Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Team Vikings perdeu para a Team Liquid, nesta sexta-feira (28), e está eliminada do Masters Reykjavík, torneio internacional de Valorant. A série melhor de três partidas (MD3), válida pela terceira rodada da Lower Bracket, não teve um domínio absoluto por parte da campeã europeia. A brasileira VKS foi capaz de se adaptar ao jogo da Liquid em diversos momentos e ter chances reais de vitórias nos mapas disputados. No entanto, os europeus acabaram sendo superiores, contaram com a boa atuação do finlandês Elias "Jamppi" Olkkonen e venceram por 2-0. As parciais foram de 13-8, na Ascent, e 13-5, na Haven.

Com o resultado, o Masters Reykjavík não conta mais com equipes representando o Brasil. A Sharks Esports também estava presente no torneio, mas foi eliminada na última quarta-feira (26) para a KRÜ Esports. Agora, restam apenas quatro equipes vivas no torneio. A grande final ocorre no domingo (30) às 14h, no horário de Brasília. Os jogos são transmitidos ao vivo nos canais oficiais do Valorant na Twitch TV, no YouTube e na Nimo TV.

Team Vikings luta, mas cai para a Liquid e dá adeus para o Masters — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

God of War Ragnarok já tem data de lançamento? Descubra no Fórum do TechTudo

Mapa 1 (Ascent) - Vitória da Team Liquid

Nos dois primeiros rounds Elias "Jamppi" Olkkonen (Jett) mostrou sua força ao realizar um 4K no round pistol e um ace no round seguinte para abrir 2-0 para a Liquid. Já no primeiro round armado, faltou Jamppi (Jett) e sobrou Gustavo "Sacy" Rossi (Sova) para ganhar o duelo contra James "Kryptix" Affleck (Killjoy) e fazer o primeiro ponto da VKS. Adil "ScreaM" Benrlitom (Sage) apareceu com boas eliminações para frustrar os avanços dos brasileiros e fazer a Liquid se distanciar no placar. A VKS ainda chegou a encontrar duas vitórias com suas boas rotações para o spikesite B, mas a Liquid foi superior na defesa e fechou essa metade em 8-4.

Na virada de lados, adquirindo muitas informações, a Liquid levou o segundo pistol e assegurou o anti-eco. No primeiro armado, a VKS garantiu o ponto, graças à boa jogada de Gabriel "sutecas" Dias (Astra), e perdeu apenas duas armas. A partir desse momento, a VKS se adaptou bem na defesa da Ascent, soube punir os erros da Liquid e chegou ao seu sétimo ponto. A equipe europeia acabou interrompendo essa sequência em um round econômico e ganhou confiança para logo chegar ao match point. A VKS ainda tentou resistir, mas logo a Liquid garantiu o ponto e fechou o mapa em 13-8.

Acabou de baixar Valorant? Veja dicas que todo o iniciante deve saber

Acabou de baixar Valorant? Veja dicas que todo o iniciante deve saber

Mapa 2 (Haven) - Vitória da Team Liquid

Assim como na Ascent, Elias "Jamppi" Olkkonen (Killjoy) voltou a ser uma enorme pedra no sapato dos brasileiros e fez um 3K para garantir a vitória da Liquid no pistol. Em um forçado, foi a vez de Gabriel "sutecas" Dias (Astra) fazer um 3K para conquistar esse ponto importante para a VKS, que buscou a virada no round seguinte. Em um jogo equilibrado, o diferencial foi Travis "L1NK" Mendoza (Brimstone), que passou a encaixar bem sua mira e teve um papel importante para a Liquid abrir vantagem. Gustavo "Sacy" Rossi (Sova), com uma excelente ultimate, deu o espaço para a VKS voltar a vencer e depois chegar ao quinto ponto, mas a o time da Europa conseguiu assegurar o 7-5 no placar.

Na segunda metade, a Liquid voltou a vencer o pistol e assegurou o 9-5 com a melhor vantagem de armamento. A VKS precisava vencer o armado, mas, nos detalhes, foi superada pela Liquid e ficou em uma situação muito complicada. Pressionada, a Vikings tentou buscar o jogo, mas não se encontrou mais na Haven e foi derrotada por 13-5, decretando sua eliminação do torneio.

Team Vikings caiu na Haven e acabou eliminada da competição — Foto: Divulgação/Valorant Champions Tour

O Valorant Masters Reykjavík é a primeira competição presencial e internacional do FPS da Riot Games. O evento ocorre na capital da Islândia e conta com dez dos melhores times do mundo de Valorant atualmente. Nessa reta final, apenas quatro equipes sobraram na disputa, sendo elas a Sentinels (América do Norte), a NUTURN Gaming (Coréia do Sul), Fnatic (Europa) e a própria Team Liquid.

A competição tem uma premiação total de US$ 600 mil (cerca de R$ 3,1 milhões) e ainda distribuirá Pontos de Circuito, que servirão para definir as equipes classificadas para o Valorant Champions, o mundial de Valorant que acontecerá no mês de novembro de 2021.

Com informações de Liquipedia

Mais do TechTudo