Sistemas operacionais

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


O Windows 11 chega de forma gratuita aos usuários do Windows 10 a partir do fim do ano com novidades importantes. Além de mudanças no seu visual, tornando-o mais moderno e com elementos transparentes, a nova Windows Store oferece aplicativos do Android e integração aprofundada com o Microsoft Teams para quem precisa dar conta de trabalho em equipe.

Além disso, a Microsoft apresenta destaques inovadores para o público gamer, como o HDR automático, utilizado para realçar gráficos de jogos, e o DirectStorage, para realização de carregamentos mais rápidos via SSD. A seguir, resumimos cinco grandes destaques do Windows de nova geração.

Windows 11 tem Menu Iniciar centralizado e mais mudanças no design — Foto: Divulgação/Microsoft

Windows 11: você vai atualizar? Participe no Fórum do TechTudo

1. Mudanças no visual

A primeira grande novidade do Windows 11 é o visual. A interface do sistema ficou mais moderna, colhendo trabalho desenvolvido para o cancelado Windows 10X. Segundo a Microsoft, o design é mais "emocional", promovendo telas translúcidas, janelas com cantos arredondados, nova iconografia e um aspecto mais limpo.

As mudanças também chegaram ao Menu Iniciar, tornando-o centralizado por padrão, criando certa identificação com o macOS e diversas interfaces gráficas do Linux. O novo Windows 11 também terá suporte a temas, oferecendo tanto versões escuras como claras para personalizar a visualização do sistema operacional, de acordo com as preferências do usuário.

2. Disponibilidade

Windows 11 será gratuito, mas seu PC precisa atender aos requisitos mínimos — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

A Microsoft não informou a data do lançamento oficial do Windows 11. A empresa apenas indica que a chegada do sistema operacional deve ocorrer no final de 2021. A nova edição do Windows será gratuita para usuários que trabalham com o Windows 10 no PC, mas isso não significa que todo computador com Windows 10 irá aceitar o Windows 11. Existem requisitos mínimos no Windows 11 para que o sistema funcione nos computadores.

Para quem tem um PC incompatível, a Microsoft sugere continuar utilizando o Windows 10, que tem atualizações e suporte previsto até 2025. Outra opção é a realização de upgrades no PC ou investimentos em um novo computador que seja compatível com a nova versão do sistema.

3. Microsoft Store

Loja de apps ganha nova interface gráfica e capacidade de encontrar e instalar apps de Android no Windows 11 — Foto: Divulgação/Microsoft

A loja de apps da Microsoft vai passar por uma grande mudança com o novo Windows 11. A Store terá uma nova interface gráfica, mais moderna e alinhada com o que o sistema promete oferecer. A loja também irá permitir que desenvolvedores coletem 100% das receitas geradas pelos seus apps na plataforma.

Do ponto de vista do usuário, a maior novidade da Windows Store do Windows 11 é a possibilidade de buscar e instalar aplicativos do Android. Segundo a Microsoft, esses apps serão executados de forma nativa no sistema, sem a necessidade de instalar emuladores do Android.

4. Produtividade

Microsoft Teams está integrado ao Windows 11 — Foto: Divulgação/Microsoft

O Microsoft Teams será profundamente integrado ao Windows 11. Além da plataforma colaborativa para trabalho em grupo, o Windows 11 terá um novo painel de widgets completamente personalizável, em que o usuário poderá definir itens importantes para visualização rápida, como previsão do tempo, noticiário, cotações etc.

O novo Windows também promete aprimorar o suporte a desktops virtuais na plataforma, dando ao usuário um nível de controle mais granular sobre as áreas de trabalho virtuais, permitindo definição de pontos e padrões de fixação de janelas — recurso útil para quem precisa visualizar e manter abertos vários apps ao mesmo tempo.

5. Jogos

Xbox Game Pass será parte do Windows 11 — Foto: Divulgação/Microsoft

O Windows 11 aposta fortemente em games com a oferta de algumas novidades importantes. A primeira delas é o mapeamento "Auto HDR", que tem feito sucesso nos recentes Xbox Series S/ X. Esse recurso aplica a tecnologia HDR em games que foram lançados no mercado sem o recurso, realçando cores e contraste de forma significativa em telas que suportam a reprodução com maior profundidade de cor.

O novo Windows 11 também terá acesso à tecnologia DirectStorage da Microsoft, presente nos seus novos consoles. Combinada a um SSD NVMe, essa tecnologia deve permitir carregamentos muito mais rápidos em games que tirem proveito do recurso. Além disso, o serviço de assinatura Xbox Game Pass está presente, com a possibilidade de integração dos jogos entre as duas plataformas, Xbox e PC.

Com informações de Microsoft (1 e 2), Xbox e The Verge

Relembre: testamos o Windows 10

Testamos o Windows 10

Testamos o Windows 10

Mais do TechTudo