Celulares

Por Isabele Scavassa, para o TechTudo

Divulgação/Samsung

A Samsung liberou a One UI 3.1.1, interface baseada no Android 11, para alguns dispositivos da marca, incluindo os dobráveis Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3. O update trouxe uma funcionalidade exclusiva para os dois smartphones, que possibilita limitar o carregamento dos aparelhos em no máximo 85% do total. A função, que visa a prolongar a vida útil da bateria, já foi incorporada nos tablets da fabricante sul-coreana e também pode ser vista em celulares da Apple e da OnePlus.

Outros smartphones da Samsung como Galaxy S10, S20, S21, Note 10 e 20, chegaram a receber a nova interface, mas não foram contemplados com a ferramenta em questão. Dessa forma, até o momento, os únicos celulares da Samsung a contarem com a tecnologia para preservar a vida útil da bateria são os dobráveis Galaxy Z Flip 3 e o Z Fold 3. Ambos já aparecem no site da Samsung do Brasil e devem chegar em breve ao mercado.

Celulares dobráveis da Samsung ganham recurso de proteção da bateria — Foto: Divulgação/Samsung

A medida que limita o carregamento antes de completar os 100% busca preservar a vida da bateria a longo prazo, já que existem indícios de que a carga sempre completa pode comprometer o componente ao longo dos anos. No caso da Samsung, o máximo que o aparelho consegue chegar quando tem a função habilitada é em 85%. Em marcas como a Apple e a OnePlus, esse número não passa de 80%.

Para usuários dos dobráveis que se interessam pelo recurso, é possível acessá-lo nas configurações, especificamente na parte "Cuidados com o dispositivo". Na seção de cuidados, é preciso buscar por "Bateria" e então clicar em "Mais configurações de bateria". Feito isso, basta procurar a ferramenta e habilitá-la.

Samsung lança recurso para proteger bateria de dobráveis — Foto: Reprodução/SamMobile

Um contraponto para considerar antes de ativar a função de proteção ao componente é a questão da autonomia da bateria. As capacidades de 3.300 e 4.400 mAh dos dobráveis indicam um tempo de aproximadamente um dia de uso longe das tomadas. Portanto, com a carga em 85%, o tempo de duração da bateria deve ser reduzido. No entanto, se o usuário preferir trocar a autonomia diária por medidas que preservem o componente a longo prazo, usara funcionalidade pode ser uma boa opção.

O Galaxy Z Flip 3 e o Z Fold 3 foram anunciados no começo de agosto por cifras que partiram de US$ 999 (R$ 5.147 no câmbio de hoje) e US$ 1.799 (R$ 9.269), respectivamente. Menos de um mês após o lançamento, os dobráveis já atingiram recordes de venda, somando um sucesso 80% maior do que o conquistado na pré-venda do Galaxy S21. Os brasileiros interessados nos smartphones dobráveis já podem fazer pré-registro para a compra no site da Samsung do Brasil.

Com informações: The Verge e SamMobile

Mais do TechTudo