Wearables
Publicidade

Por Paulo Alves, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

Um advogado americano usou os rastreadores da Apple – os AirTags – para localizar objetos de pessoas em situação de rua. Os pertences teriam sido levados ilegalmente por uma empreiteira até um terreno onde funcionaria uma estação de tratamento de resíduos. O caso aconteceu em Portland, nos Estados Unidos.

De acordo com a denúncia do advogado Michael Fuller, a empresa teria violado a lei ao jogar no lixo itens de pessoas que vivem acampadas perto de um parque urbano na cidade. A violação foi descoberta graças ao histórico de rastreamento de AirTags colocados junto aos objetos desaparecidos.

AirTag é um rastreador digital da Apple. — Foto: Divulgação/Apple

Segundo a imprensa local, Fuller teria conectado dispositivos AirTag a 16 itens pessoais dos desabrigados que acampam numa determinada área. A iniciativa surgiu após a reclamação dos moradores da área de que a cidade estaria despejando ilegalmente seus pertences durante operações de limpeza.

Após o achado, o advogado compartilhou no Twitter um print do aplicativo Find My, mostrando que alguns dos rastreadores conectados aos pertences foram parar no que parece ser uma estação de transferência de resíduos, enquanto outros teriam ido parar em locais aleatórios.

Fuller planeja entrar com uma ação para responsabilizar os funcionários municipais caso não haja uma explicação razoável para o aparente despejo, já que, segundo a lei estadual de Oregon, a cidade é obrigada a manter sob sua guarda os itens que sejam propriedade de uma pessoa e que tenham utilidade aparente. Segundo o tuíte do advogado, alguns dos itens, como uma cafeteira francesa e uma pintura, tinham boas condições de higiene e conservação, portanto não poderiam ser confundidos com lixo.

O Apple AirTag serve para encontrar objetos perdidos e, para isso, o dispositivo conta com três tipos de conexão: Bluetooth, UWB e NFC. Cada uma delas desempenha funções específicas, como as de busca precisa, localização por proximidade e Modo Perdido. Não há informações sobre a função específica acionada pelo advogado na busca dos pertences.

Com informações de Apple Insider

iPhone 12: cinco coisas que você precisa saber sobre o lançamento

iPhone 12: cinco coisas que você precisa saber sobre o lançamento

Mais do TechTudo