Times

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Vivo Keyd se tornou campeã da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) 5 no último sábado (24). Após uma disputa acirrada contra o Corinthians e o Fluxo até as últimas quedas da final, os Guerreiros foram superiores e conseguiram, pela primeira vez, comemorar um título nacional de Free Fire e ainda levar para casa o prêmio de R$ 300 mil.

A Keyd fez uma campanha bastante regular desde a primeira fase e também contou com o brilho de players como Fernando "Nando9" Gomes, que esteve presente na Seleção da LBFF 5. A organização dedicou o título ao jogador Thiago Henrique Fontes Gouveia, que faleceu em abril em 2020 em um acidente de carro. A seguir, confira detalhes sobre a história da equipe da Vivo Keyd e seu caminho até o primeiro lugar da LBFF 5.

Vivo Keyd é a campeã da LBFF 5 — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Quantos downloads tem o Fortnite e o Free Fire? Comente no Fórum do TechTudo

A Vivo Keyd é uma equipe que foi formada em maio de 2019 para competir em Free Fire, quando assinou com os jogadores da Golpistas Veteranos, esquadrão que esteve presente na Free Fire World Cup 2019 e que contou com Ariano "Kroonos" Ferreira como MVP (Most Valuable Player). O time foi considerado favorito em sua primeira grande competição, a Free Fire Pro League Brazil Season 2. Contudo, a New X derrotou a Vivo Keyd na final, o que fez com que os Guerreiros alcançassem o seu primeiro vice-campeonato.

O segundo vice veio na primeira etapa da LBFF em 2020. A Vivo Keyd fez uma grande reformulação no elenco, mantendo apenas o jogador Kroonos no esquadrão, mas acabou sendo superada pela Team Liquid ao final da liga. Depois, na LBFF 3, mais uma vez os Guerreiros não conseguiram conquistar a taça, ficaram com o vice e viram a SS e-Sports comemorar o título. A Keyd ainda mudou seu elenco de novo para Free Fire Continental Series 2020, mas o resultado não foi positivo, e uma nova alteração foi feita para 2021.

Na line-up reformulada, o único remanescente foi Pedro "KBÇÃO" Henrique. Foram contratados Jardel "DeadGOD" Pereira, Matheus "MODESTIA" Henrique e Reinaldo "Reei" Feitoza, todos ex-jogadores do Flamengo B4, e Italo "AUTOBOOT" Perrud, ex-jogador da Fear. A atuação, no entanto, foi abaixo do esperado na LBFF 4. A equipe terminou na 12° colocação e optou por uma nova mudança, encerrando contrato com AUTOBOOT, que foi para o Santos e-Sports. Já Reei assumiu o papel de streamer da organização. Na busca por novos jogadores, a Vivo Keyd encontrou o esquadrão ideal.

Após uma atuação razoável na LBFF 4, a Vivo Keyd encontrou o time ideal para a LBFF 5 — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Para a LBFF 5, foram contratados Gerson "General" da Silva, ex-jogador da God e-Sports, Fernando "Nando9" Gomes, que atuava na Série B da LBFF pela Bounce, e o treinador Ítalo "Stark". O resultado chegou logo na primeira semana, já que a Vivo Keyd conquistou dois BOOYAHS! e assumiu a liderança. Os Guerreiros não conseguiram se manter como líderes nas semanas seguintes, mas se destacaram com atuações muito regulares, o que os garantiu vaga sem dificuldades na zona de classificação para a final. Porém, nas duas últimas semanas, a Keyd deslanchou, foi a maior pontuadora em ambas as rodadas e encerrou a primeira fase na liderança.

Favorita na decisão, a Vivo Keyd não decepcionou. Apesar de o Corinthians e o Fluxo lutarem até o final, a Vivo Keyd conseguiu manter sua consistência em cada uma das nove quedas, finalizou a decisão com 124 pontos e se sagrou campeã da LBFF 5. Além disso, o jogador Nando9 apareceu na Seleção da LBFF 5 e foi o terceiro jogador com mais abates em toda a etapa, com 107 ao todo. Ele só foi superado por Mateus "Mts007" da Silva, da SS e-Sports, e Gabriel "Syaz" Vasconcelos, jogador do Fluxo que foi eleito o MVP da competição.

Nando9 foi o grande destaque individual da Vivo Keyd na LBFF 5 — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

Com informações de Liquipedia e ffesports

Mais do TechTudo