Media Centers

Por Yuri Hildebrand

Yuri Hildebrand/TechTudo

O Fire TV Stick 4K está mais barato no Prime Day, da Amazon, com preço de R$ 349. O valor é menor em relação à versão Full HD, que sai a R$ 379 e não aparece com desconto. Ambos têm mesmo design e controle remoto, permitindo acionar a Alexa, abrir apps como Netflix, Amazon Prime Video e Disney+ com botões específicos. O diferencial frente à versão Lite é a possibilidade de controlar a TV pelo mesmo acessório, permitindo ainda fazê-lo por comandos de voz em dispositivos integrados. O Fire TV Stick Lite, mais barato, por sua vez, sai a R$ 199 no evento de descontos.

O produto da Amazon é uma alternativa interessante não só aos dongles mais tradicionais, como o Chromecast 3, Roku Express – também em desconto no Prime Day, saindo a R$ 199 – e o Mi TV Stick, da Xiaomi, mas também a opções premium como o Apple TV 4K, um dos poucos com suporte ao 4K. O TechTudo testou a versão Ultra HD do Fire TV Stick e destaca alguns pontos a seguir.

Fire TV Stick: Qual escolher?

Fire TV Stick: Qual escolher?

É importante ter em mente que grande parte dos televisores 4K no mercado já são smart, mas há muitas opções sem um sistema operacional completo. Nesse caso, os aplicativos disponíveis e a integração a serviços de casa conectada vai ser um problema – algo que o Fire TV Stick 4K pode suprir com qualidade. Os descontos do Prime Day são exclusivos para assinaturas Prime, que oferece ainda entregas grátis e acesso a serviços como Prime Video, Amazon Music e diversos livros no app Kindle.

Bons recursos de imagem e som

O dongle da Amazon traz suporte a tecnologias como Dolby Vision e HDR (com HDR10 e HDR10+), que prometem melhorar a exibição em telas Ultra HD. Outro recurso disponível é o Dolby Atmos que, em televisores compatíveis, vai simular um sistema surround para entregar maior imersão no conteúdo. Isso é interessante para assistir a filmes e séries com maior qualidade de som e imagem.

A imagem 4K do aparelho vai depender do televisor em que o mesmo é instalado. A transmissão do conteúdo Ultra HD é a 60 fps no máximo, número que pode ser pouco para TVs mais recentes com atualização a 120 Hz. Ainda assim, modelos mais simples com a resolução não costumam ter uma frequência maior que 60 Hz.

Controle remoto do Fire TV Stick (e do 4K) permite ligar ou desligar a TV, além de regular o volume no mesmo acessório — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Controle Remoto, Alexa e Fire OS

No controle remoto, o design simples e intuitivo ajuda o uso no dia a dia, sobretudo pela presença da Alexa, que pode ser ativada por um botão específico. Aqui, o usuário pode pesquisar conteúdos, controlar dispositivos IoT pela casa e até tirar dúvidas sem parar de assistir TV. Também é possível controlar o televisor pelo mesmo acessório, seja para ligar o dispositivo ou para regular o volume.

Já o sistema operacional Fire OS é bastante interessante na interface, organizando conteúdos de diferentes formas e mostrando os resultados gerais, independente de qual plataforma oferece um determinado filme ou série. Destaque negativo fica por conta da ausência do Globoplay e do HBO Go, indisponíveis na loja de aplicativos.

Conclusão

A opção 4K é a melhor das três vendidas no Brasil, mas não tem grandes diferenças além do Ultra HD em si. O suporte aos padrões mais recentes de HDR e as tecnologias Dolby para áudio e vídeo são pontos interessantes para melhorar a qualidade da reprodução, mas a exibição vai depender da TV em que o Fire TV Stick está instalado. Quanto ao conteúdo, vale destacar a presença da Alexa, a possibilidade de controlar o televisor pelo mesmo controle remoto e a interface intuitiva do Fire OS.

Fire TV Stick 4K é opção interessante de dongle na resolução; vale checar se sua TV já não oferece mesmos recursos antes de decidir — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Além disso, é importante levar em conta a TV 4K disponível em casa: modelos mais recentes de Samsung, LG e TCL, por exemplo, vêm com sistemas operacionais completos e não precisariam de um dongle com recursos semelhantes.

Já opções de Philips, Philco, Panasonic, entre outras, aparecem com Android TV e Roku OS em alguns casos, mas podem ser encontradas com OS mais básicos. Nesse caso, o media center da Amazon pode reforçar bastante a usabilidade, assim como em monitores com resolução Ultra HD, que podem ser transformados em telas smart.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo