Celulares

Por Larissa Infante, para o TechTudo

Reprodução/Isabele Scavassa

O Moto E7 e o Moto E7 Plus são celulares intermediários da Motorola que pertencem à mesma linha. Eles se assemelham no design, na tela de 6,5 polegadas e na câmera de até 48 MP, enquanto as principais diferenças estão no processador e bateria. A seguir, confira o que muda entre os smartphones.

O Moto E7 chegou ao Brasil em dezembro do ano passado nas cores cinza metálico, azul e cobre por R$ 1.199. Atualmente, o modelo é visto por R$ 889 na versão de 2 GB — R$ 310 de desconto. Já o Moto E7 Plus desembarcou no país em setembro de 2020 por R$ 1.499. O aparelho pode ser adquirido por R$ 1.020, redução de R$ 479. Ele é vendido nas cores azul e bronze.

Moto E7 Plus: conheça o novo celular da Motorola

Moto E7 Plus: conheça o novo celular da Motorola

Tela e design

Os celulares Motorola são muito similares no quesito display. Ambos têm tela de 6,5 polegadas, resolução HD+ (1600 x 720 pixels), densidade de 269 ppi e taxa de atualização de 60 Hz. O painel LCD consome mais bateria, mas promete imagens nítidas.

O design é outro ponto em comum: ambos repetem o formato 20:9, sendo compridos e estreitos. A câmera frontal fica abrigada no notch em forma de gota, enquanto as câmeras traseiras são abrigadas num quadrado centralizado no topo. Outras semelhanças são o leitor de digitais na traseira e a presença de um botão dedicado ao Google Assistente.

Moto E7 tem tela alongada e notch em formato de gota — Foto: Divulgação/Motorola

O Moto E7 vem nas versões cinza metálico, aquamarine e cobre. Já o Moto E7 Plus está disponível nas cores azul e bronze.

Câmera

Outro ponto em comum é o conjunto fotográfico traseiro. Os dois modelos vêm com câmera dupla, composta por um sensor principal de 48 MP e abertura f/1.7, além de um sensor de profundidade de 2 MP e abertura f/2.4, que ajuda em capturas com Modo Retrato. O tamanho do sensor é o mesmo em ambos.

Apesar de o Moto E7 ser um modelo mais básico, a Motorola também oferece alguns recursos fotográficos. Os dois telefones têm o Quad Pixel, que combina quatro pixels em um para aumentar a captura de luz, além do Night Vision (ou visão noturna), recurso que ajuda a melhorar as fotos em ambientes escuros.

Moto E7 conta com o recurso de visão noturna para fotos — Foto: Divulgação/Motorola

O Moto E7 Plus leva vantagem na câmera frontal por causa dos 8 MP contra os 5 MP do Moto E7. Já no quesito gravação de vídeo, ambos gravam em Full HD a uma velocidade de 30 frames por segundo. Nenhum deles vem com estabilização de vídeo.

Desempenho e armazenamento

Uma das principais diferenças entre os celulares Motorola está no processador – com vantagem para o Moto E7. O smartphone vem com o Helio G25, da MediaTek, com oito núcleos de até 2 GHz de velocidade. Há duas opções de memória RAM: 2 GB ou 4 GB. Já o Moto E7 Plus usa Qualcomm Snapdragon 460, um octa-core de até 1,8 GHz que opera em conjunto com RAM de 4 GB.

Moto E7 Plus conta com processador da Qualcomm — Foto: Divulgação/Motorola

O armazenamento do Moto E7 inclui versões de 32 GB ou 64 GB, com possiblidade de expansão por microSD de até 512 GB. Já o Moto E7 Plus tem 64 GB e comporta cartão microSD de até 256 GB.

Bateria

O Moto E7 Plus leva vantagem na bateria, já que vem com um componente de 5.000 mAh. A Motorola garante que o aparelho pode ficar até dois dias inteiros longe das tomadas. A bateria parruda ainda deve garantir até 107 horas de música ou 21 horas de vídeos.

Motorola garante que Moto E7 Plus pode ficar até 2 dias longe das tomadas — Foto: Divulgação/Motorola

Já o Moto E7 tem componente de 4.000 mAh, que deve ser suficiente para manter o aparelho funcionando por até 36 horas contínuas. Ambos vêm com carregador de 10 W na caixa.

Versão do Android e recursos adicionais

Os dois aparelhos saíram de fábrica com o Android 10. Contudo, não há previsão para que a linha do Moto E7 receba o Android 11, versão mais recente do sistema do Google que traz novas atualizações de segurança e emojis inéditos.

Android 10: cinco coisas que você precisa saber sobre a atualização

Android 10: cinco coisas que você precisa saber sobre a atualização

Ambos oferecem Bluetooth 5.0, GPS, leitor de digitais, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n e conexão LTE – em outras palavras, não funcionam no 5G. O Moto E7 Plus tem entrada micro USB 2.0, enquanto o Moto E7 aposta no moderno padrão USB-C. Os aparelhos ficam devendo a NFC, sistema de comunicação por proximidade que se popularizou por causa dos pagamentos.

Preço

O Moto E7 chegou ao Brasil em dezembro de 2020 em duas versões: uma com 2 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento, por R$ 1.199, e outra de 4 GB de RAM e 64 GB, por R$ 1.299. Atualmente, o aparelho pode ser visto pelos seguintes valores:

  • Armazenamento de 32 GB e RAM de 2 GB: R$ 889
  • Armazenamento de 64 GB e RAM de 4 GB: R$ 965

O Moto E7 Plus foi anunciado em setembro de 2020, por R$ 1.499, e já pode ser encontrado por valores a partir de R$ 1.020 na Amazon, desconto de mais de R$ 470.

Moto E7 x Moto E7 Plus

Especificações Moto E7 Moto E7 Plus
Lançamento Dezembro de 2020 Setembro de 2020
Preço de lançamento R$ 1.199 R$ 1.499
Preço atual R$ 889 R$ 1.020
Tela 6,5 polegadas 6,5 polegadas
Resolução de tela 1600 x 720 pixels (HD+) 1600 x 720 pixels (HD+)
Processador Helio G25 (octa-core de até 2 GHz) Snapdragon 460 (octa-core de até 1,8 GHz)
Memória RAM 4/2 GB 4 GB
Armazenamento 64/32 GB 64 GB
Cartão de memória Sim, microSD até 512 GB Sim, microSD até 256 GB
Câmera principal Dupla: 48 e 2 MP Dupla: 48 e 2 MP
Câmera frontal (selfie) 5 MP 8 MP
Sistema operacional Android 10 Android 10
Bateria 4.000 mAh 5.000 mAh
Dimensões e peso 165 x 78,8 x 8,9 mm; 180 g 165,2 x 75,7 x 9,2 mm; 200 g
Cores Cinza metálico, aquamarine e cobre Azul e bronze

Com informações de Motorola (1/2)

NOVO ANDROID 12 - CONHEÇA AS NOVIDADES!

NOVO ANDROID 12 - CONHEÇA AS NOVIDADES!

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo