Smartwatches
Publicidade

Por Paulo Alves, para o TechTudo

Divulgação/Apple

A Apple está trabalhando numa maneira de substituir a carteira que levamos no bolso ou na bolsa por outro aparelho tecnológico. A ideia é popularizar o Apple Watch. Além de funções já existentes, como o armazenamento de cartões e bilhetes aéreos, a futura versão do sistema watchOS poderia também guardar documentos pessoais e até mesmo as chaves do carro.

O diretor responsável pelo marketing do produto, Deidre Caldbeck, contou à imprensa estrangeira que o watchOS 8 terá suporte para gravar a carteira de habilitação no próprio aparelho: bastaria tocar na tela no pulso e mostrar a informação para se identificar. A novidade poderá chegar ainda neste ano.

Prévia do watchOS no Apple Watch — Foto: Divulgação/Apple

Segundo o executivo da Apple, o usuário poderá escolher quais informações mostrar em determinada situação, de modo que não seria preciso exibir todos os dados pessoais contidos no documento digitalizado. Também está previsto um recurso especial de privacidade para impedir que governos ou a própria Apple tenham acesso a essas informações. Seria impossível, por exemplo, cruzar a localização do relógio com o momento em que a identidade foi acionada ao app nativo Wallet.

A empresa estaria também em tratativas com autoridades nos Estados Unidos para liberar o uso de documentos de identificação virtuais no Apple Watch de maneira oficial. Caso a novidade seja liberada e regulamentada, será possível embarcar em voos portando apenas o relógio com o documento de identidade e o bilhete de embarque digital – que já pode ser usado hoje.

Carro

O executivo da Apple também revelou funcionalidades que vão além do app Wallet. A principal delas é a possibilidade de usar o Apple Watch como chave para o veículo, desde que o usuário tenha pelo menos um Apple Watch Series 6 e um automóvel com suporte a NFC e Ultra Wideband (UWB).

App nativo Wallet pode guardar chaves do carro — Foto: Divulgação/Apple

Por segurança, o smartwatch trava logo após sair do pulso do dono e exige senha de desbloqueio, o que impediria que um ladrão ganhasse acesso ao carro da vítima logo após um eventual furto. Além disso, diz a Apple, apenas o usuário sentado no banco do motorista poderá acionar o motor, o que evitaria acidentes caso o relógio sincronizado esteja no pulso de um carona.

O beta do watchOS 8 beta deverá ser lançado nas próximas semanas e a versão final é aguardada para o final do ano. Ainda não se sabe, porém, se os novos recursos serão liberados logo ou se serão reservados para uma atualização posterior. Há ainda uma camada a mais de incerteza pois os novos recursos dependem de autorizações governamentais.

Com informações do Yahoo Finance

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação.

Mais do TechTudo