Jogos de tiro

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Battlefield 2042 teve seu lançamento adiado em um mês, indo de 22 de outubro para 19 de novembro. De acordo com a DICE, desenvolvedora do game que é distribuído mundialmente pela EA, a decisão está relacionada a desafios que a pandemia da Covid-19 impôs ao fluxo de trabalho do estúdio. No planejamento original, a expectativa era de que a equipe de Battlefield já estivesse trabalhando nas sedes da empresa focada em finalizar o jogo de olho no lançamento, mas complicações envolvendo as novas variantes do SARS-CoV-2 levaram à volta do trabalho remoto (e motivaram o atraso).

O título tem versões confirmadas para PlayStation 4 (PS4), PlayStation 5 (PS5), Xbox One, Xbox Series X/S. Nos consoles da Sony, os preços começam em R$ 298 (PS4) e R$ 398 (PS5) nas edições padrão, enquanto no Xbox One o valor é de R$ 269. Já nos consoles mais recentes da Microsoft, o Battlefield 2042 custa R$ 339 na edição padrão, enquanto nos PCs o game fica disponível na Origin a R$ 249.

Caos e batalhas de larga escala típicas da série chegam em novembro a PCs e consoles — Foto: Divulgação/Eletronic Arts

Battlefield 2042 é um lançamento bastante aguardado por fãs da série, já que traz a histórica série de games de tiro a um contexto moderno, depois de Battlefield 1 (2016), que foi para a Primeira Guerra Mundial, e de Battlefield V, ambientado no contexto dos primeiros anos e batalhas da Segunda Guerra.

Além do pano de fundo mais contemporâneo, o jogo tem algumas diferenças cruciais diante dos últimos da série: não há modo singleplayer e a DICE promete contar uma história que dá continuidade às narrativas de Battlefield 3 e 4 por meio do componente multiplayer da produção.

Outra novidade importante é que o título será cross-platform por meio de uma gameplay opcional: jogadores de consoles de Sony e Microsoft poderão jogar entre si. Quem tiver acesso à nova geração vai escolher entre disputar partidas contra adversários com o console rival e também contra jogadores de PCs. Há ainda o modo Portal, descrito pela EA como uma "carta de amor" aos fãs antigos da série.

Novo Battlefield vai promover batalhas para até 128 jogadores em PCs e consoles de nova geração — Foto: Divulgação/Electronic Arts

Trailers e demonstrações restritas de gameplay contribuem para deixar a base de fãs empolgada pelo jogo, graças a avanços como um sistema de classes com operadores, fugindo do estilo tradicional da série, além da promessa de mapas gigantescos capazes de colocar até 128 jogadores em dois times. Essas mudanças valem tanto para consoles de nova geração quanto para PCs – inclusive com a possibilidade de preencher mapas com bots para que os jogadores não corram risco de se deparar com modos ou mapas menos habitados.

Primeiras impressões do beta de Call of Duty: Vanguard

Primeiras impressões do beta de Call of Duty: Vanguard

Mais do TechTudo