Placas

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Ryzen 5 3600 e Core i5 11400 são dois processadores intermediários de AMD e Intel entre as melhores escolhas do mercado atual para quem deseja montar um PC gamer em 2021 sem gastar tanto com uma CPU top de linha. Ambos são hexa-core e atingem velocidades que superam a marca de 4 GHz com o turbo, além de oferecerem suporte a periféricos com PCIe 4.0. Encontrados a preços que partem de R$ 1.249 no mercado brasileiro, os produtos contam também com algumas variações no mercado.

O Core i5 11400F, por exemplo, é mais despojado e barato, já que vem sem placa de vídeo integrada, enquanto o Ryzen 5 3600X oferece velocidades um pouco superiores e é relativamente mais caro. A seguir, comparamos em detalhes as fichas técnicas dos dois produtos, suas especificações, performance em jogos e a relação de custo-benefício entre as plataformas de Intel e AMD.

Ryzen 5 3600 tem seis núcleos e pode chegar a 4,2 GHz — Foto: Divulgação/AMD

Especificações

Os dois produtos de AMD e Intel são bem parecidos, mesmo nas especificações. Nos dois casos, há oferta de seis núcleos e 12 linhas de execução (threads), permitindo tanto ao Ryzen 5 como ao Core i5 se comportarem como CPUs de 12 núcleos em aplicações que suportam esse tipo de processamento.

Há diferenças em termos de velocidades, com o Intel oferecendo clock base de 2,6 GHz e um turbo que acelera o processador a 4,4 GHz. Do lado da AMD, o Ryzen rende 3,6 GHz na velocidade base e pode engajar um turbo de 4,2 GHz.

Ryzen 5 3600 é um processador intermediário da AMD — Foto: Reprodução/TechSpot

No Core i5, há um total de 12 MB de memória cache em nível 3 (L3), enquanto no Ryzen 5 3600 são 32 MB. Essa configuração é um tipo de memória interna do processador que serve para guardar informações que a CPU pode precisar no curto prazo, diminuindo tempos de resposta e garantindo maior performance.

Outra especificação relevante para as plataformas é a memória RAM. O Ryzen da AMD reconhece memória DDR4 de até 3.200 MHz em dual-channel. O Core i5 da Intel repete o mesmo perfil, acessando dois canais simultâneos de DDR4 também a 3,2 GHz.

Desempenho

O site Tom’s Hardware produziu testes que comparam os dois processadores diretamente e aferiu resultados que, no geral, dão vitória ao Core i5. Sendo mais recente, o processador se beneficia de uma arquitetura mais eficiente do que a do rival, o que explica a conclusão.

Em Borderlands 3, o Core i5 11400 pode entregar um mínimo de 123,5 frames por segundo rodando o game em Full HD, enquanto o Ryzen 5 3600 vai a 111,5 fps. Os testes foram realizados com as mesmas memória, armazenamento e placa gráfica como forma de isolar ao máximo discrepâncias entre os dois processadores.

Core i5 mostra mais fôlego em games, como RDR2, na comparação com o Ryzen — Foto: Divulgação/Rockstar

Red Dead Redemption 2 foi o jogo em que os dois processadores alcançaram os resultados mais próximos, ainda que, no fim das contas, a vantagem tenha ficado na mão da Intel. Rodando o mundo aberto da Rockstar em Full HD, o sistema com o Core i5 obteve 100,2 fps de mínima, enquanto o Ryzen 5 atingiu 93,3 quadros por segundo.

Esse tipo de resultado se repete em outros comparativos. O site UserBenchmark, que agrega comparações de performance realizadas por usuários comuns, indica que o Core i5 11400 é até 7% superior ao Ryzen 5 3600 em games, com resultados médios até 20% melhor.

Recursos

Embora as comparações de desempenho entre os dois processadores mostrem vantagem para a Intel, a verdade é que no uso diário dos dois produtos essas diferenças podem ser pequenas demais para serem percebidas. Diante disso, entram em cena algumas diferenças importantes a respeito dos recursos e funcionalidades embarcadas nos dois processadores.

Core i5 vem com placa gráfica integrada — Foto: Divulgação/Intel

Se a sua busca é por uma CPU para um PC caseiro de uso mais genérico e não tão centrado em games, o Core i5 pode ser uma escolha melhor, uma vez que o chip tem placa de vídeo integrada, capaz de controlar mais de um monitor e inclusive reproduzir vídeo em 4K. Para desktops focados em estudo e trabalho, o Core i5 é uma escolha de melhor custo-benefício, porque desobriga o investimento em uma placa de vídeo dedicada.

O Ryzen 5 3600 tem mais vocação gamer. Além de não disponibilizar placa de vídeo embutida – o que força o investimento em uma GPU adicional –, há o suporte a overclock na plataforma da AMD. Assim, usuários mais avançados, e com acesso a sistemas de controle de temperatura, além de placa-mãe de boa qualidade, podem tentar acelerar artificialmente o processador para melhorar sua performance.

Consumo

Os dois chips ocupam uma mesma faixa de TDP, a 65 Watts, o que indica que suas necessidades de energia e refrigeração devem ser bem parecidas quando operando em condições de máxima performance (e sem overclock, no caso específico do Ryzen).

TDP é um índice do total de energia que o processador não aproveita quando levado ao limite de suas capacidades, indicando a quantidade de calor que a CPU precisa dissipar no ambiente para continuar funcionando corretamente.

Placa-mãe

É possível encontrar placas-mãe na mesma faixa de preço para os dois processadores — Foto: Divulgação/Gigabyte

Os dois processadores requerem placas diferentes para funcionar. Enquanto a plataforma da AMD é construída em torno do soquete AM4, e com uma série de chipsets diferentes, a Intel aposta em placas com soquete LGA1200.

O mercado brasileiro conta com opções variadas de placas que satisfazem aos dois processadores. Em nossas buscas, encontramos opções para o Core i5 saindo de R$ 550 no momento, como a Gigabyte H410M-H. Para quem preferir o Ryzen, também há modelos na mesma faixa de preço: uma opção de entrada, também da Gigabyte, é a B450M DS3H V2, disponível no Brasil por R$ 559.

Preço e concorrentes

Os dois processadores são fáceis de encontrar e podem ser comprados no mercado brasileiro por a partir de R$ 1.249 para o Ryzen e de R$ 1.549 para o Intel. O Core i5 é mais caro, mas pode oferecer performance superior e inclui uma placa de vídeo embutida. Em termos de opções, o consumidor pode ficar de olho no Core i5 11400F a R$ 1.399 e no Ryzen 5 3600X por R$ 1.539, caso as particularidades desses dois modelos sejam atrativas o suficiente.

As principais alternativas aos dois processadores que comparamos são seus antecessores diretos. No caso da Intel, o Core i5 10400, enquanto a AMD disponibiliza o Ryzen 5 2600. O Intel de décima geração é encontrado no mercado brasileiro por R$ 1.249, enquanto o produto da AMD aparece começando em R$ 999 no momento.

Intel Core i5 11400 vs. AMD Ryzen 5 3600

Especificações Intel Core i5 11400 AMD Ryzen 5 3600
Lançamento Março de 2021 Julho de 2019
Preço a partir de R$ 1.549 a partir de R$ 1.249
Núcleos/Threads 6/12 6/12
Velocidade 2,6 a 4,4 GHz 3,6 a 4,2 GHz
Memória cache 12 MB em L3 32 MB em L3
Memória RAM DDR4 de até 3.200 MHz, dual-channel DDR4 de até 3.200 MHz, dual-channel
Overclock não sim
Placa de vídeo integrada Intel UHD Graphics 730 -
TDP 65 Watts 65 Watts
Soquete LGA1200 AM4

Com informações de AMD, Intel, UserBenchmark e Tom's Hardware

Os melhores lançamentos de jogos de junho!

Os melhores lançamentos de jogos de junho!

*Nota de transparência: AliExpress e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo