Campeonatos

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Natus Vincere venceu a G2 Esports, neste domingo (18), e se sagrou campeã do IEM Cologne 2021, torneio mundial de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). Durante a decisiva série melhor de cinco partidas (MD5), a Na'Vi repetiu as boas atuações que vinha fazendo até então, soube interromper os bons momentos da G2 e ainda contou com Oleksandr "s1mple" Kostyliev quebrando o recorde de aces em um único evento de CS:GO. A vitória da Na'Vi chegou com 3-0 no placar, parciais de 16-11, na Dust2, 16-14, na Mirage, e 16-13, na Nuke. Com o título na Alemanha, a Na'Vi levou para casa a taça e a premiação de US$ 400 mil (cerca de R$ 2 milhões em conversão direta).

Natus Vincere venceu a G2 Esports e ficou com o título mundial da IEM Cologne 2021 — Foto: Divulgação/ESL

Quantos campeões têm no LoL? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

A série começou com uma Dust2 bastante equilibrada. A Natus Vincere até conseguiu abrir uma boa vantagem na primeira metade, mas a G2 mostrou que não havia chegado na grande final por acaso e conseguiu diminuir o prejuízo para 8-7. O problema foi que a Na'Vi tinha o jogador Oleksandr "s1mple" Kostyliev com uma enorme sede de vitória. Tanta que, na Dust2, ele chegou a quatro aces em toda a competição e bateu o recorde histórico de aces em um único evento. Mais do que isso, ele desequilibrou totalmente o jogo, chegando a 30 abates e um Rating 2.0 de 1.80, sendo a peça mais importante na vitória da Na'Vi no mapa por 16-11.

Na Mirage, enquanto s1mple teve uma atuação um pouco mais discreta do que a vista na Dust2, Nikola "NiKo" Kovač apareceu para tentar levar a G2 à primeira vitória na série. A Na'Vi encontrou muitas dificuldades para lidar com NiKo, que chegou a 31 abates, mas seu coletivo foi superior. Entre os trancos e barrancos, a Na'Vi conseguiu evitar a chegada do overtime conquistou uma vitória apertada por 16-14.

Por fim, na Nuke, mais um confronto decidido nos detalhes. Após sair na desvantagem por 8-7 na primeira metade, a Na'Vi demorou um pouco para encaixar seu CT na virada de lados e só encontrou seu momento com a vitória em um round econômico. A G2 ainda conseguiu trazer de volta o resultado, mas uma nova derrota em um round econômico de seus adversários custou caro. Assim, a Na'Vi aproveitou da vantagem, fechou a Nuke por 16-13 e ficou com o título do IEM Cologne 2021.

G2 Esports lutou, mas não conseguiu evitar a derrota e ficou com o vice do IEM Cologne 2021 — Foto: Divulgação/ESL

O IEM Cologne 2021 foi um torneio mundial em LAN que ocorreu na cidade de Colônia, Alemanha, mas sem a presença de torcedores. A competição ainda contou com a presença de alguns representantes brasileiros. MIBR e Team oNe acabaram caindo cedo, ainda na fase de entrada. FURIA Esports e Team Liquid, de Gabriel "FalleN" Toledo, também estavam presentes e fizeram uma campanha idêntica na fase de grupos, com uma vitória e duas derrotas. Na tabela abaixo, você confere como ficou a classificação completa da competição e as premiações recebidas por cada equipe:

IEM Cologne 2021 - Classificação Final

Colocação Equipe Premiação
Natus Vincere US$ 400 mil (R$ 2 milhões)
G2 Esports US$ 180 mil (R$ 900 mil)
3°/4° Astralis e FaZe Clan US$ 80 mil (R$ 400 mil )
5°/6° Virtus.pro e Gambit Esports US$ 40 mil (R$ 200 mil)
7°/8° Heroic e BIG US$ 24 mil (R$ 120 mil)
9°/12° Team Liquid, FURIA Esports, Ninjas in Pyjamas e Team Vitality US$ 16 mil (R$ 80 mil)
13°/16° mousesports, Complexity Gaming, Renegades e Team Spirit US$ 10 mil (R$ 50 mil)
17°/20° Team LDLC, OG, Sprout e Evil Geniuses US$ 4,5 mil (R$ 22,5 mil)
21°/24° MIBR, Team oNe, Bad News Bears e ViCi Gaming US$ 2,5 mil (R$ 12,5 mil)

Com informações de HLTV e Liquipedia

Mais do TechTudo