Por Filipe Garrett, para o TechTudo


MacBook Pro e Vaio Z são dois notebooks premium à venda no Brasil. Enquanto o primeiro vem com processador M1 de fabricação própria da Apple e até 16 GB, o segundo traz hardware poderoso, incluindo Core i7 de 11ª geração da Intel e 32 GB de RAM. Ambos prometem alto desempenho para trabalhos de produtividade e também devem ser interessantes para algumas atividades de edição de fotos e vídeos.

O computador da maçã custa a partir de R$ 17.299 no site oficial, mas pode ser encontrado por menos na Amazon: R$ 9.119, trazendo 8 GB e 256 GB de armazenamento. Já o Vaio, em versão única, custa R$ 23.999, mas na loja da marca é possível pagar menos via Pix, saindo a R$ 21.599.

Macbook Pro com chip M1 promete funcionar bem para editar fotos; compare com o novo Vaio Z — Foto: Divulgação/Apple

Design

Os dois notebooks prometem materiais de qualidade na fabricação, com alumínio para o MacBook e fibra de carbono para o Vaio, mas trazem propostas diferentes de design. O produto da Apple exibe linhas mais suaves e perfil mais esguio, enquanto o Vaio Z compromete a forma em favor da funcionalidade, com maior variedade de entradas, além de grelha para saída de calor bem evidente.

Nas interfaces, o Vaio Z é mais versátil. O top de linha vem com HDMI, duas USB-C com Thunderbolt 4, saída para fones de ouvido, além de Bluetooth 5.1 e Wi-Fi 6 (802.11ax). Do lado da Apple, o MacBook Pro com M1 oferece quatro portas Thunderbolt 4 com USB-C, além de saída P2 (3,5 mm) para fones de ouvido.

Vaio Z tem acabamento em fibra de carbono — Foto: Divulgação/Vaio

Tela

Os dois notebooks oferecem telas com alta resolução. O Vaio Z, por exemplo, é equipado com um display 4K (3840 x 2160 pixels) de 14 polegadas. Já o laptop da maçã é menor, com 13 polegadas, mas também traz uma boa resolução, com 2560 x 1600 pixels. O número é inferior ao do rival, mas a diferença deve ser pequena para as atividades do dia a dia.

O que pode acabar compensando o display do MacBook é a promessa de alta fidelidade de cor, bem importante para trabalhos de edição, por exemplo. Diferente do Vaio, o MacBook tem painel com formato 16:10, trazendo um pouco mais de espaço para visualizar os conteúdos – o rival tem 16:9, mais tradicional.

Macbook Pro oferece tela de aspecto em 16:10 — Foto: Divulgação/Apple

Desempenho

No momento, o consumidor brasileiro tem a opção de adquirir o MacBook Pro com processadores M1 ou unidades da Intel. Os modelos com Core i5 ou Core i7 devem ter uma performance inferior e consomem mais bateria, enquanto as versões com o chip próprio da marca prometem maior eficiência energética, além de bom desempenho.

O Vaio Z é oferecido com o Core i7 11370H, um quad-core de 11ª geração da Intel com perfil direcionado a workstations móveis e notebooks gamer. Esse processador tem clock máximo de 4,8 GHz com turbo acionado. Nos gráficos, o computador conta com placa gráfica integrada Iris Xe, também da Intel.

Nas comparações diretas, a tendência é de que o M1 do MacBook Pro se mostre um processador mais rápido no dia-a-dia. Mas, em alguns cenários, o Intel pode ser mais rápido. Se o Vaio Z usa placa integrada da Intel, o MacBook Pro também roda com uma GPU ligada ao processador.

Novo Vaio oferece processador da Intel usado em notebooks para gamers e em workstations — Foto: Divulgação/Vaio

Em termos de memória RAM, o Vaio Z leva vantagem com configuração de 32 GB, enquanto o MacBook pode chegar aos 16 GB de DDR4. No armazenamento, nova vantagem para o computador da marca japonesa que disponibiliza 2 TB de SSD tipo NVMe de quarta geração, mais veloz do que as unidades de terceira usadas pela Apple. A maçã oferece espaço a partir de 128 GB e também chega aos 2 TB.

Outro detalhe que vale destacar é que apenas no Vaio há alguma margem de upgrades: o Z usa SSDs convencionais, que o consumidor pode substituir caso desejar. No MacBook, o armazenamento é insubstituível por ser soldado na placa-mãe, característica que vale também para a RAM nos dois notebooks.

Bateria

O processador M1 com tecnologia ARM promete ser mais eficiente que CPUs Intel, e a Apple indica que o MacBook pode rodar por até 20 horas com uma carga completa. A margem é bem superior em relação à estimativa de 10,5 horas do notebook da Vaio. Vale ressaltar que esses números vão depender do tipo e das condições de uso das máquinas.

Recursos extras

MacBook Pro tem bateria suficiente para funcionar por até 20 horas — Foto: Divulgação/Apple

A grande diferença entre os dois em termos de experiência de uso é a oferta de sistemas operacionais completamente diferentes. O MacBook roda macOS, sendo inclusive compatível com aplicativos de iPhone (iOS) por conta do processador M1.

O Vaio Z, por sua vez, vem com Windows 10 e traz módulo TPM, garantindo compatibilidade com o aguardado Windows 11. Em termos de segurança, os dois computadores contam com leitor de impressões digitais para autenticação biométrica na hora de acessar o sistema.

Preço e concorrente

O Vaio Z chegou ao mercado brasileiro com preço sugerido de R$ 19.999, mas seu preço já subiu na própria loja da marca: o valor mínimo é de R$ 21.599 para pagamentos via Pix, R$ 22.799 para compras no boleto e, no crédito, o valor é o mesmo encontrado na Amazon: R$ 23.999.

Vaio Z tem hardware mais poderoso e aparece em versão única — Foto: Divulgação/Vaio

O MacBook Pro com M1 mais simples sai a R$ 17.299 na loja da maçã e custa a partir de R$ 9.119 no varejo, com hardware que inclui 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento em SSD. No site oficial, é possível deixá-lo mais próximo do Vaio Z, mas com valor bem maior: R$ 29.799.

O concorrente mais direto dos dois notebooks é o XPS 13, da Dell, que também oferece acabamento premium e processador Core i7 de 11ª geração. O computador tem opção de tela sensível ao toque de resolução 4K+ e vem com menos espaço de armazenamento: 1 TB em SSD. Na RAM, o computador vai a 16 GB nas duas versões e sai a R$ 11.199 com display Full HD ou R$ 12.199 em Ultra HD.

MacBook Pro com M1 vs Vaio Z

MacBook Pro com M1 Vaio Z
Preço a partir de R$ 9.119 a partir de R$ 21.599
Tela 13,4 polegadas 14 polegadas
Resolução de tela 2560 x 1600 pixels 3840 x 2160 pixels (4K)
Processador Apple M1 Intel Core i7 10370H
Memória RAM até 16 GB 32 GB
Placa de vídeo Apple M1 Iris Xe
Armazenamento 256 a 2 TB 2 TB SSD
Portas e interfaces 2x USB-C com Thunderbolt 4, P2 (3,5 mm), Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.0 HDMI, 2x USB-C com Thunderbolt 4, P2 (3,5 mm), Bluetooth 5.1 e Wi-Fi 6
Dimensões 30,4 x 21,2 x 1,5 cm 32 x 22 x 1,6 cm
Peso 1,4 kg 1,01 kg
Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Cinco dicas importantes antes de comprar um notebook

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo