Sistemas operacionais

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Windows 11 teve supostas imagens vazadas nesta terça-feira (15), que podem dar detalhes sobre a aparência do próximo sistema operacional da Microsoft. De acordo com rumores que circulam nos bastidores, o sucessor do Windows 10 deverá ser lançado no dia 24 de junho com mais funcionalidades, Windows Store remodelada, além de interface gráfica repaginada.

O suposto vazamento foi publicado por um usuário do Baidu, que postou duas imagens do sistema operacional revelando um menu "Iniciar" posicionado ao centro da tela e com cantos arredondados. O visual remete ao Windows 10X, versão do sistema voltada para computadores com duas telas, como o Surface Neo, e que foi cancelada em maio deste ano.

Windows 11 tem supostas imagens vazadas na Internet; confira — Foto: Reprodução/Baidu

Windows 11: você vai atualizar? Participe da discussão no Fórum do TechTudo

Novo Windows tem visual que lembra o descontinuado Windows 10X, com "Iniciar" centralizado — Foto: Reprodução/Baidu

De acordo com o site especializado The Verge, o Windows 11 não parece ser tão diferente do Windows 10, ao menos em termos de design. No entanto, é possível notar ajustes perceptíveis na interface do sistema. Além dos cantos arredondados, as imagens dão pistas de novos controles que permitem empurrar uma janela para um ponto específico da tela, o que pode ser mais prático do que arrastar um aplicativo e esperar que o Windows o posicione corretamente na tela.

Ícones da barra de ferramentas estão centralizados e área no canto direito está mais limpa no Windows 11 — Foto: Reprodução/Baidu

Ao que tudo indica, as mudanças mais perceptíveis ao usuário poderão ser encontradas na barra de tarefas: a Microsoft centralizou os ícones de aplicativos, limpou a área perto do relógio e do ícone de Wi-Fi, e incluiu um novo botão para um "Menu Iniciar" remodelado.

Suposto Windows 11 trará novo sistema de organização de janelas inteligente — Foto: Reprodução/Baidu

O menu "Iniciar" atualizado é uma versão simplificada do que existe atualmente no Windows 10, sem "Live Tiles" e com aplicativos fixados, arquivos recentes e o botão de desligar ou reiniciar dispositivos mais simples do que na versão atual. O usuário também poderá mover o "Menu Iniciar "de volta para o lado esquerdo.

Com informações de The Verge

Relembre: Novidades do Windows 10

Novidades do Windows 10

Novidades do Windows 10

Mais do TechTudo