Jogos de tiro

Por Júlio Aquino, Para o TechTudo


Pedro "Sparkingg" Ribeiro é um dos melhores jogadores de PlayerUnknown Battlegrounds (PUBG) do mundo. O jovem de 18 anos de idade que vem de Cabo Frio, Rio de Janeiro, venceu o Prêmio eSports Brasil 2020 como o "Melhor Atleta de Battle Royale" e recentemente conquistou o sétimo lugar no PUBG Global Invitational S (PGI.S). Em sua carreira, o jogador já coleciona outras conquistas importantes. Em entrevista ao TechTudo, o pro player falou um pouco sobre a sua origem e o seu sucesso meteórico nos esports.

Sparkingg, pro player da META Gaming, é um dos melhores do mundo no PUBG — Foto: Divulgação/Sparkingg

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Do futebol aos esports: um sonho brasileiro

Sparkingg é uma das maiores promessas atuais dos esports brasileiro. Mas a trajetória do jovem começou com um outro sonho: ser jogador de futebol. "Meu pai me levava por 3 km, três vezes por semana, para treinar futebol e correr atrás do meu sonho". Na época, o plano de Pedro era treinar para conseguir uma bolsa de estudos nos Estados Unidos.

Mas os videogames sempre acompanharam a trajetória do jogador e, logo, o que era uma brincadeira passou a ser uma carreira. "Sempre passei muito tempo jogando, tive o primeiro contato FPSs muito cedo", detalha. " Eu via as pessoas jogando CS no mundial, ouvia a torcida gritando o nome do jogador e pensava o como isso era incrível. Eu pensava que jogar pelo seu país, ouvir as pessoas vibrarem pelas suas jogadas e ganhar um campeonato deveriam ser as melhores sensações do mundo", relembra.

Pedro conheceu PUBG aos 16 anos. Ao assistir a uma live de H1Z1, ele foi sorteado e ganhou uma chave de acesso antecipado ao beta do Battle Royale. "Quando fui tentar jogar, meu PC não aguentou e crashou quando eu entrei em um carro", conta. Passada a frustração inicial, ele decidiu comprar um computador e entrar de cabeça no PUBG. "Um dia, eu falei para meu pai que não queria mais jogar futebol. Queria ser um profissional de esports e jogar PUBG". E não é que deu certo? "Eu me apaixonei por PUBG já na primeira partida. Inclusive, estou respondendo essas perguntas enquanto estou indo embora do mundial. Então, acho que posso dizer que foi amor à primeira vista e que dura até hoje", brinca.

Domínio da META Gaming no LATAM e campanha no PGI.S

Um dos melhores times de PUBG e o mais vitorioso da América do Sul, a META Gaming foi a casa de Sparkingg durante o último ano. Neste período, o pro player conquistou nove dos dezoito campeonatos disputados com a organização, sendo cinco deles de forma consecutiva. Como maior destaque, seu time venceu as três edições da Copa PUBG Masters e ficou em terceiro lugar na DreamHack Winter Showdown (Américas). "Eu tenho muita gratidão ao PUBG, ao meu time, aos meus companheiros, a organização, pois eles me proporcionaram esse momento", agradece.

Esse domínio permaneceu até o início deste ano, quando a equipe disputou na Coréia do Sul o mundial de PUBG (PGI.S). No torneio, Sparkingg e sua equipe conquistaram o segundo lugar na quarta semana e ficaram com a sétima colocação na classificação final, além de voltar ao Brasil com mais de US$ 350 mil (cerca de R$ 2 milhões na cotação atual).

No PGI.S, a equipe contou com o reforço de Kim "WICK2D" Jin-hyung, pro player sul-coreano que atuou com a equipe apenas no mundial. Segundo Sparkingg, uma grande dificuldade ao disputar o torneio foi justamente o idioma, já que nem o novo integrante e nem o restante da equipe se comunicava em inglês. "Mesmo diante de tudo isso, conseguimos manter um bom desempenho e ir melhorando a cada semana. Por muito pouco não conquistamos o título de campeão. Fico muito feliz, mas existe o sentimento de que sempre dá para melhorar", avalia.

Sparkingg, ex-player da META Gaming — Foto: Divulgação/Sparkingg

No início de abril de 2021, Sparkingg passou a compor a line up da A Creche. A equipe brasileira foi criada pelo próprio jogador e seu amigo e companheiro de elenco Guilherme "rbNN1" Carvalho. O time já é considerado um dos melhores da região LATAM.

Ídolos nos esports vêm do CS

Diversos pro players marcaram a vida e carreira de Sparkingg. Park "Loki" Jung-young, da DAMWON Gaming, se tornou uma referência para o atleta brasileiro. Enquanto estavam no mundial, ambos se encontraram e chegaram a trocar de camisa entre as partidas. O brasileiro também cita outras referências no cenário de PUBG, como os jogadores da Zenith.

Loki (à esquerda) e Sparkingg (à direita) trocando camisa no PGI.S — Foto: Reprodução/Twitter Sparkingg

Porém, as maiores inspirações de Sparkingg não vêm do PUBG, mas do Counter-Strike. Lincoln "fnx" Lau, duas vezes campeão de mundo no CS:GO, pela Luminosity e SK Gaming, e que atualmente está inativo na Imperial Esports, é a sua maior inspiração. "Também gosto do coldzera, pois ele nunca teve medo dos jogadores internacionais. Chegou lá buscando seu espaço e ganhou o prêmio de melhor do mundo. Eu me identifico muito com essa postura", elogia.

Battle Royale Mobile: uma nova oportunidade

Nos últimos anos, os Battle Royales Mobile ganharam destaque no cenário competitivo. Títulos como Free Fire e PUBG Mobile, por exemplo, quebraram recordes em sequência e viraram sucesso absoluto. Sparkingg, que é jogador de PC, reconhece a importância do cenário de jogos de dispositivos móveis. "Eu acredito que o Battle Royale tem espaço em todas as plataformas, mas o telefone inevitavelmente está à frente pela facilidade", comenta. "Essa flexibilidade permite que qualquer pessoa, de qualquer classe social, possa aproveitar e ter a chance de entrar no cenário. Querendo ou não, isso mudou a cena dos esports, que era algo mais voltado para classes sociais específicas e hoje é algo muito mais abrangente", avalia.

Vale lembrar que recentemente a KRAFTON, empresa relacionada ao PUBG Corp, informou que está desenvolvendo a continuidade do PUBG Mobile, o PUBG: New State. Uma semana após ter divulgado a notícia, o Battle Royale bateu cinco milhões de registros antecipados na Google Play (Android). O game deve chegar em breve aos usuários de iPhone (iOS).

Com informações de PUBG Corp

Mais do TechTudo