Celulares

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo


A Xiaomi lançou neste mês o Redmi Note 10S, intermediário com especificações premium da marca. O modelo rivaliza com o Galaxy A72, da Samsung, lançado um pouco antes, no mês de março. Os dois smartphones contam com câmera quádrupla, lentes de até 64 MP e bateria de 5.000 mAh, mas trazem divergências significativas, a começar pelo tamanho da tela.

O telefone da Samsung, anunciado por R$ 3.799, pode ser visto na Amazon por R$ 2.649 — desconto de R$ 1.150. O Redmi Note 10S chegou em maio pelo valor de R$ 2.799, mas atualmente está à venda por R$ 2.999 na loja oficial da gigante chinesa.

O Galaxy A72 foi anunciado pela Samsung em março de 2021 — Foto: Samsung/Divulgação

Tela e design

As diferenças entre as fichas técnicas dos celulares começam no tamanho das telas. A Samsung traz 6,7 polegadas, ao passo que a Xiaomi oferece um display menor, de 6,4 polegadas. Por outro lado, os modelos Redmi Note 10S e Galaxy A72 se assemelham em termos de resolução, já que ambos trazem imagens em Full HD+.

A Xiaomi investe pela primeira vez em painéis AMOLED, que conferem maior nitidez às imagens, mas nesse caso, ele compete diretamente com o Super AMOLED presente no Galaxy A72. Essa última tecnologia tende a entregar tanta nitidez quanto o outro painel, mas com o consumo de energia reduzido.

Quanto à taxa de atualização, vale dizer que o Redmi Note 10S traz 60 Hz nas especificações, enquanto o A72 já opta por investir em 90 Hz. Nesse sentido, o segundo aparelho tende a se destacar por garantir um pouco mais de fluidez na transição das imagens.

O celular Xiaomi é bom? É confiável? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Xiaomi traz versões do Redmi Note 10S nas cores azul, cinza e branco — Foto: Divulgação/Xiaomi

Também é possível mencionar a questão da resistência à água e poeira, que também destaca o A72, uma vez que ele traz a certificação IP67, na contramão do Redmi Note 10S, que chega com uma proteção menor, a do IP53.

Em termos de acabamento, o Redmi Note 10S conta com o revestimento do Corning Gorilla Glass 3, o que pode indicar uma vantagem sob o A72, com o acabamento todo em plástico. As cores disponíveis para o smartphone da Xiaomi são azul, cinza e branco, e as da Samsung são preto, branco, azul e violeta.

Câmera

Embora os dois conjuntos fotográficos sejam quádruplos, eles se diferenciam em megapixels e sensores. As lentes do Redmi Note 10S trazem 64 MP na câmera principal, ultra wide de 8 MP e 2 MP tanto na câmera macro quanto na teleobjetiva.

Já no A72, são 64 MP na câmera principal, ultra wide de12 MP, macro de 5 MP e 2 MP no sensor de profundidade. Dessa forma, existe uma diferença entre os arranjos dos celulares, visto que o primeiro modelo traz uma lente teleobjetiva, ao passo que o segundo produto opta por um sensor de profundidade.

Galaxy A72 oferece zoom de 3x na câmera teleobjetiva — Foto: Divulgação/Samsung

Na câmera frontal, o Galaxy A72 deve se destacar pelo sensor de 32 MP, em contraposição ao de 13 MP oferecido no Redmi Note 10S. Por outro lado, os dois telefones se igualam na gravação de vídeos em resolução 4K a 30fps.

Por fim, os recursos oferecidos vão desde estabilizador óptico (OIS), no caso do A72, até foto disparada pela câmera frontal com um gesto manual, para o modelo da Xiaomi.

Desempenho e armazenamento

O armazenamento do A72 tem uma única opção, de 128 GB, enquanto o Redmi Note 10S conta com uma versão extra, de 64 GB. A memória RAM, por sua vez, dispõe de 6 GB nos dois aparelhos. Eles também trazem em comum a possibilidade de expandir o espaço via cartão microSD, mas o celular da Samsung consegue aumentar a memória em até 1 TB, enquanto o Redmi Note 10S oferece 512 GB extra.

Na ficha técnica dos celulares, é possível encontrar os processadores da MediaTek e da Qualcomm. O Redmi Note 10S tem processador MediaTek Helio G95, um octa-core com velocidade de até 2,05 GHz. De acordo com a fabricante, a placa gráfica (GPU) ficou 31% melhor do que o modelo da geração anterior, o Redmi Note 9S.

Enquanto isso, o A72 opta pelo Snapdragon 720G, também com oito núcleos, mas dessa vez com velocidade de até 2,3 GHz.

