir de R$ 17.559)

Nova linha de iMacs representa aposta em cores vibrantes — Foto: Divulgação/Apple

Agora, a fabricante anunciou a maior mudança do iMac em anos. O computador tudo-em-um está colorido e foi “totalmente desenhado para o chip M1”. Logo de cara, ele chamam a atenção pela quantidade de cores disponíveis: branco, azul, roxo, vermelho, laranja, amarelo e verde.

Os computadores da marca passam pela transição dos processadores com tecnologia da Intel por novos componentes desenvolvidos pela própria Apple, o chamado processador M1. A companhia promete maior velocidade tanto em computação geral quanto em desempenho gráfico. Foram mencionadas evoluções da ordem de 85% e 50%, respectivamente, apesar de a empresa não revelar o cálculo deste numerário.

Há uma série de avanços. O novo PC tudo em um chega com display de 24 polegadas com resolução 4.5K. No design o produto tem a parte traseira plana, com o objetivo de diminuir o espaço ocupado pelo produto. A câmera frontal agora capta imagens em resolução Full HD (1080p), um salto grande em relação ao que oferecia.

Novo iMac visto de frente: tela de 24 polegadas — Foto: Divulgação/Apple

Além disso, os produtos contam com a tecnologia Dolby Atmos alto-falantes. Na estrutura, os PCs chegam com quatro portas USB-C (duas são Thunderbolt). O carregador USB-C se conecta magneticamente na parte traseira, prometendo praticidade para conectar o iMac na tomada.

Há três níveis de preço do iMac 2021: básico por R$ 17.599, intermediário por R$ 20.099 e avançado por R$ 22.599. Cada consumidor pode personalizá-lo de acordo com as próprias necessidades, como mais memória RAM ou espaço no SSD. Por enquanto não há detalhes sobre a disponibilidade. Nos Estados Unidos, a linha começa em US$ 1.299 e as vendas estão previstas para 30 de abril.

Linha de teclados da Apple passa por renovação e ganha Touch ID — Foto: Divulgação/Apple

Foram anunciados novos teclados com botões dedicados a Siri e Não Perturbe, entre outras funções. Uma das variantes inclui tecnologia do Touch ID, o leitor de impressões digitais da marca. Há ainda um teclado com teclas numéricas.

O mouse e o trackpad da Apple agora contam com acabamentos que combinam o tradicional branco com as novas cores do iMac 2021.

iPad 2021 (a partir de R$ 10.799)

iPad Pro 2021 — Foto: Divulgação/Apple

O iPad Pro também passa a contar com o chip M1, o mesmo visto nos iMacs. A fabricante promete desempenho 50% maior do que no iPad da geração anterior. Foram apresentados casos de uso como edição de vídeo em 4K e reprodução de gráficos em 3D.

Com o novo aparelho, a Apple aposta também na conectividade, pois o iPad Pro também ganha conexão 5G. A mensagem é de que dá para trabalhar de qualquer lugar com cobertura de telefonia móvel.

iPad Pro funciona com internet 5G — Foto: Divulgação/Apple

A câmera frontal evolui para 12 MP e ganha a função Center Stage. Conforme a pessoa se movimenta, a câmera ajusta o enquadramento e o zoom para que o usuário – ou usuários, no plural – estejam sempre em foco.

A fabricante promete uma experiência completamente nova e mais rica na tela do iPad Pro de 12,9 polegadas. Para tanto, recorre à tecnologia de mini LEDs, uma maneira mais moderna de fabricantes os pontos brilhantes. O contraste chega a 1.000.000:1 e alcança brilho elevado. Este conjunto de recursos ganhou o nome de Liquid Retina XDR.

iPad Pro e acessórios — Foto: Divulgação/Apple

O preço do novo iPad Pro começa em R$ 10.799 com 11 polegadas e R$ 14.799 com 12 polegadas e Liquid Retina XDR. A Apple não divulgou a data de entrega do novo produto. Ele sai a US$ 1.099 nos Estados Unidos.

iPhone 12 roxo

iPhone 12 roxo — Foto: Divulgação/Apple

O iPhone 12 ganhou uma nova cor: agora o roxo também figura entre as opções de acabamento disponíveis para os consumidores. Por ora, a fabricante não detalhou a disponibilidade do produto. A expectativa é de que o preço permaneça o mesmo das demais cores.

Rastreador AirTag (a partir de R$ 369)

AirTag em mochila — Foto: Divulgação/Apple

Depois da Samsung, agora é a vez da empresa começar a fabricar um rastreador. Muito aguardado, o AirTag se utiliza da rede do Find My para apontar a localização de qualquer item que esteja plugado nele. A ideia é conseguir encontrar mochilas, bolsas, malas e qualquer outro acessório que tenha um AirTag.

AirTag: kit com quatro peças custa R$ 1.249 — Foto: Divulgação/Apple

A fabricante explicou que os iPhones e outros aparelhos com chip U1 terão um nível maior de precisão. Os engenheiros imaginam, por exemplo, a possibilidade de informar a navegação passo a passo. Os preços ficam entre R$ 369 (kit com 1) e R$ 1.249 (kit com 4 peças).

Tudo sobre o Galaxy A52

Tudo sobre o Galaxy A52

Mais do TechTudo