Celular
Publicidade

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/Motorola

O Moto G20 é um celular intermediário da Motorola lançado em maio deste ano. Ele acompanha os irmãos G10, G60, G30 e G100 no objetivo de renovar a linha Moto G, o que pode causar confusão pela quantidade de modelos. O telefone traz ficha técnica com câmera quádrupla, bateria de 5.000 mAh e armazenamento de 64 GB pelo preço sugerido de R$ 1.699. O Moto G20 é comercializado atualmente por R$ 1.312 na Amazon — desconto de R$ 387.

Um dos destaques do Moto G20 é a tela, já que conta com taxa de atualização de 90 Hz, assim como o Galaxy A32. O conjunto fotográfico investe em lentes de até 48 MP e o processador é um componente chinês, o Spreadtrum T700. Confira essas e outras especificações nas linhas a seguir.

Moto G20 desembarcou no país em maio deste ano por R$ 1.699 — Foto: Divulgação/Motorola

Ficha técnica do Moto G20

  • Tamanho da tela: 6,5 polegadas
  • Resolução da tela: HD+
  • Painel da tela: IPS LCD
  • Câmera principal: quádrupla, 48, 8, 2 e 2 MP
  • Câmera frontal: 13 MP
  • Sistema: Android 11
  • Processador: Spreadtrum T700 (octa-core de até 1,8 GHz)
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB
  • Cartão de memória: sim, microSD de 256 GB
  • Capacidade da bateria: 5.000 mAh
  • Dual SIM: sim
  • Peso: 200 gramas
  • Cores: azul e rosa
  • Lançamento: 04 de maio de 2021
  • Preço de lançamento: R$ 1.699

Tela e design

A ficha técnica do Moto G20 conta com uma tela de 6,5 polegadas que exibe imagens em HD+, bem como um painel em IPS, um variante do LCD. Entre as especificações do display está presente a taxa de atualização de 90 Hz, responsável por conferir maior qualidade gráfica e efeitos mais fluidos. Vale destacar que essa última característica pode ser encontrada em smartphones concorrentes, como o lançamento recente Galaxy A32.

No que diz respeito ao design, um dos pontos que se destacam visualmente na estrutura é o notch em forma de gota para abrigar o sensor de selfies. Outro aspecto é que, apesar de ser majoritariamente fina, a borda inferior acaba ficando um pouco mais evidente. O módulo da câmera conta com um formato retangular e fica alocado na lateral superior.

Tela do Moto G20 é tipo Max Vision e tem taxa de atualização de 90 Hz — Foto: Divulgação/Motorola

O leitor de impressão digital segue um padrão clássico da empresa, pois fica acomodado na marca da Motorola na traseira do celular. Não há resistência à água e poeira. As cores disponíveis para o Moto G20 são azul e rosa pink.

Câmeras

A Motorola aposta numa câmera quádrupla com a seguinte estrutura: principal de 48 MP; ultra wide de 8 MP para fazer registros com maior abertura de ângulo; além de macro e sensor de profundidade para fotos de perto com detalhes e desfoque no fundo das imagens.

Os elementos ficam dispostos dessa forma:

  • Principal de 48 MP (f/1.7)
  • Ultra wide de 8 MP (f/2.2)
  • Macro de 2 MP (f/2.4)
  • Sensor de profundidade (f/2.4)

Moto G20 tem câmera quádrupla com lentes de até 48 MP — Foto: Divulgação/Motorola

A câmera frontal registra selfies de 13 MP. Partindo para os recursos da câmera, pode-se encontrar entre eles a tecnologia Quad Pixel, que combina quatro pixels em um e, portanto, consegue proporcionar maior qualidade nas fotos, mesmo sob condições de baixa luminosidade.

Desempenho e armazenamento

O Moto G20 tem processador Spreadtrum T700, um componente de origem chinesa ainda pouco conhecido no Brasil. O chipset tem oito núcleos e velocidade de até 1,8 GHz. As operações são realizadas em conjunto com a memória RAM de 4 GB.

A Motorola aponta que o T700 personalizado para a marca conta com desempenho otimizado de 38% em comparação com a geração anterior, a T610. No benchmark da AnTuTu, o celular fica abaixo do desempenho do Moto G8 Play, mas leva vantagem em comparação com o Galaxy A30S. No GeekBench5, o G20 ultrapassa os números registrados para o Moto G10 Power nas categorias single-core e multi-core.

Quanto ao armazenamento, é possível apontar 64 GB de espaço para dados, com possibilidade de expansão via cartão microSD de até 256 GB.

Processador utilizado no Moto G20 é o Spreadtrum T700 — Foto: Divulgação/Motorola

Bateria

A bateria do Moto G20 conta com 5.000 mAh. Esses números devem proporcionar até dois dias longe das tomadas ou, em termos específicos, 116 horas de reprodução de música, pouco mais de 11 horas rodando vídeos e 18 horas de navegação na internet.

O Moto G20 oferece suporte a recarga rápida pelo carregador que acompanha o smartphone, com potência de 10 W. O dispositivo oferece uma entrada USB-C para conectar o cabo.

Versão do Android e recursos adicionais

Moto G20 chega já com Android 11 de fábrica — Foto: Divulgação/Motorola

O smartphone sai de fábrica com o Android 11, sistema que oferece otimizações na privacidade, gravação de tela nativa e capturas de tela roláveis. Espera-se que o Moto G20 também seja contemplado com a versão mais recente do sistema do Google, o Android 12.

Em termos de recursos, o Moto G20 apresenta Bluetooth 5.0 e Wi-Fi de 5 GHz. Ele também disponibiliza entrada P2 para fones de ouvido, mas fica devendo NFC, o que o impossibilita de fazer pagamentos por aproximação.

A estrutura do celular reserva um botão exclusivo para o Google Assistente e também traz o acesso a algumas funções por meio de gestos, característica comum entre os aparelhos da Motorola.

Moto G20 conta com Wi-Fi de 5 GHz na ficha técnica — Foto: Divulgação/Motorola

Preço

O Moto G20 chegou em maio no Brasil por um valor inicial de R$ 1.699. Um mês após o lançamento, o celular aparece na Amazon por R$ 1.312.

Com informações da Motorola

Moto G9 Power, smart queridinho da Motorola, vale? Prós e contras

Moto G9 Power, smart queridinho da Motorola, vale? Prós e contras

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo