Celulares

Por Thássius Veloso

Thássius Veloso/TechTudo

A Samsung lança hoje os novos celulares dobráveis: Galaxy Z Flip 3 e Galaxy Z Fold 3 contam com a tecnologia de tela interna flexível, além de novidades interessantes. Agora a linha é resistente à água, algo inédito nos celulares desta categoria. Também estão mais robustos do que nunca. A ficha técnica inclui muitas câmeras, Snapdragon 888 e suporte à internet 5G.

Os preços de Z Flip 3 e Z Fold 3 ficam em US$ 999,99 e US$ 1.799,99 nos Estados Unidos, cerca de R$ 5.205 e R$ 9.370 em conversão direta. As entregas começam em 27 de agosto. Os anúncios ocorrem no evento Galaxy Unpacked, uma tradição da companhia para apresentar os produtos com mais inovação.

Galaxy Z Flip 3 e Galaxy Z Fold 3 são anunciados (agora resistentes à água)

Galaxy Z Flip 3 e Galaxy Z Fold 3 são anunciados (agora resistentes à água)

Resistentes e robustos

Você vai notar que são dois aparelhos com propostas de uso distintas: o Flip é supercompacto enquanto o Fold fica do tamanho de um tablet.

Primeiro, falemos das novidades em comum. Ambos contam com resistência à água. A Samsung promete certificação IPX8, um indicativo de que os modelos podem ficar submersos a 1,5 metro de profundidade durante 30 minutos.

Galaxy Z Flip 3 tem certificação IPX8 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Este intrépido repórter fez o teste na demonstração dos equipamentos em São Paulo. Coloquei Flip e Fold em contato com a água por vários minutos, e ambos permaneceram funcionando normalmente.

O gerente sênior de produtos Renato Citrini explica que smartphones comuns não têm partes móveis, o que facilita o processo de vedação para protegê-los da entrada de líquido. O desafio foi maior nos dobráveis por causa da dobradiça que permite ao vidro flexível se movimentar e se acomodar conforme ocorre o processo de abrir/fechar.

“Vai molhar, assim como hoje em dia entra água no orifício do carregador. Essa água vai entrar, vai sair, vai secar e não vai trazer nenhum dano”, completa o executivo.

Nova liga de alumínio é 10% mais resistente no Fold 3 (foto) e no Flip 3 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Os Galaxy dobráveis estão mais robustos devido ao Gorilla Glass Victus que reveste parte da superfície. Este tratamento especial confere maior proteção contra impactos e quedas. O recurso foi posto à prova em quedas simuladas, também na demonstração para a imprensa – sem qualquer sinal de rachadura.

A Samsung menciona a adoção de uma nova liga de alumínio no corpo do Flip 3 e do Fold 3. Ela é 10% mais forte do que na geração passada. As telas flexíveis também ganharam uma nova película protetora contra arranhões. Ela é 80% mais durável, de acordo com números fornecidos pela fabricante.

Galaxy Z Flip 3

Tela externa do Z Flip 3 tem 1,9 polegada — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O Galaxy Z Flip 3 lembra os antigos StarTACs popularizados pela Motorola. O telefone se abre para que o usuário possa realizar suas atividades.

Uma das grandes críticas à geração passada – do Z Flip original e do Z Flip 5G – dizia respeito à diminuta tela externa: ela era pequena demais, com pouca utilidade. A Samsung endereçou o problema ao ampliar o display Super AMOLED de 1,1 para 1,9 polegada. Sua resolução chega a 300 x 112 pixels.

Galaxy Z Flip 3 — Foto: Divulgação/Samsung

A chamada Cover Screen está bem maior, o que se traduz em mais utilidades, como checagem fácil de informações e controle de recursos rápidos do smartphone.

Já a tela principal tem 6,7 polegadas e é constituída em AMOLED Dinâmico 2X. Também ficou melhor por conta da taxa de atualização de 120 Hz, que garante mais fluidez em games, vídeos e animações gráficas de sistema.

O conjunto fotográfico repete o que nos acostumamos a ver nos demais celulares de grife. Na traseira estão a câmera principal (f/1.8) e a ultra wide (f/2.2), ambas com sensor de 12 megapixels. Já na tela fica a câmera de selfies de 10 MP (f/2.4) alojada num furo.

As várias cores do novo Z Flip — Foto: Divulgação/Samsung

Ambos os lançamentos deste Unpacked contam com Android 11 e interface One UI. Além disto, por serem dobráveis, trazem recursos de Modo Flex, em que a tela se divide em duas partes quando está entreaberta. Por exemplo, o app do YouTube permite curtir o conteúdo numa metade e ler os comentários na outra.

São sete opções de cor no Galaxy Z Flip 3: branco, cinza, creme, lavanda, preto fosco, rosa e verde. Ainda não se sabe quais acabamentos serão lançados no mercado brasileiro.

Galaxy Z Fold 3

Fold aberto: 7,6 polegadas — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Os modelos da linha Fold são pensados para quem precisa de mais espaço em algumas tarefas do cotidiano. Nesta geração, a novidade fica por conta da câmera oculta sob o display interno. Com isso, a tela não expõe intervenções como furos, notches e similares para abrigar o sensor fotográfico.

Em vez disso, a Samsung ali uma densidade de pixels menor. Os pontos brilhantes funcionam normalmente enquanto o smartphone está em uso. Na hora da foto, eles se apagam para que a luz possa atravessá-los e ocorra o registro.

Câmera UDC fica escondida na tela principal — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Por conta disso, a câmera interna tem somente 4 MP (f/1.8). Ela foi batizada de UDC, sigla em inglês para câmera abaixo da tela. Provavelmente será indicada para aplicativos de videochamada, que não costumam usar a capacidade máxima em termos de resolução. Isso ocorre para evitar transmissões com muitas interrupções.

Na tela menor fica a câmera frontal de 10 MP (f/2.2). Já na traseira está o mais robusto conjunto fotográfico, composto por três câmeras de 12 MP –principal (f/1.8), ultra wide (f/2.2) e teleobjetiva (f/2.4).

A tela externa do sucessor do Galaxy Z Fold 2 (Cover Screen) utiliza painel AMOLED Dinâmico 2X de 6,2 polegadas e chega à resolução HD+ (2268 x 832 pixels). Já a tela interna de 7,6 polegadas repete o painel e traz resolução de 2208 x 1768 pixels. Ambas seguem o formato de 120 Hz.

Câmeras na traseira do Fold 3 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

Já se sabe que o Galaxy Note não será renovado em 2021. Em vez disso, a Samsung está espalhando seus recursos por outros produtos da marca. Com o lançamento de hoje, o Fold 3 é compatível com a caneta eletrônica S Pen.

Os consumidores poderão pintar, escrever e rabiscar com a S Pen Fold Edition, edição mais simples sem tecnologia Bluetooth. Usuários mais avançados terão à disposição a S Pen Pro, desta vez com Bluetooth e compatível com comandos remotos que lembram a magia de Harry Potter.

O Galaxy Z Fold 3 será comercializado em prata, preto e verde, sempre com acabamento fosco. Ainda não se sabe quais modelos virão ao Brasil.

Snapdragon 888 e 5G

Os sul-coreanos se blindaram das habituais críticas aos processadores Exynos. Tanto Flip quanto Fold contam com Snapdragon 888, a plataforma computacional da Qualcomm que tem feito bonito em celulares de ponta. A velocidade máxima é de 2,84 GHz e a mínima, de 1,8 GHz, utilizada em núcleos dedicados à economia de energia.

Galaxy Z Fold 3 — Foto: Divulgação/Samsung

Vamos a outros detalhes de ficha técnica:

Memória RAM

  • Z Flip 3: 8 GB
  • Z Fold 3: 12 GB

Armazenamento

  • Z Flip 3: 128 GB/256 GB
  • Z Fold 3: 256 GB/512 GB

Bateria

  • Z Flip 3: 3.300 mAh
  • Z Fold 3: 4.400 mAh

Os dois celulares dobráveis são compatíveis com internet 5G. Isto significa que estão prontos para o futuro, apesar de atualmente não existirem no país redes dedicadas a esta tecnologia.

A Samsung não divulgou a data de lançamento dos novos Flip e Fold em território nacional. A expectativa do mercado é de que ocorra em outubro, dois meses após o anúncio global. Além dos dois aparelhos, foram apresentados hoje os novos fones de ouvido Galaxy Buds 2 e os relógios da linha Watch 4.

Mais do TechTudo