Por Filipe Garrett, para o TechTudo

Anna Kellen Bull/TechTudo

A Receita Federal abriu um leilão que dará a oportunidade de comprar produtos da Apple a preços mais camaradas. Um dos lotes inclui iPhone 7 e iPad Air 2 (Apple) pelo lance inicial de R$ 400. O certame é destinado a pessoas e empresas. Quem estiver interessado pode enviar propostas até 21h desta segunda-feira (05). A sessão virtual está marcada para amanhã (06) a partir das 10h.

O leilão é organizado pela unidade da Receita no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. Pessoas físicas e jurídicas do Brasil inteiro podem demonstrar interesse nos 82 lotes de produtos ofertados pelo órgão. As ofertas para empresas partem de R$ 8.300.

Interessados precisam preparar parte do pagamento para o dia seguinte e retirada, ou transporte, dos produtos — Foto: Divulgação/Receita Federal

Os interessados precisam ter em mente algumas restrições e regras de funcionamento do evento. Em diversos lotes, a Receita classifica o produto como “remanufaturado” e salienta que não dá garantias de funcionamento dos itens. Quem vencer a concorrência e garantir um lote também precisa custear o envio do produto ou providenciar a retirada na unidade em Viracopos, já que o órgão não se responsabiliza pelo transporte.

O leilão é composto de 82 lotes diferentes, dos quais 50 são formados por uma unidade do iPhone 7 – o texto não informa se é a versão com armazenamento de 128 GB ou de 256 GB – e uma unidade do iPad Air 2.

O telefone em questão é o modelo de 2016, ainda bastante popular no mercado de usados e que pode ser encontrado, novo, a R$ 2.100 no Brasil. Já o tablet em questão é o modelo de entrada apresentado em 2014. Atualmente esta geração está fora do programa de atualizações da marca, que garante cinco anos de updates.

iPad Air 2 foi lançado em 2014 — Foto: Divulgação/Apple

Os 32 lotes restantes, exclusivos para empresas, oferecem volume maior de produtos por preços elevados. Os pacotes mais baratos têm lance mínimo de R$ 8.300 e consistem de 50 unidades do iPhone 7. Com 150 unidades do smartphone, o lote 77 é o mais caro do leilão, com lance inicial de R$ 25.000. Há ainda combinações intermediárias – com 10 iPads 2 Air e 50 iPhones 7, por exemplo – partindo de R$ 10.000.

Devido às restrições da pandemia, interessados não têm acesso físico aos produtos para verificação, mas podem realizar uma visita virtual por meio de WhatsApp mediante agendamento. A Receita informa que é preciso ligar para o telefone (19) 3725-6654 para agendar a reunião que dura até 25 minutos.

Confira o ançamento do iPhone 7 nos Estados Unidos (2016)

Confira o ançamento do iPhone 7 nos Estados Unidos (2016)

Como participar

O leilão consiste em duas fases. Na primeira, interessados submetem propostas iniciais que estejam num valor acima do mínimo proposto para cada lote. Ao fim desse processo, apenas as propostas que ficam 10% abaixo do maior valor são aceitas e entram na segunda fase. Os responsáveis pelas propostas aceitas recebem uma autorização digital e são convidados a participar do pregão virtual, em que podem dar lances maiores pelos lotes até que a proposta de maior valor seja oferecida.

Os vencedores precisam efetuar um pagamento no dia útil seguinte ao arremate. É possível fracionar esse pagamento em duas prestações: a primeira de 20% e outros 80% numa segunda parcela dentro do prazo máximo de oito dias.

O cidadão ou empresa interessados precisam ter acesso a um e-CAC, tipo de certificado eletrônico emitido pela própria Receita para poder participar do leilão. O órgão proíbe que os produtos destinados a pessoas físicas sejam revendidos.

Com informações de Receita Federal

Confira o embate Galaxy S21 Plus vs iPhone 12 Pro

Confira o embate Galaxy S21 Plus vs iPhone 12 Pro

Mais do TechTudo