Bateria

Bateria do Galaxy A72 tem 5.000 mAh — Foto: Divulgação/Samsung

A capacidade da bateria é uma das especificações que os aparelhos trazem em comum. São 5.000 mAh, tanto no A72 como no Redmi Note 10S, que podem garantir até dois dias longe das tomadas. Na prática, o Galaxy A72 pode conferir até 146 horas de reprodução de áudio e 23 horas de reprodução de vídeos.

Uma característica que deve destacar o Redmi Note 10S é a recarga rápida de 33 Watts, que compete com o suporte ao carregamento rápido de apenas 25 Watts da Samsung. Na contramão de lançamentos recentes, inclusive da própria gigante sul-coreana, os dois telefones acompanham o carregador na caixa.

Versão do sistema

Os dois aparelhos, lançados neste ano, acompanham o Android 11 nas versões de fábrica. Essa especificação garante funções como gravação de tela de forma nativa e personalização do modo noturno para que ele seja acionado automaticamente a partir de um determinado horário.

RedmiNote 10S e Galaxy A72 chegam com Android 11 — Foto: Divulgação/Xiaomi

Também é possível encontrar otimização na segurança com as permissões únicas aos apps, de modo a controlar recursos como câmera e microfone do smartphone nas aplicações que funcionam em segundo plano.

Quanto às atualizações, espera-se que os dois celulares recebam o Android 12, sistema operacional mais recente do Google que foi oficialmente apresentado em maio deste ano.

Recursos adicionais

O leitor de impressões digitais é um recurso presente nos dois celulares, mas enquanto o Galaxy A72 aloca o sensor sob a tela, a Xiaomi o acomoda na lateral do aparelho. Aspectos como Bluetooth 5.0 e Wi-Fi nas frequências 2,4 GHz e 5 GHz também marcam presença nas fichas técnicas dos modelos do comparativo.

A conectividade do Redmi Note 10S fica devendo o suporte ao NFC, ferramenta presente no A72 e que permite pagamentos por aproximação. Em conjunto, os dois ficam devendo internet 5G, uma vez que ambos operam com telefonia LTE.

Galaxy A72 tem leitor de digitais sob a tela — Foto: Divulgação/Samsung

Em termos específicos o A72 traz tecnologias como o Quick Share que, assim como o AirDrop da Apple, permite o envio instantâneo de conteúdos, como vídeos e fotos, através do Wi-Fi Direct e Bluetooth. Já o Redmi Note 10S conta com o Dust Blaster, uma tecnologia usada para limpeza das partículas de sujeira que ficam na saída dos alto-falantes.

Para o controle de aparelhos inteligentes, a Samsung traz o aplicativo Smart Things, enquanto o Redmi Note 10S usa uma espécie de sensor infravermelho, capaz de transformar o smartphone em um controle remoto que pode interagir com os dispositivos smart.

Preço

Lançado em março deste ano, o Galaxy A72 chegou ao Brasil pelo valor inicial de R$ 3.799. Dois meses após o anúncio, ele já pode ser encontrado por R$ 2.599 no site da Samsung e por cerca de R$ 2.649 na Amazon. O Redmi Note 10S, que chegou no país em maio por R$ 2.799, mas é visto atualmente por R$ 2.999 na loja da Xiaomi.

Redmi Note 10S tem valor inicial de R$ 2.799 — Foto: Divulgação/Xiaomi

Redmi Note 10S vs Galaxy A72

Especificações Redmi Note 10S Galaxy A72
Lançamento maio de 2021 março de 2021
Preço de lançamento R$ 2.799 R$ 3.799
Preço atual R$ 2.999 R$ 2.649
Tela 6,4 polegadas 6,7 polegadas
Resolução da tela Full HD+ Full HD+
Processador Helio G95 (octa-core de até 2,05 GHz) Snapdragon 720G (octa-core de até 2,3 GHz)
Memória RAM 6 GB 6 GB
Armazenamento 64 ou 128 GB 128 GB
Cartão de memória sim, microSD de até 512 GB sim, microSD de até 1 TB
Câmera traseira quádrupla, 64, 8, 2 e2 MP quádrupla, 64, 12, 8 e 5 MP
Câmera frontal 13 MP 32 MP
Bateria 5.000 mAh 5.000 mAh
Sistema operacional Android 11 Android 11
Dimensões e peso 160,46 x 74,5 x 8,29 mm; 178,8 g 165 x 77,4 x 8,4 mm; 203 g
Cores disponíveis azul, cinza e branco preto, branco, azul e violeta

Com informações de Samsung e Xiaomi

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo