Sistemas operacionais

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Cibercriminosos estão aproveitando a expectativa em torno do Windows 11 para distribuir malwares disfarçados de instaladores do software. Especialistas da Kaspersky afirmam que, desde o anúncio do novo sistema da Microsoft, realizado no dia 24 de junho, foram detectadas 850 tentativas de infectar usuários por meio de malware disfarçado de Windows 11.

Os ataques variam em nível de risco, com abordagens mais simples envolvendo adwares que bombardeiam o usuário de anúncios até campanhas mais agressivas com direito a trojans mais perigosos, desenvolvidos para interceptação de dados.

Windows 11: expectativa tem servido de isca para distribuição de malwares aos usuários — Foto: Divulgação/Microsoft

Windows 11: você vai atualizar? Participe do Fórum do TechTudo

A grande variação no nível de complexidade dos ataques tem chamado a atenção dos especialistas. Em um dos episódios, os pesquisadores encontraram um malware contendo 1,75 GB de tamanho, desenvolvido com o objetivo de induzir o usuário a associar o tamanho do arquivo a um suposto instalador oficial do sistema operacional.

Uma vez executado, esse instalador apresenta uma interface gráfica e informações gerais que parecem legítimas. No entanto, sem que o usuário perceba, um segundo programa é executado em segundo plano, encarregado de aplicar o malware no computador.

A variação em complexidade e objetivo de cada ataque tem sido grande. Em alguns casos, os malwares encontrados eram menos sofisticados ou representavam um nível de risco menor, como os adwares. Em outros, a versão falsa do Windows 11 acaba sendo usada como vetor para lançar trojans e malwares muito mais perigosos e agressivos, capazes de interceptar dados do usuário, como conteúdo de conversas ou mesmo dados de logins em sites e serviços.

Como se proteger

A Kaspersky faz algumas recomendações para evitar dores de cabeça: é importante que seu computador esteja com sistema operacional e antivírus atualizados e que você procure se certificar de que está visitando sites legítimos, e não imitações criadas por criminosos. Outro cuidado importante é o de baixar sistemas operacionais somente a partir de fontes oficiais, como lojas e sites verdadeiros.

Uma dica fundamental é ficar de olho e desconfiar de ofertas generosas do novo sistema operacional: o Windows 11 será gratuito para PCs compatíveis, mas ainda não tem uma data definida para chegar aos usuários. Sendo assim, a única forma de experimentar prévias do produto é por meio do programa Insider da Microsoft. Por conta disso, desconfie de anúncios que ofereçam a atualização do sistema para o seu computador, com condições ou promessas distintas das informações oficiais da Microsoft.

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Mais do TechTudo