Sistemas operacionais

Por Pedro Cardoso, para o TechTudo


O Windows 11 estará disponível para todos os usuários a partir do dia 5 de outubro, como uma atualização gratuita para o Windows 10, desde que o PC tenha os requisitos mínimos exigidos pela Microsoft. A empresa anunciou a data nesta terça-feira (31), afirmando que o novo sistema operacional também será incluído em novos desktops e notebooks fabricados após o seu lançamento.

Os usuários receberão o update em fases, que ocorrerão ao longo dos próximos meses. De acordo com o gerente geral de marketing do Windows Aaron Woodamn, todos os computadores irão receber o Windows 11 até meados de 2022, em uma experiência similar ao que aconteceu nos grandes updates do Windows 10, sistema operacional que a Microsoft anunciou o fim do suporte para 2025.

Windows 11: sistema operacional estará disponível a partir do dia 5 de outubro — Foto: Divulgação/Microsoft

Qual Windows é mais leve? Participe no Fórum do TechTudo

De acordo com os requisitos de sistema divulgados em junho, o Windows 11 vai precisar de um PC com CPU de no mínimo 1 GHz e 64-bits, com dois núcleos, 4 GB de memória RAM, além de compatibilidade com DirectX 12 e WDDM 2.x. Também será necessário tela com resolução HD (1280 x 720 pixels), maior do que 9 polegadas, e suporte ao “Secure Boot”, para iniciar o sistema. A Microsoft divulgou um teste para os usuários verificarem os requisitos e a compatibilidade do Windows 11.

O anúncio do novo software causou polêmica entre os usuários do Windows por conta da exigência do chip de segurança física TPM 2.0, que não está disponível em todas as placas-mãe atuais. De fato, apenas os PCs mais caros e avançados possuem tal tecnologia disponível no momento. Por outro lado, de acordo com um documento vazado, a Microsoft poderia não exigir TPM 2.0 em alguns casos, permitindo a instalação do sistema em um PC mais antigo.

Windows 11 também tem suporte a apps para Android — Foto: Divulgação/Microsoft

Os usuários que quiserem testar a compatibilidade com o novo sistema operacional também podem realizar verificação através do programa PC Health Check, da própria Microsoft. Entretanto, todos os computadores aptos receberão um aviso pelo Windows Update do Windows 10, assim como acontece com outras atualizações menores.

Os principais destaques do novo Windows 11 é o suporte nativo aos aplicativos Android, a renovação da Windows Store e o novo aspecto visual, com os ícones e o tradicional botão Iniciar dispostos de forma centralizada na barra de tarefas. O TechTudo separou uma lista com cinco destaques do novo sistema da Microsoft.

O Windows 11 também terá maior integração com o Xbox Game Pass, painel de widgets, além do Microsoft Teams totalmente incorporado ao sistema e outras aplicações com foco em produtividade.

Com informações de The Verge e TechCrunch

Veja também: Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Windows 11: veja cinco destaques do novo sistema da Microsoft

Mais do TechTudo