Redes sociais

Por Rodrigo Fernandes, para o TechTudo


O WhatsApp está testando o envio de fotos e vídeos autodestrutivos desde novembro, e foram encontradas novas informações sobre o recurso nesta quarta-feira (21). De acordo com imagens capturadas pelo site especializado WABetaInfo, o mensageiro poderá permitir que os destinatários tirem prints das imagens antes que elas sejam removidas automaticamente pelo app.

Segundo os prints revelados pelo portal, o WhatsApp exibirá um alerta para o usuário no momento em que ele enviar uma foto autodestrutiva. A mensagem diz que os destinatários só poderão ver a imagem uma única vez, mas poderão fazer capturas da tela dentro do tempo de exibição, que é determinado previamente pelo remetente.

Imagens autodestrutivas do WhatsApp poderão ser gravadas pelo destinatário por meio de prints — Foto: Rubens Achilles/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Até o momento, não estava claro se o WhatsApp permitiria ou não fazer prints das imagens autodestrutivas. No entanto, o WABetaInfo afirma que o texto de aviso encontrado nos testes também revela que a empresa não deseja incluir um recurso que avisaria ao remetente quando um contato tirasse um print das imagens autodestrutivas.

A função de envio de imagens autodestrutivas está em fase de desenvolvimento tanto para Android quanto para iPhone (iOS), e ainda não há previsão de lançamento para o público geral. Sabe-se, porém, que o app dará ao usuário a possibilidade de escolher por quantos segundos a imagem ficará visível para o contato. Além disso, antes de abrir a mídia, o amigo será alertado de que aquele conteúdo só poderá ser visto uma vez.

WhatsApp exibe alerta de que destinatários poderão tirar prints de imagens autodestrutivas — Foto: Reprodução/WABetaInfo

Desde novembro o WhatsApp está lançando ferramentas para destruição automática de mídias. Recentemente, o WABetaInfo também descobriu que o mensageiro pode diminuir o tempo de visualização das mensagens temporárias, recurso que já está disponível para todos. Atualmente, as conversas permanecem no WhatsApp por sete dias, mas esse limite poderá ser reduzido para 24 horas. Os testes mostram que membros de grupos também poderão ativar as mensagens que somem sozinhas no chat grupal, opção que atualmente só é liberada para o administrador.

Com informações de WABetaInfo

WhatsApp: qual função ainda falta no app? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo.

Golpes no WhatsApp para ficar de olho em 2021

Golpes no WhatsApp para ficar de olho em 2021

Mais do TechTudo