Jogos de RPG

Por Fernando Braga, do Home Office

Divulgação/Amazon Studios

New World é um MMORPG para PC desenvolvido pela Amazon Games, com data de lançamento para 31 de agosto deste ano. O jogo chega para concorrer com outros do mesmo estilo como World of Warcraft (WoW) e Black Desert Online, mas promete inovar com uma gameplay mais dinâmica e estratégica, com muitas opções de armas. O game está em pré-venda no Steam por a partir de R$ 75,49, na versão standard, com dublagens e legendas em português.

Segundo os desenvolvedores, quem comprar o jogo durante a venda antecipada terá a oportunidade de participar do closed beta, que começa no dia 20 de julho. O TechTudo foi convidado para participar do teste alpha do jogo em sessão exclusiva para a imprensa. Confira a seguir nossas impressões sobre o game.

NEW WORLD: VEJA TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE COMEÇAR A JOGAR!

NEW WORLD: VEJA TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE COMEÇAR A JOGAR!

God of War Ragnarok já tem data de lançamento? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

História

Todo bom jogo de RPG, mesmo que online, precisa de uma boa história para despertar a curiosidade dos jogadores em desbravar todo o conteúdo. Até o momento, esse não é exatamente o caso de New World. O game conta com um enredo até então pouco criativo e ainda não totalmente desenvolvido, com muitas semelhanças com a historia do game GreedFall.

Em New World, somos colocados na pele de navegantes que chegam em uma ilha misteriosa chamada Aeternum. Lá é o local onde encontramos um mineral valioso e poderoso chamado Azoth, capaz de alterar, dar forma e poder às coisas ao seu redor. Com ele, a própria ilha ganha vida e acredita-se até ser a fonte da vida eterna. No entanto, tal poder se constrasta com outro de igual tamanho que assola a ilha de Aeternum: a corrupção, que destrói tudo o que toca ou dá poderes inacreditáveis. Ambas as possiblidades dependem do hospedeiro.

O jogador enfrentará diversos tipos de monstros em New World — Foto: Divulgação/Amazon Studios

Na ilha, podemos encontrar quatro diferentes tipos de inimigos:

  • Angry Earths: criaturas de madeira e terra imbuídos com poderes mágicos pelo minério de Azoth, além de serem os protetores da região.
  • The Lost: marinheiros ou piratas, humanoides presos entre uma vida após morte que talvez tenham sido revividos pelos poderes do mineral Azoth (mas no fundo são só zumbis mesmo).
  • The Corrupted: como já dito anteriormente, além do Azoth existe uma força primordial na ilha conhecida como corrupção, que devasta tudo o que toca e por onde passa. Provavelmente, vão ser os principais inimigos do jogo, com mobs de diversas formas, números e responsável pela maioria dos eventos aleatórios e invasões aos fortes.
  • Ancients: uma civilização avançada que utilizou muito o mineral Azoth e misteriosamente sumiu do mapa deixando para trás tumbas cheia de mistérios e itens valiosos.

Além disso, há outro inimigo formidável e difícil de lidar, que são os outros players. O jogo tem um sistema de facções, em que o jogador terá que escolher ao alcançar o nível 10. Essa decisão é muito importante pois ela não poderá ser alterada futuramente e interfere no caso de você querer jogar com seus amigos.

A princípio serão três facções, que irão disputar pela influência e fortes nas diversas regiões de Aeternum.

  • Marauder: uma força militar que luta pela liberdade de todos e o direito de prosperar para aqueles que conseguirem se adaptar à ilha.
  • Sindicato: organização guiada pela inteligência que tem como objetivo adquirir conhecimentos proibidos e secretos para trazer uma nova era de sabedoria e clareza ao mundo.
  • Aliança: uma ordem fanática que tem como objetivo a limpeza dos heréticos e profanação do mundo, além deixar a verdadeira natureza restaurar a justiça.

Gameplay

O MMO dá ênfase em um combate mais lento, com maior valor ao posicionamento e estilo de luta escolhido pelos players. Ou seja, não espere magias fantásticas e grupos gigantes de inimigos sendo derrotados de uma vez. As habilidades de cada personagem vão depender da espécie de arma que for escolhida. Nesse aspecto, o jogo conta com uma grande variedade, como espadas, machados e lanças ou armas de longo alcance como arcos, rifles e luvas mágicas.

A progressão na árvore de habilidades se assemelha muito com Elder Scrolls Online. Quanto mais tempo um jogador usa uma arma, mais ele sobe de nível e assim desbloquea habilidades mais poderosas. Além disso, a cada novo nível os jogadores recebem pontos para distribuir em cinco atributos: força, destreza, constituição, inteligência e foco. Cada uma delas melhora estatísticas como dano das armas, vida máxima, aumento de vigor, entre outros, o que gera diversas possibilidades de combinações com cada arma do game.

Vale ressaltar que não há opção de travar a mira nos inimigos, seja com armas de curto ou longo alcance. Tudo depende da habilidade de cada jogador para acertar o alvo. Esta decisão dos desenvolvedores traz uma dificuldade a mais para a jogabilidade, que certamente agradará os fãs de jogos hardcore, como a franquia Dark Souls. Certamente os players mais desavisados vão levar mais tempo para enfrentar os chefões do game.

O sucesso no combate dependerá muito da habilidade de cada jogador — Foto: Divulgação/Amazon Studios

É importante lembrar que o jogo foi inicialmente anunciado como um game de sobrevivência, no estilo de ARK ou Rust, mas a Amazon decidiu mudar rumo do game após os feedbacks dos usuários durante o primeiro alpha test. Com isso resolveu fazer dele um grande MMORPG ainda com grande foco em PVP (jogador vs. jogador), mas desenvolvendo todas as características de um MMO, tornando o combate mais estruturado e adicionando diversos conteúdos PVE (jogador vs ambiente).

No jogo você poderá trabalhar com ferreiro e produzir as melhores armas do jogo. — Foto: Divulgação/Amazon Studios

Profissões

A vida em New World não se resume apenas a enfrentar monstros e players. Lá você também tem a oportunidade de desenvolver uma profissão e fabricar itens valiosos que poderão ser usados por você ou vendido para outros players. Todas elas são baseadas em três etapas: coletar, refinar e produzir. Por exemplo, coletar minérios de aço, refiná-lo em lingotes de aço e depois produzir um escudo.

Todo jogador pode trabalhar em qualquer uma das profissões dentro do game, porém, assim como as habilidades das armas, quanto mais você dedica tempo, melhor o personagem ficará naquela atividade. Desta forma, o ideal é focar em uma ou duas para se especializar e poder produzir os itens mais valiosos do game. Como o jogo não conta com NPCs que vendem itens, a função das profissões se torna ainda mais importante, a partir do momento que tudo é negociado entre os próprios jogadores.

Você pode aproveitar o dinheiro do seu suado trabalho para comprar uma casa em alguma das cidades. O jogo possui o sistema de Housing, onde qualquer jogador pode comprar moradias para guardar itens, usar de teleporte rápido ou até esbanjar seus troféus conquistados pelas paredes de sua casa.

No modo Invasões, os jogadores deverão enfrentar hordas de monstros — Foto: Divulgação Amazon Studios

Modos de jogo

New World possui modos de jogo variados, entre eles opções PVE e PVP:

  • Expedições: são masmorras instanciadas ou as famosas dungeons no MMORPG, que levam você até às profundezas de Aeternum para enfrentar inimigos mortais e descobrir verdades sobre a ilha. A primeira aventura é liberada apenas no nível 25 com a Expedição Amrine.
  • Corrida do posto avançado: é um modo de jogo PvPvE instanciado apenas para os níveis máximos, no qual equipes de 20 jogadores de duas facções rivais lutam pelo controle de fortificações e recursos.
  • Invasões: os exércitos de Aeternum ocasionalmente reúnem suas forças para fazer um ataque a um território controlado pelo jogador. Essas invasões exigem grupos de 50 jogadores de nível máximo para se unirem e lutarem contra as ondas de ataque de monstros
  • Guerra: é o ápice do PvP no New World: consiste em uma guerra de cerco épica em grande escala, com equipes de 50 jogadores de atacantes e defensores lutando pelo controle e pela vitória. O resultado de cada guerra determina qual facção controla o território ou assentamentos disputados, o que torna esta uma luta pelo futuro da Aeternum. Aqueles que controlam as cidades controlam os recursos e conferem benefícios aos seus companheiros de facção e membros da companhia. Pode ser comparada com a Guerra do Emperium do MMORPG Ragnarok Online.

A misteriosa ilha de Aeternum é repleta de lindas paisagens — Foto: Divulgação Amazon Studios

Gráficos

O jogo possui gráficos excelentes, principalmente nos campos abertos pelo mundo onde é possível avistar lindas paisagens de vales, montanhas, rios e até cidades abandonadas. Entretanto o acabamento nos detalhes deixa um pouco a desejar, como, por exemplo, ao entrar em contato com a água. O lado bom é que para rodar o jogo a desenvolvedora indica ao menos uma NVIDIA® GeForce® GTX 670, que não é um modelo tão recente.

Há uma grande diversidade de equipamentos e armas, o que proporciona uma maior diferenciação entre os players evitando que você encontre personagens idênticos enquanto explorar o mundo. A criação do personagem, quando comparado a outros games do mesmo estilo, não apresenta muitas possiblidades de customização, se resumindo basicamente ao cabelo, barba, cor do olhos e algumas tatuagens no rosto.

As magias de gelo foram adicionadas na última atualização do jogo — Foto: Divulgação Amazon Studios

Diversão

Para os amantes de RPG que estavam carentes de um bom lançamento de MMORPG, certamente New World é uma boa escolha. O game traz todo o universo de um RPG online, com dungeons, casa de leilões, quests, PVP e tudo que o gênero pede. Somado a isso, o jogo tem todo o conceito de combate hardcore que já faz sucesso em inúmeros títulos nos últimos anos. New World se propõe a ser o MMORPG moderno, trazendo recursos que fizeram sucesso nos RPGs passados como World of Warcraft e Ragnarok, com o combate de dinâmico de Dark Souls e Sekiro.

O sistema de comércio e crafting no game também deixa o sistema de profissões muito recompensador e interessante. Os players que se interessam não só em caçar monstros, mas também em fazer fortuna, irão aproveitar bastante as mecânicas para comprar aquela tão sonhada mansão em New World.

A dublagem do jogo é um ponto muito positivo para o game, a Amazon Studios está de parabéns com a qualidade da tradução do jogo, não só nos textos, mas também nas vozes. Certamente torna a experiência muito mais imersiva quando a interpretação e as vozes dos personagens fazem sentido com todo o universo do jogo.

New World acaba se tornando um MMORPG um pouco mais difícil do que os demais, por não ter opções de travar mira, magias em área e com inimigos com inteligência artificial um pouco melhor que nos concorrentes. Apesar de pecar um pouco na história, ainda é um prato cheio para veteranos e novatos no mundo dos RPGs online.

Mais do TechTudo