Media Centers

Por Paulo Alves, para o TechTudo


TV Box é um tipo de dispositivo que promete transformar sua TV em smart com bom custo-benefício. Esses aparelhos aparecem no e-commerce e em sites de importação a preços que podem partir dos R$ 100, tanto sob marcas pouco conhecidas, como MXQ Pro 4K e MX9, quanto em opções de Xiaomi, Aquario, Inova e Intelbras, mais comuns no mercado brasileiro. No entanto, o consumidor precisa peneirar ofertas para evitar comprar dispositivos sem homologação da Anatel, que podem trazer softwares piratas e apresentar riscos aos dados pessoais.

As TV Boxes são equipadas com sistema operacional baseado no Android e possibilitam ao usuário assistir a filmes e séries via streaming com apps como Globoplay, Netflix, YouTube e Amazon Prime Video. Veja, a seguir, algumas perguntas e respostas que podem auxiliar na escolha do TV Box.

Xiaomi Mi Box é um exemplo de TV Box encontrada no Brasil; veja perguntas e respostas sobre aparelhos do tipo — Foto: Paulo Alves/TechTudo

Como funciona uma TV Box?

A TV Box funciona com sistema Android e transforma praticamente qualquer TV em smart. Uma vez conectado à internet, o dispositivo permite o acesso a plataformas de streaming como YouTube, Netflix, HBO, Amazon Prime Video, entre outros. Além disso, é possível baixar novos aplicativos disponíveis na Play Store, além de jogos compatíveis com Android.

Vários modelos também trazem aplicativos de IPTV, algo que precisa de muita atenção por parte do consumidor. Apesar de a prática não ser ilegal por si só, existem ofertas que envolvem canais de TV fechada de forma gratuita ou por assinaturas clandestinas, o que é considerado como pirataria. Serviços do tipo podem trazer consequências negativas para o consumidor, tanto pela prática em si quanto pela exposição de dados pessoais contidos no aparelho e na rede utilizada.

Pirataria é crime!

O uso de IPTV não é, necessariamente, uma conduta criminosa, já que a tecnologia pode ser usada para distribuição de sinal de TV aberta ou para canais de TV disponibilizados de forma paga pelos provedores. Entretanto, a prática de distribuição de conteúdo pirateado em listas de IPTV configura crime, apesar de ser bastante comum.

TV Box MXQ Pro 4K é uma opção barata encontrada no Brasil; usuários devem ter alguns cuidados na hora de escolher uma nova TV Box — Foto: Divulgação/MXQ

Por isso, antes de comprar uma TV Box, é imprescindível ficar atento a promessas de canais desbloqueados. Se à primeira vista pode parecer algo vantajoso, pode envolver pirataria e abre portas para expor informações como senhas de e-mail, assinaturas e até dados de cartão de crédito do usuário.

Aparelhos associados a ofertas de TV a cabo com preços módicos, abaixo dos valores praticados pelas operadoras e provedores regulares devem chamar atenção do consumidor para evitar envolvimento com fraudes de roubo de sinal. Vale destacar, no entanto, que o uso de aplicativos como o Kodi para organizar a biblioteca de conteúdo e transformar a TV Box em uma central de mídia eficiente, não é ilegal.

O que procurar em um novo modelo?

Especificações como a capacidade de armazenamento para salvar conteúdos diretamente no aparelho, assim como o sistema operacional, são itens importantes a se observar. Modelos com sistema Android 7 (Nougat) e anteriores, já bastante defasados, podem não contar com suporte e atualizações dos apps. Além disso, o sistema operacional está diretamente ligado à velocidade para acessar serviços de streaming.

TV Box Aquário tem suporte e garantia no Brasil; marca é uma das confiáveis por aqui — Foto: Divulgação/Aquário

Outra característica importante é o tipo de processador do produto, que pode garantir, além de velocidade, uma boa navegação pelo sistema, otimizando a experiência do usuário. Em geral, dispositivos com processadores de fabricantes conhecidos como Qualcomm e MediaTek são mais confiáveis e tendem a entregar uma melhor performance.

Vale também checar se o produto tem controle remoto com botões de acesso direto a serviços de streaming, como é o caso do Smarty, TV Box da Elsys, que permite acessar rapidamente Globoplay e Netflix.

Vale reforçar que, antes de escolher o aparelho ideal, o usuário também precisa ficar atento aos modelos comercializados com canais de TV a cabo desbloqueados ou oferecidos com valores de assinatura de conteúdo pirateado.

Quais são as marcas 'confiáveis'?

Smart TV Box da Multilaser pode ser opção interessante – e confiável – no Brasil — Foto: Divulgação/Multilaser

Existem diversos tipos de TV Box disponíveis no mercado brasileiro, que podem variar bastante de preço e funcionalidades. Alternativas de marcas como Xiaomi e Multilaser, por exemplo, são interessantes por estarem presentes por aqui de forma oficial, garantindo um suporte pós-venda. Com processador quad-core, memória RAM de 2 GB e armazenamento de 8 GB, o modelo Mi Box S da Xiaomi, conta com garantia de seis meses e pode ser encontrado com preço a partir de R$ 469,99 no mercado nacional.

Já o modelo Box Híbrido PC001 da Multilaser vem equipado com conversor para TV digital integrado, tem capacidade de armazenamento de 8GB e pode ser encontrado no mercado com preço mais em conta, a partir dos R$ 210. Já modelos de marcas como Inova e Aquário oferecem sistemas operacionais baseados no Android e suporte a resoluções Full HD.

TV Box ou dongle?

Aparelhos como o Chromecast 3 podem ser suficientes para quem só quer fazer streaming e dispensa controle remoto — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Apesar de terem certas semelhanças, TV Boxes e dongles guardam diferenças significativas. Além do tamanho maior, o primeiro conta com sistema operacional completo e controle remoto, diferente de opções como o Chromecast 3, por exemplo, que apenas reproduz conteúdos enviados de outro dispositivo. Antes de escolher o modelo mais adequado às suas necessidades, é importante definir a prioridade de uso do aparelho.

Caso a ideia seja apenas transformar um televisor mais antigo em smart, ou apenas acessar serviços de streaming, modelos mais simples podem atender às necessidades. Neste caso, o usuário pode abrir mão da TV Box e ir em busca do próprio Chromecast. Mas, uma alternativa interessante aos TV Boxes são os Amazon Fire TV Stick, o Roku Express e o Mi TV Stick, dongles mais completos, mas podem não ter tanto espaço de armazenamento, por exemplo.

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Chromecast: dicas para quem quer comprar o aparelho

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo