Álbuns e organizadores

Por Beatriz Cardoso, do home office


O Google Fotos ganhou funções para ocultar imagens de álbuns e dar vida a fotos salvas na nuvem do celular. O aplicativo para Android e iPhone (iOS) também anunciou novas formas de recuperar fotos antigas a partir do recurso de Recordações, uma espécie de stories exibida no app junto à grade de fotos que reúne imagens de um determinado dia, lugar, evento etc. As novidades foram reveladas nesta terça-feira (18) durante o Google I/O.

Agora é possível ocultar pasta no Google Fotos e proteger fotos com senha — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Uma das novidades mais aguardadas para o Google Fotos era a opção de criar uma pasta à parte com senha. Até então, usuários deviam recorrer ao recurso de arquivar e a apps de terceiros para bloquear o acesso a determinadas imagens salvas na nuvem do Google.

A pasta segura chega para esconder fotos da grade principal do aplicativo, e protegê-las com uma senha personalizada ou biometria própria do smartphone. A função estará disponível inicialmente para celulares Pixel, que contam até com a opção de salvar vídeos e fotos gravados direto na câmera na seção confidencial do Google Fotos. A expectativa é que o recurso chegue a mais dispositivos em breve.

Pasta segura no Google Fotos aceita biometria ou PIN — Foto: Divulgação/Google

As Recordações do Google Fotos, que aparecem no app acima dos arquivos, foram incrementadas com mais opções de memórias para relembrar, como fotos centradas em viagens, eventos, feriados e destaques do último mês. Essa mudança chega no meio do ano para o aplicativo para Android e iPhone.

O recurso também permite agora reunir automaticamente pelo menos três imagens que apresentem algum padrão visual, como cores ou formatos, para criar uma memória para o usuário. Não é possível ativar manualmente ou personalizar essas Recordações, em especial, já que elas têm o objetivo de captar referências pouco óbvias nas fotos do usuário.

Google Fotos busca padrões visuais em imagens — Foto: Divulgação/Google

O Google ainda busca facilitar o acesso às opções de personalização do conteúdo das Recordações. Os ajustes, que atualmente estão disponíveis nas configurações do Google Fotos, também chegam para o menu de opções de uma Recordação no aplicativo. Os ajustas estão mais explicativos para que o usuário possa remover alguém ou alguma época das imagens curadas pelas Recordações com mais facilidade.

Menu permite personalizar Recordações para evitar memórias desconfortáveis — Foto: Divulgação/Google

Já as fotos cinematográficas, que transformam imagens em figuras 3D com a impressão de profundidade e textura, serão atualizadas para dar vida a fotos de uma forma diferente. O aprendizado de máquina do Google Fotos agora é capaz de pegar duas imagens geradas por cliques seguidos quase idênticos e gerar movimento à foto preenchendo o espaço entre elas.

Fotos cinematográficas dão vida a cliques seguidos — Foto: Divulgação/Google

A foto em movimento pode ser visualizada no Google Fotos, e são feitas automaticamente pela Inteligência Artificial do aplicativo. O Google não tem planos no momento de permitir a exportação das fotos cinematográficas no formato GIF. A função está disponível tanto para Android quanto iPhone, e seu acesso independe do modelo do smartphone.

Três formas de recuperar fotos apagadas no Android

Três formas de recuperar fotos apagadas no Android

Mais do TechTudo