Celulares

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/Apple

A LG suspendeu temporariamente a ideia de vender os iPhone, da rival Apple, na rede de lojas que detém no país de origem, a Coreia do Sul. A decisão foi motivada por pressão do governo. A arquirrival Samsung também tem sua parcela de culpa, pois entrou nas conversas para que os celulares Galaxy sejam ofertados a quem visita as lojas da marca.

Toda esta confusão ocorre a reboque do anúncio de que a LG abandonaria o mercado de smartphones, realizado no primeiro semestre. Isso resultaria numa ausência de opções de celular nas lojas LG, que também comercializam diversos eletrônicos.

LG Velvet foi o último celular top de linha produzido pela LG, anunciado em setembro de 2020 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Com a decisão de abrir mão da produção de celulares, a sugestão de vender iPhones em lojas da LG surgiu como uma alternativa. Um dos empecilhos encontrados na negociação é o posicionamento contrário de pequenos e médios distribuidores, que alegam ficar em desvantagem.

Outra entidade que não recebeu bem a notícia foi o governo da Coreia. O argumento da gestão coreana reforçou que a concorrência da própria LG traria desvantagem para os negócios menores. Ainda de acordo com o governo, essa lógica, que já acontece naturalmente, tem se intensificado durante a pandemia de Covid-19.

Celular com tela enrolável da LG teve produção suspensa no início do ano — Foto: Divulgação/LG

A interrupção dos negócios com a empresa da maçã deve interferir positivamente para manter a posição de destaque nas vendas dos celulares da Samsung em território sul-coreano. A empresa se mostrou preocupada durante o processo, uma vez que esse acordo entre LG e Apple poderia colocar em risco a predominância da Samsung no mercado de smartphones.

Por fim, vale reforçar que, apesar de haver indicativos que apontam para o cancelamento dos negócios entre LG e Apple, não existe uma recusa definitiva.

Com informações de Gizmochina

Conheça as novidades do Android 12

Conheça as novidades do Android 12

Mais do TechTudo